Assine o Café Brasil
Portal Café Brasil
Por que eu?
Por que eu?
Ela foi a primeira mulher a assumir publicamente que ...

Ver mais

Cobertor de solteiro
Cobertor de solteiro
Cobertor de solteiro. Isca intelectual de Luciano Pires ...

Ver mais

O véinho
O véinho
Isca intelectual de Luciano Pires que pergunta: que ...

Ver mais

Pluralidade narrativa 2
Pluralidade narrativa 2
Revendo uma Isca Intelectual de Luciano Pires que tenta ...

Ver mais

537 – VAMO, VAMO CHAPE
537 – VAMO, VAMO CHAPE
Podcast Café Brasil 537 - Vamo,vamo, Chape. Este é um ...

Ver mais

536 – A política da pós-verdade
536 – A política da pós-verdade
Podcast Café Brasil 536 - A política da pós-verdade. ...

Ver mais

535 – Hallelujah
535 – Hallelujah
Podcast Café Brasil 535 - Hallelujah. Poucos dias atrás ...

Ver mais

534 – Labfazedores
534 – Labfazedores
Podcast Café Brasil 534 - Labfazedores. Luciano Pires é ...

Ver mais

LíderCast 050 – Bia Pacheco
LíderCast 050 – Bia Pacheco
LiderCast 050 - Hoje vamos conversar com Bia Pacheco, ...

Ver mais

LíderCast 051 – Edu Lyra
LíderCast 051 – Edu Lyra
LiderCast 051 - Hoje conversaremos com Edu Lyra, um ...

Ver mais

LíderCast 049 – Luciano Dias Pires
LíderCast 049 – Luciano Dias Pires
Lídercast 049 - Neste programa Luciano Pires conversa ...

Ver mais

LíderCast 048 – Jonas e Alexandre
LíderCast 048 – Jonas e Alexandre
LiderCast 048 - Hoje recebemos o Jonas e o Alexandre, ...

Ver mais

045 – Recuperando do trauma
045 – Recuperando do trauma
Quando terminar o trauma, quando o Brasil sair deste ...

Ver mais

Vem Pra Rua!
Vem Pra Rua!
Um recado para os reacionários que NÃO vão às ruas dia ...

Ver mais

44 – Tudo bem se me convém – Palestra no Epicentro
44 – Tudo bem se me convém – Palestra no Epicentro
Apresentação de Luciano Pires no Epicentro em Campos de ...

Ver mais

43 – Gloria Alvarez – Sobre República e Populismo
43 – Gloria Alvarez – Sobre República e Populismo
Gloria Alvarez, do Movimento Cívico Nacional da ...

Ver mais

Tempo de escolher
Tom Coelho
Sete Vidas
“Um homem não é grande pelo que faz, mas pelo que renuncia.” (Albert Schweitzer)   Muitos amigos leitores têm solicitado minha opinião acerca de qual rumo dar às suas carreiras. Alguns ...

Ver mais

O caso é o caso
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Sobre a morte do assassino nojento, tudo já já foi dito; Fidel Castro foi tarde e deve estar devidamente instalado no caldeirão-suíte número 13, com aquecedor forte, decoração vermelha e vista ...

Ver mais

SmartCamp: as startups transformam o mundo
Mauro Segura
Transformação
Vivemos o boom das startups no Brasil e no mundo. O que está por trás disso? Mauro Segura esteve no SmartCamp, que é uma competição global de startups, e fez um vídeo contando a sua experiência.

Ver mais

Desemprego zero
Tom Coelho
Sete Vidas
“O desemprego do homem deve ser tratado como tragédia e não como estatística econômica.” (Papa João Paulo II)   No início dos anos 1990, experimentei o sabor amargo do desemprego. Por opção, ...

Ver mais

Leipzig

Leipzig

Luciano Pires -

alt

Leipzig é uma cidade independente (kreisfreie Stadt) do estado da Saxônia na Alemanha, sede da região administrativa homônima. Localiza-se no leste do país.

Leipzig tem mais de 525 mil habitantes, sendo a maior cidade do estado de Saxônia. É parte da região metropolitana Metropolregion Sachsendreieck.

Tem origem num antigo povoado eslavo de nome Lipsk.

Leipzig foi fundada no século XII e rapidamente se desenvolveu, tornando-se um importante centro de comércio, dada a sua localização na intersecção de rotas importantes.

Em 1409, a cidade começou a destacar-se no aspecto cultural, pela fundação da Universidade de Leipzig, conhecida também por Universidade Karl Marx entre 1953 até a data da reunificação alemã.

Em 1480, começou a desenvolver a indústria ligada à pintura e impressão, que se vieram a tornar bastante importantes para a economia local. No século XVI, foi palco do histórico debate religioso entre Martinho Lutero, Carlstadt e Johann Eck, no âmbito da reforma protestante.

No século XVIII, Leipzig ficou conhecida como um centro cultural ligado ao movimento de literatura classicista, liderado por Johann Christoph Gottsched e que incluía também Gellert, Schiller e Goethe, que estudou na Universidade de Leipzig em 1765.

Em 1842-1843 foi fundado o Conservatório de Música de Leipzig, por Felix Mendelssohn, que se transformou numa das academias musicais mais conhecidas do Mundo.Leipzig foi fundada no século XII e rapidamente se desenvolveu, tornando-se um importante centro de comércio, dada a sua localização na intersecção de rotas importantes.

Em 1409, a cidade começou a destacar-se no aspecto cultural, pela fundação da Universidade de Leipzig, conhecida também por Universidade Karl Marx entre 1953 até a data da reunificação alemã.

Em 1480, começou a desenvolver a indústria ligada à pintura e impressão, que se vieram a tornar bastante importantes para a economia local. No século XVI, foi palco do histórico debate religioso entre Martinho Lutero, Carlstadt e Johann Eck, no âmbito da reforma protestante.

No século XVIII, Leipzig ficou conhecida como um centro cultural ligado ao movimento de literatura classicista, liderado por Johann Christoph Gottsched e que incluía também Gellert, Schiller e Goethe, que estudou na Universidade de Leipzig em 1765.

Em 1842-1843 foi fundado o Conservatório de Música de Leipzig, por Felix Mendelssohn, que se transformou numa das academias musicais mais conhecidas do Mundo.

Assim, no século XIX, Leipzig tornou-se um importante centro para a música europeia, onde compuseram vários músicos ilustres como Johann Sebastian Bach, que foi também Kantor na Igreja de St. Thomas até ao seu falecimento, Robert Schumann e Richard Wagner, que nasceu nesta cidade em 1813. A Orquestra Gewandhaus de Leipzig é uma das orquestras mais antigas do mundo, com raízes históricas até o século XV.

Entre 16 e 19 de Outubro de 1813, decorreu a Batalha de Leipzig, também designada de Batalha das Nações, na qual pereceram ou ficaram feridos mais de 120 000 homens, mas onde o exército francês de Napoleão Bonaparte foi definitivamente derrotado pelos exércitos de Rússia, Prússia, Áustria e Suécia. A vitória conseguida nesta batalha é recordada através de um grande monumento existente na cidade.

Durante a Segunda Guerra Mundial mais de 60 % da substância urbana foi destruída por bombardeiros aliados.

Em Outubro de 1989 deu-se na cidade uma grande manifestação, que foi de significativa importância para a queda do Governo comunista e subsequente reunificação da Alemanha.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Leipzig

http://www.leipzig.de/int/es/ – em espanhol