Portal Café Brasil
O impacto das mídias sociais nas eleições
O impacto das mídias sociais nas eleições
Baixe a pesquisa da IdeiaBigdata que mostra o impacto ...

Ver mais

Síntese de indicadores sociais 2016 do IBGE
Síntese de indicadores sociais 2016 do IBGE
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - ...

Ver mais

Silvio Santos, Zé Celso e o Oficina
Silvio Santos, Zé Celso e o Oficina
Uma reunião para ser objeto de estudo em qualquer aula ...

Ver mais

#TransgressaoEhIsso
#TransgressaoEhIsso
Transgredir é muito mais que pintar o rosto, urinar na ...

Ver mais

Café Brasil 613 – Biologia política
Café Brasil 613 – Biologia política
E aí? Você é de direita ou de esquerda? Se incomoda com ...

Ver mais

612 – O Efeito Genovese
612 – O Efeito Genovese
Em 1964, Kitty Genovese foi assassinada em Nova York. ...

Ver mais

611 – Momentos felizes
611 – Momentos felizes
Felicidade não existe. O que existe na vida são ...

Ver mais

610 – Abre-te Sésamo
610 – Abre-te Sésamo
Abre-te Sésamo é a frase mágica do conto de Ali-Babá e ...

Ver mais

LíderCast 109 – Romeo Busarello
LíderCast 109 – Romeo Busarello
LíderCast 109 - Hoje conversamos com Romeo Busarello, É ...

Ver mais

Lídercast 108 – Leandro Nunes
Lídercast 108 – Leandro Nunes
LíderCast 108 - Hoje conversamos com Leandro Nunes, um ...

Ver mais

Lídercast 107 – Lucia Bellocchio
Lídercast 107 – Lucia Bellocchio
Hoje conversamos com Lucia Bellocchio, uma jovem ...

Ver mais

LíderCast 106 – Labi Mendonça
LíderCast 106 – Labi Mendonça
LíderCast 106 - 106 - Hoje conversamos com Labi ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

Interpretações do Brasil X – As escolhas públicas e as instituições como pano de fundo
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Interpretações do Brasil X As escolhas públicas e as instituições como pano de fundo “Bons jogos dependem mais de boas regras do que de bons jogadores.” James Buchanan  Considerações iniciais A ...

Ver mais

O que aprender quando o futuro já era
Mauro Segura
Transformação
A minha experiência no ano passado mostrou que a história de viver cada dia como se fosse o último é uma baboseira. Aprendi que eu não preciso ter planos mirabolantes para ter uma vida digna, ...

Ver mais

MInha culpa é sua, camarada!
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
A tragédia do edifício que pegou fogo e desabou no Largo do Paissandu, em São Paulo, desvendou mais um bem bolado golpe; e golpe, novamente, travestido de “movimento social”: A máfia das invasões ...

Ver mais

O domínio esquerdista na dramaturgia brasileira
Bruno Garschagen
Ciência Política
Hoje, não há qualquer ameaça ao domínio da esquerda nas novelas, filmes, séries, teatro, programas de TV, jornalismo. Por isso a reação agressiva quando alguma obra fura a ditadura cultural.

Ver mais

Cafezinho 73 – Estupidez Coletiva
Cafezinho 73 – Estupidez Coletiva
Não interessa determinar o que é verdade e o que é ...

Ver mais

Cafezinho 72 – Fake News 1
Cafezinho 72 – Fake News 1
Quem julga o juiz?

Ver mais

Cafezinho 71 – Reenquadre o hater
Cafezinho 71 – Reenquadre o hater
Reenquadre o otário e ele vira ouro. Reenquadre a ...

Ver mais

Cafezinho 70 – O Efeito Genovese
Cafezinho 70 – O Efeito Genovese
O comportamento de quem vê algo errado e nada faz a ...

Ver mais

Geysa Bôscoli

Geysa Bôscoli

Luciano Pires -

Geysa Liborio (Rio de Janeiro, 25 de janeiro de 1907 — Caxambu, 7 de novembro de 1978) foi um teatrólogo, jornalista, escritor e compositor brasileiro.

Sobrinho de Chiquinha Gonzaga e irmão de Jardel (Jércolis) e Héber de Boscoli, tio de Ronaldo Boscoli, Geysa estudou nos Colégios Alfredo Gomes e Ateneu Boscoli e se formou em 1927 pela Faculdade de Direito do Rio de Janeiro.

Suas canções mais conhecidas incluem Céu e mar (com Custódio Mesquita e Jardel Jércolis) e Naná (com Custódio Mesquita e Jardel Jércolis).

A partir de 1927, escreve várias revistas e operetas para diversas companhias. Funda as revistas Ouro Verde e Show, os semanários A Comarca e Correio de Blumenau, da Santa Catarina, além de participar de vários órgãos da imprensa carioca.

Em 1945 inaugura o Teatro Regina (o atual Teatro Dulcina), com a comédia “O Grande Barqueiro”.

Em 1948, lança em Copacabana, o Teatrinho Jardel, o primeiro teatro de bolso para musicais. Recebe, por sua atuação nesse teatro de 1950 a 1952, dois diplomas e duas medalhas de ouro, como o Melhor Produtor de Teatro Musicado.

Durante seis anos consecutivos é presidente da Sociedade Brasileira de Autores Teatrais (Sbat) e recebe os títulos de conselheiro benemérito da Casa dos Autores.

Entre suas produções para o teatro musical estão: “O Gato de Botas”; A Barca da Cantareira” e “O que eu Quero é Rosetá”, ambas com Luiz Peixoto; “Canta, Brasil”, com Paulo Orlando e Luís Peixoto; “É de Colher” e “Bota o Retrato do Velho”.

No dia 7 de novembro de 1978, morre, na cidade mineira de Caxambu.

http://www.dicionariompb.com.br/geysa-boscoli

http://cifrantiga2.blogspot.com/2010/12/geysa-boscoli.html

“Geysa Boscoli, criador das Revistas de Bolso apresenta um novo tipo de espetáculo, a burleta revista bem brasileira: ‘Porque me ufano de Bananal…’ com os reis da burleta Jararaca e Ratinho e Aracy Cortes. E o brotinho que se tornou estrela Dilma Cunha. A maior revelação do ano a frente de um grande elenco no Teatro Natal”.