Assine o Café Brasil
Portal Café Brasil
Por que eu?
Por que eu?
Ela foi a primeira mulher a assumir publicamente que ...

Ver mais

Cobertor de solteiro
Cobertor de solteiro
Cobertor de solteiro. Isca intelectual de Luciano Pires ...

Ver mais

O véinho
O véinho
Isca intelectual de Luciano Pires que pergunta: que ...

Ver mais

Pluralidade narrativa 2
Pluralidade narrativa 2
Revendo uma Isca Intelectual de Luciano Pires que tenta ...

Ver mais

538 – Caçadores da verdade perdida
538 – Caçadores da verdade perdida
Podcast Café Brasil 538 - Caçadores da verdade perdida. ...

Ver mais

537 – VAMO, VAMO CHAPE
537 – VAMO, VAMO CHAPE
Podcast Café Brasil 537 - Vamo,vamo, Chape. Este é um ...

Ver mais

536 – A política da pós-verdade
536 – A política da pós-verdade
Podcast Café Brasil 536 - A política da pós-verdade. ...

Ver mais

535 – Hallelujah
535 – Hallelujah
Podcast Café Brasil 535 - Hallelujah. Poucos dias atrás ...

Ver mais

LíderCast 050 – Bia Pacheco
LíderCast 050 – Bia Pacheco
LiderCast 050 - Hoje vamos conversar com Bia Pacheco, ...

Ver mais

LíderCast 051 – Edu Lyra
LíderCast 051 – Edu Lyra
LiderCast 051 - Hoje conversaremos com Edu Lyra, um ...

Ver mais

LíderCast 049 – Luciano Dias Pires
LíderCast 049 – Luciano Dias Pires
Lídercast 049 - Neste programa Luciano Pires conversa ...

Ver mais

LíderCast 048 – Jonas e Alexandre
LíderCast 048 – Jonas e Alexandre
LiderCast 048 - Hoje recebemos o Jonas e o Alexandre, ...

Ver mais

045 – Recuperando do trauma
045 – Recuperando do trauma
Quando terminar o trauma, quando o Brasil sair deste ...

Ver mais

Vem Pra Rua!
Vem Pra Rua!
Um recado para os reacionários que NÃO vão às ruas dia ...

Ver mais

44 – Tudo bem se me convém – Palestra no Epicentro
44 – Tudo bem se me convém – Palestra no Epicentro
Apresentação de Luciano Pires no Epicentro em Campos de ...

Ver mais

43 – Gloria Alvarez – Sobre República e Populismo
43 – Gloria Alvarez – Sobre República e Populismo
Gloria Alvarez, do Movimento Cívico Nacional da ...

Ver mais

A carta que mudou a minha vida
Mauro Segura
Transformação
Mauro Segura conta em vídeo uma história pessoal, que teve origem numa carta recebida há 30 anos.

Ver mais

Tempo de escolher
Tom Coelho
Sete Vidas
“Um homem não é grande pelo que faz, mas pelo que renuncia.” (Albert Schweitzer)   Muitos amigos leitores têm solicitado minha opinião acerca de qual rumo dar às suas carreiras. Alguns ...

Ver mais

O caso é o caso
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Sobre a morte do assassino nojento, tudo já já foi dito; Fidel Castro foi tarde e deve estar devidamente instalado no caldeirão-suíte número 13, com aquecedor forte, decoração vermelha e vista ...

Ver mais

SmartCamp: as startups transformam o mundo
Mauro Segura
Transformação
Vivemos o boom das startups no Brasil e no mundo. O que está por trás disso? Mauro Segura esteve no SmartCamp, que é uma competição global de startups, e fez um vídeo contando a sua experiência.

Ver mais

Dante Moreira Leite

Dante Moreira Leite

Luciano Pires -

Dante Moreira Leite nasceu em Promissão (SP) em 22 de outubro de 1927. Cursou a escola primária e o ginásio em Mogi das Cruzes, transferindo-se, posteriormente, para o Colégio Estadual Presidente Roosevelt em São Paulo, onde concluiu o chamado curso clássico, em 1946. Em 1950 formou-se em filosofia pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade de São Paulo (FFCL-USP), dedicando grande parte de sua vida, desde então, ao ensino universitário e à pesquisa acadêmica.

Foi docente junto à FFCL-USP entre 1951 e 1958 e responsável pelas disciplinas de Psicologia e Psicologia Educacional da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Araraquara entre 1959 e 1971. Retornando à Universidade de São Paulo, em 1971, para o recém-criado Instituto de Psicologia, foi chefe do Departamento de Psicologia Social de do Trabalho até 1974, quando assumiu a diretoria do Instituto.

Escritor e pesquisador profícuo, publicou sete livros, dentre os quais se destacam O caráter nacional brasileiro: história de uma ideologia e Psicologia e literatura. Como articulista, escreveu para jornais e periódicos pelo menos 58 artigos, nos quais abordava temas como educação, tradução e linguagem, literatura e educação, caráter nacional, preconceito racial, a ficção de Guimarães Rosa, biografia e autobiografia, a psicologia ingênua de Fritz Heider, entre outros. Livros fundamentais para o estudo básico de psicologia, bem como livros inovadores no campo das ciências humansas, tornaram-se disponíveis em língua portuguesa por meio do trabalho de tradução de Dante Moreira Leite. Atribuía à tradução um sentido didático, valorizando a possibilidade do acesso de alunos de graduação à literatura de qualidade em versões bem cuidadas.

Militante do rigor intelectual e da prática de uma ciência viva, posicionou-se contrariamente às simplificações e reducionismos de visões enclausuradas pelo psicologismo, aproximando a psicologia de outras áreas do conhecimento tais como a literatura, a antroplogia, a história e a sociologia. O modo como se moveu entre a literatura e a psicologia instituiu um campo interdisciplinar que o acompanhou durante todo o seu percurso: no croação desta interlocução, Dante pôde sustentar a tensão entre o projeito da ciência moderna que aspirava à previsão e o controle da conduta humana e os limites postos a este projeto que, de certo modo, a literatura encarnava.

Buscou em suas ações no âmbito do ensino e da pesquisa em psicologia constituir um saber enraizado na realidade social brasileira e comprometido com a construção de uma comunidade humana capaz de conviver, tolerar e aprender com a diferença.

No cenário da História da Psicologia no Brasil, Dante Moreira Leite apresenta-se como intelectual importante, tanto pelo conjunto de sua obra inaugural no campo da pesquisa em Psicologia Social, quanto por suas contribuições no estabelecimento de um padrão de ensino em psicologia.

Faleceu no dia 24 de fevereiro de 1976, aos 48 anos.

http://va.mu/BWpe – Biografia


Dante Moreira Leite