Portal Café Brasil
Como decidi em quem votarei para Presidente
Como decidi em quem votarei para Presidente
Não sei se estou certo, não fui pela emoção, não estou ...

Ver mais

Democracia, Tolerância e Censura
Democracia, Tolerância e Censura
O que distingue uma democracia de uma ditadura é a ...

Ver mais

O dia seguinte
O dia seguinte
Com o aumento considerável do mercado de palestrantes ...

Ver mais

Fact Check? Procure o viés.
Fact Check? Procure o viés.
Investigar o que é verdade e o que é mentira - com base ...

Ver mais

634 – Me chama de corrupto, porra!
634 – Me chama de corrupto, porra!
Cara, que doideira é essa onda Bolsonaro que, se você ...

Ver mais

633 – Ballascast
633 – Ballascast
O Marcio Ballas, que é palhaço profissional, me ...

Ver mais

632 – A era da inveja
632 – A era da inveja
Uma pesquisa de 2016 sobre comportamento humano mostrou ...

Ver mais

631 – O valor de seu voto – Revisitado
631 – O valor de seu voto – Revisitado
Mais discussão de ano de eleição: afinal o que é o ...

Ver mais

LíderCast 127 – Lito Rodriguez
LíderCast 127 – Lito Rodriguez
Empreendedor, criador da DryWash, outro daqueles ...

Ver mais

LíderCast 126 – Alexis Fonteyne
LíderCast 126 – Alexis Fonteyne
Empresário criativo e agora candidato a Deputado ...

Ver mais

LíderCast 125 – João Amoêdo
LíderCast 125 – João Amoêdo
Decidimos antecipar o LíderCast com o João Amoêdo ...

Ver mais

LíderCast 124 – Sidnei Alcântara Oliveira
LíderCast 124 – Sidnei Alcântara Oliveira
Segunda participação no LíderCast, com uma história que ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Nobel de Economia valoriza sustentabilidade e inovação tecnológica
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Nobel de Economia valoriza sustentabilidade e inovação tecnológica “Nossos filhos terão mais de quase tudo, com uma gritante exceção: eles não terão mais tempo. À medida que a renda e os salários ...

Ver mais

Ah, se os políticos usassem sua criatividade para o bem
Henrique Szklo
Tem gente que acha que os políticos não são corruptos. Nós é que somos certinhos demais. Já o meu amigo Rodriguez diz que o pior tipo de político é o honesto, porque, além de trouxa, é traidor da ...

Ver mais

Somos quem podemos ser
Jota Fagner
Origens do Brasil
Já faz um tempo que venho desiludido quanto aos resultados da educação. Ainda acredito que ela seja essencial, mas já consigo enxergar que não basta. Uma pessoa bem instruída não é garantia de ...

Ver mais

História da riqueza no Brasil
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
História da riqueza no Brasil  Cinco séculos de pessoas, costumes e governos “A proposta de uma revolução copernicana na análise e interpretação da história do Brasil – esta é a marca ...

Ver mais

Cafezinho 115 – Um voto não vale uma amizade
Cafezinho 115 – Um voto não vale uma amizade
Não gaste sua energia e seu tempo precioso de vida ...

Ver mais

Cafezinho 114 – E se?
Cafezinho 114 – E se?
Mudanças só acontecem quando a crise que sofremos for ...

Ver mais

Cafezinho 113 – Merdades e Ventiras
Cafezinho 113 – Merdades e Ventiras
Conte até dez antes de compartilhar uma merdade

Ver mais

Cafezinho 112 – Como decidi meu voto
Cafezinho 112 – Como decidi meu voto
Meu voto é estratégico, para aquilo que o momento exige.

Ver mais

Christoph Martin Wieland

Christoph Martin Wieland

Luciano Pires -

alt

Christoph Martin Wieland (Oberholzheim, 5 de setembro, 1733 – Weimar, 20 de janeiro, 1813) foi um tradutor e poeta alemão do Iluminismo.

Escritor germânico nascido em Oberholzheim, perto de Biberach, na atual Alemanha, desenvolveu uma atividade literária intensa e de grande importância para a história cultural de seu país, especialmente a do romantismo.

Filho de um pastor protestante começou a escrever por volta dos seus vinte anos, especialmente textos religiosos. Religioso e sentimental na mocidade, aos poucos foi perdendo seu pudor inicial, tornou-se adepto do galante rococó e do iluminismo francês e começou a publicar textos mais ousados.

Em Komische Erzählungen (1765), por exemplo, apareceu com contos versificados, mais cômicos e alegres e até com passagens obscenas. Também deste período, Die Geschichte des jungen Agathon (1766-1767) é considerado o primeiro Bildungsroman, um gênero tipicamente alemão.

Aos 35 anos já era famoso por suas obras e tornou-se (1772) preceptor dos jovens príncipes de Weimar. Em Weimar, editou durante mais de 15 anos (1773-1789), o periódico Der Teutsche Merkur, a mais influente revista literária da época, onde foram publicados trabalhos de nomes como Goethe e Schiller, e deu grande impulso às letras na Alemanha.

Além de verter para sua língua nativa 22 peças de Shakespeare para o alemão, também traduziu as sátiras de Horácio, as comédias de Aristófanes, os diálogos de Luciano e as cartas de Cícero. Baseou seus escritos na mitologia e filosofia grega e com seu poema Oberon (1780), um épico fantástico e humorístico, precedeu o romantismo germânico.

Intelectual de destaque na mesma época em que seus contemporâneos e expoentes da literatura alemã Johann Gottfried Herder (1744-1803), Johann Christoph Friedrich von Schiller (1759-1805) e Johann Wolfgang von Goethe (1749-1832) dominaram a literatura alemã a partir de Weimar, centro cultural da Alemanha de sua época, o primeiro tradutor de William Shakespeare (1564-1616) para a língua alemã.

Morreu em Weimar, aos 79 anos.

Outros trabalhos importantes seus foram o poema Musarion (1768) e o romance Die Abderiten (1774), no qual criticou a estreiteza de visão da pequena burguesia.    

http://pt.wikipedia.org/wiki/Christoph_Martin_Wieland

http://www.dec.ufcg.edu.br/biografias/CrstopMW.html