Portal Café Brasil
Como decidi em quem votarei para Presidente
Como decidi em quem votarei para Presidente
Não sei se estou certo, não fui pela emoção, não estou ...

Ver mais

Democracia, Tolerância e Censura
Democracia, Tolerância e Censura
O que distingue uma democracia de uma ditadura é a ...

Ver mais

O dia seguinte
O dia seguinte
Com o aumento considerável do mercado de palestrantes ...

Ver mais

Fact Check? Procure o viés.
Fact Check? Procure o viés.
Investigar o que é verdade e o que é mentira - com base ...

Ver mais

635 – De onde surgiu Bolsonaro?
635 – De onde surgiu Bolsonaro?
O pau tá quebrando, a eleição ainda indefinida e nunca ...

Ver mais

634 – Me chama de corrupto, porra!
634 – Me chama de corrupto, porra!
Cara, que doideira é essa onda Bolsonaro que, se você ...

Ver mais

633 – Ballascast
633 – Ballascast
O Marcio Ballas, que é palhaço profissional, me ...

Ver mais

632 – A era da inveja
632 – A era da inveja
Uma pesquisa de 2016 sobre comportamento humano mostrou ...

Ver mais

LíderCast 128 – Leide Jacob
LíderCast 128 – Leide Jacob
Empreendedora cultural e agora cineasta, que ...

Ver mais

LíderCast 127 – Lito Rodriguez
LíderCast 127 – Lito Rodriguez
Empreendedor, criador da DryWash, outro daqueles ...

Ver mais

LíderCast 126 – Alexis Fonteyne
LíderCast 126 – Alexis Fonteyne
Empresário criativo e agora candidato a Deputado ...

Ver mais

LíderCast 125 – João Amoêdo
LíderCast 125 – João Amoêdo
Decidimos antecipar o LíderCast com o João Amoêdo ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Marxistas brasileiros vivem espécie de alucinação coletiva recorrente
Carlos Nepomuceno
O jornal Folha de São Paulo publica um artigo feita por uma petista confessa: Ver aqui: https://www.facebook.com/carlos.nepomuceno/posts/10156853246303631 …sem nenhum fato, baseado em ...

Ver mais

Sempre, sempre Godwin
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
O advogado Mike Godwin criou em 1990 a seguinte “lei” das analogias nazistas: “À medida que uma discussão online se alonga, a probabilidade de surgir uma comparação envolvendo Adolf Hitler ou os ...

Ver mais

É mais fácil seguir o grupo
Jota Fagner
Origens do Brasil
Existe uma crença muito difundida de que a história humana avança em etapas gradativas e que culminará numa revolução transformadora. O tipo de revolução muda conforme o viés ideológico. A ...

Ver mais

Bolsonaro e Transformação Digital
Carlos Nepomuceno
Vivemos o início de Revolução Civilizacional na qual ao se plantar um "pé de cooperativa de táxi" por mais que se tome litros de Design Thinking não nasce nunca um Uber.

Ver mais

Cafezinho 116 – Os demônios brochadores
Cafezinho 116 – Os demônios brochadores
O que vem por aí? Uma mudança ou nova brochada?

Ver mais

Cafezinho 115 – Um voto não vale uma amizade
Cafezinho 115 – Um voto não vale uma amizade
Não gaste sua energia e seu tempo precioso de vida ...

Ver mais

Cafezinho 114 – E se?
Cafezinho 114 – E se?
Mudanças só acontecem quando a crise que sofremos for ...

Ver mais

Cafezinho 113 – Merdades e Ventiras
Cafezinho 113 – Merdades e Ventiras
Conte até dez antes de compartilhar uma merdade

Ver mais

Antonio Almeida

Antonio Almeida

Luciano Pires -

Compositor e cantor nascido em 26.08.1911 no Rio de Janeiro/RJ em Vila Isabel, desde a juventude freqüentou gafieiras, ranchos e blocos, chegando a conhecer Sinhô na sociedade carnavalesca “Kanangas do Japão”.

Em 1932 estreou como cantor, apresentando-se no programa “Horas do Outro Mundo”, dirigido por Renato Murce, na Rádio Philips, do Rio de Janeiro.

Freqüentador dos teatros da Praça Tiradentes, compôs com o maestro Jerônimo Cabral diversos números para revistas musicais.

Um dos pioneiros do jingle radiofônico no Brasil, criou o anúncio da “Drogaria sul-americana” depois transformado na marchinha carnavalesca Ô! ó! não (com A. Godinho), que, gravada por Luis Barbosa na Victor, em 1935, seria um dos grandes sucessos do Carnaval de 1936 e marcaria sua estréia no disco.

Autor de vários números para shows dos cassinos da Urca (Rio de Janeiro) e de Icaraí (Niterói RJ), atuou como produtor do programa “Trem da Alegria”, na Rádio Mayrink Veiga, lançador dos primeiros concursos com distribuição de prêmios, que em 1946 promoveu um concurso para a escolha da mais bela mulata.

Em homenagem à vencedora, compôs, em dupla com João de Barro, a marcha A Mulata é a tal, sucesso no Carnaval de 1948 em gravação de Ruy Rey na Continental.

Com Haroldo Barbosa, foi o criador do personagem Barnabé, símbolo da vida apertada do funcionário público, cantando numa marchinha homônima de 1947 gravada por Emilinha Borba.

Diretor da gravadora Todamérica de 1949 a 1957, sua obra conta com mais de 300 composições gravadas.

Entre seus maiores sucessos estão Helena, Helena, com Secundino (Constantino Silva), samba gravado pelos Anjos do Inferno para o Carnaval de 1941; A Saudade mata a gente (com João de Barro), samba-toada lançado por Dick Farney em 1948; Doralice (com Dorival Caymmi), samba lançado em 1945 pelos Anjos do Inferno e regravado no final da década de 1950 por João Gilberto; Recruta biruta, marchinha carnavalesca em dupla com Nássara e Alberto Ribeiro, lançada em 1950 pelos Garotos da Lua; Sereia da areia (com João de Barro e Nássara), marcha carnavalesca lançada por Marlene ne Carnaval de 1951. É autor de diversas versões, como Luzes da ribalta (com João de Barro), 1953; Blue Gardenia (com João de Barro),fox gravado em 1954 por Cauby Peixoto.

Morreu em 9 de dezembro de 1985

http://www.letras.com.br/biografia/antonio-almeida

http://va.mu/Tbrd – Antonio Almeida por Eduardo Weber