Iscas Intelectuais
Iscas Intelectuais de Chiquinho Rodrigues

Posts de Chiquinho Rodrigues

Ver Perfil
Lendas urbanas volume um
Chiquinho Rodrigues

Ademar e Ademir eram gêmeos siameses isquiópagos. Gêmeos siameses xifópagos (E não XiPófagos como alguns entendem) são aqueles unidos por um segmento físico. A nomenclatura provém de xifóide que é o apêndice terminal do osso esterno (com s) situado na frente do tórax onde se unem as costelas Ademar e Ademir eram Gêmeos siameses isquiópagos. […]

| 13/02/2020 - Chiquinho Rodrigues
Lady Murphy
Chiquinho Rodrigues

Há alguns anos dei aula em um conservatório musical em São Paulo onde conheci uma senhora muito interessante chamada Charlote Mellors Buckingham. Era uma elegante senhora inglesa alta e magra que vivia quase o tempo todo vestida de preto e carregava pra onde quer que fosse um fino estojo de couro onde guardava seu amado […]

| 30/01/2020 - Chiquinho Rodrigues
Minha despedida
Chiquinho Rodrigues

Como você bem sabe, sou músico e tenho uma produtora de vídeo aqui em São Paulo que é o Estúdio Bandeirantes. Atendemos clientes de quase todo o Brasil. Seja fazendo arranjos, produção de Cds, jingles ou vídeos empresariais e comerciais. Pois bem. Você sabe também o quanto eu amo escrever aqui neste espaço. Porém isso […]

| 23/01/2020 - Chiquinho Rodrigues
A harpa elétrica
Chiquinho Rodrigues

Valdenir era um cara que acreditava piamente em reencarnação. Mas não era só isso… Acreditava também em vidas passadas, ufos e astrologia. Flertava com o candomblé, o budismo e era também um católico fervoroso (uma puta salada eu sei… mas era uma figura super doce). Era um negro baiano filho de uma família pobre nascido […]

| 16/01/2020 - Chiquinho Rodrigues
Lendas urbanas volume um
Chiquinho Rodrigues

Ademar e Ademir eram gêmeos siameses isquiópagos. Gêmeos siameses xifópagos (E não XiPófagos como alguns entendem) são aqueles unidos por um segmento físico. A nomenclatura provém de xifóide que é o apêndice terminal do osso esterno (com s) situado na frente do tórax onde se unem as costelas Ademar e Ademir eram Gêmeos siameses isquiópagos. […]

| 09/01/2020 - Chiquinho Rodrigues
Programa cu de foca
Chiquinho Rodrigues

Não tem nada pior do que alguém da escola do seu filho descobrir que você é músico. Mais cedo ou mais tarde você sabe que vão te meter em uma fria! E foi assim que eu recebi o telefonema da diretora me convidando (intimando) a participar do – Dia da Arte. Minha missão era simples! […]

| 26/12/2019 - Chiquinho Rodrigues
Gente Vinil
Chiquinho Rodrigues

Usando a lente e a analogia do Veríssimo percebi que exite gente Long Playing, gente Compacto Simples, gente Cd, gente Vídeo laser e até gente Dvd. Não tem nada a ver com caráter! Também não tem nada a ver com a tecnologia empregada ou o tamanho de cada uma dessas mídias. Pois há pessoas pequenas […]

| 12/12/2019 - Chiquinho Rodrigues
A dubladora
Chiquinho Rodrigues

Eu e esta minha imensa boca estamos sempre nos metendo em grandes confusões simplesmente porque eu não penso antes de falar. Te conto: Tenho uma amiga que tem uma das profissões mais ingratas e menos reconhecidas aqui no Brasil, que é a de dubladora. Francine Gebara (esse é o nome dela) é uma veterana nesse […]

| 28/11/2019 - Chiquinho Rodrigues
A chave de fenda
Chiquinho Rodrigues

Toninho Macedo era um daqueles músicos de fim de semana. Amava música e tocava seu cavaquinho “de brincadeira” (como ele dizia) aos sábados e domingos em uma banda de pagode ali do bairro onde morávamos. Mas durante a semana, para seu sustento e da família, ele era mecânico. A mecânica do Toninho era um dos […]

| 14/11/2019 - Chiquinho Rodrigues
Vilmoteca
Chiquinho Rodrigues

Ser músico e ter viajado por esse imenso Brasil são dádivas que agradeço todo dia ao Papai do Céu! Ter colecionado experiências e conhecido os mais variados tipos de malucos acabaram fazendo de mim um observador natural da alma humana. Eu tocava numa banda de baile chamada Reveillon. Era uma banda bem grande! Com seis […]

| 31/10/2019 - Chiquinho Rodrigues
Sem enredo
Chiquinho Rodrigues

Ainda bem que o U2 pegou um avião e foi pra puta-que-pariu! Eu já não aguentava mais, cara! Te juro que se eu visse o Bono Vox mais uma vez no Jornal Nacional ou na droga de um palanque qualquer desafinando de novo com a Ivete Sangalo, eu vomitava! País triste e cafona este aqui. […]

| 17/10/2019 - Chiquinho Rodrigues
Voz de mulher
Chiquinho Rodrigues

Tem alguns jingles que são uma merda! Ou não! (Fiz vários assim). Basta você ouvir uma só vez e aquele troço fica azucrinando dentro da sua cabeça o dia todo. (bom para o cliente!) Em compensação existem outros que são muito bonitos, verdadeiras obras de arte. Quase uma trilha sonora de certas fases da nossa […]

| 03/10/2019 - Chiquinho Rodrigues
Sinopse para um curta
Chiquinho Rodrigues

Dois personagens e 43 figurantes. Locações: Duas salas, um estacionamento e uma recepção. Se não tiver verba, uma sala só dá. (Foda-se a produção) Personagem 1: Felipe Freitas. 29 anos, solteiro, mora com a mãe, vive na cola do pai, largou os estudos, fez uma porrada de cursos, (deixou todos pela metade) reatou com a […]

| 19/09/2019 - Chiquinho Rodrigues
Era uma guitarra chamada Judith
Chiquinho Rodrigues

Um modelo 68 Stratosonic da Giannini, cópia da Fender americana. Corpo em Marupá, braço em maple, três captadores  single-coil, chave seletora, controles de graves, agudos, volumes, alavanca de efeitos e tudo mais a que se tinha direito na época. Assim como B.B. King dera o nome de Lucille para sua famosa guitarra, João também tinha […]

| 05/09/2019 - Chiquinho Rodrigues
Chichilo
Chiquinho Rodrigues

Quando eu era moleque morava na Moóca. Acho que se fizerem uma boa pesquisa vão descobrir que a Moóca possui a maior concentração de figuras e malucos por metro quadrado desta cidade. Conheci vários. Mas hoje vou te contar do Chichillo. Ele era filho de imigrantes italianos e estudava comigo no Colégio São Judas Tadeu. […]

| 22/08/2019 - Chiquinho Rodrigues
Licença Poética
Chiquinho Rodrigues

Reza a lenda que um dia João Gilberto, estando no consultório de um psicanalista (para uma eventual avaliação de sua sanidade), parou em frente de uma das janelas e, pensativo, vendo lá fora o vento balançando as copas das árvores, teria comentado: -Vejam que lindo… o vento está assanhando a cabeleira dos coqueiros! E uma […]

| 08/08/2019 - Chiquinho Rodrigues