Artigos Café Brasil
A fábrica de conteúdo
A fábrica de conteúdo
A Confraria Café Brasil dá um passo adiante e começa a ...

Ver mais

Um jeito de ver o mundo
Um jeito de ver o mundo
Isca Intelectual de Luciano Pires que tenta explicar o ...

Ver mais

LíderCast 5
LíderCast 5
Acabamos de lançar a Temporada 5 do podcast LíderCast, ...

Ver mais

O padrão
O padrão
Isca intelectual de Luciano Pires demonstrando que ...

Ver mais

553 – Exponential Talks
553 – Exponential Talks
Podcast Café Brasil 553 - Exponential Talks - Luciano ...

Ver mais

552 – LíderCast 5
552 – LíderCast 5
Podcast Café Brasil 552 - LíderCast 5 . Este programa ...

Ver mais

999 – Hotel Califórnia
999 – Hotel Califórnia
Podcast Café Brasil - Hotel Califórnia. O programa ...

Ver mais

551 – Todo mundo é deficiente
551 – Todo mundo é deficiente
Podcast Café Brasil 551 - Todo mundo é deficiente. ...

Ver mais

LíderCast 061 – Flavio Azm
LíderCast 061 – Flavio Azm
Hoje recebemos Flavio Azm que é cineasta, mas é muito ...

Ver mais

LíderCast 060 – Raiam Santos
LíderCast 060 – Raiam Santos
Hoje recebo Raiam Santos, um jovem brasileiro que não ...

Ver mais

LíderCast 059 – Geraldo Rufino
LíderCast 059 – Geraldo Rufino
Hoje recebemos Geraldo Rufino um empreendedor ...

Ver mais

LíderCast 058 – Marcelo Wajchenberg
LíderCast 058 – Marcelo Wajchenberg
Hoje recebemos Marcelo Wajchenberg, que é médico ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 07
Videocast Nakata T02 07
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 07 Se a sua ...

Ver mais

Diferentes olhares
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Diferentes olhares Metade cheia e metade vazia do copo “Nós tivemos uma economia no ano passado caindo, e no ano anterior também, uma queda que se acentuou um pouco mais do que se estava ...

Ver mais

Não contrate um comunista
Raiam Santos
Só com esse título, já deve ter gente se coçando para buscar meu CPF e tentar me processar por incitação ao ódio e preconceito. Calma, meus amigos! Sou o tipo do cara que odeia discutir política, ...

Ver mais

Carta aberta aos podcasters
Mauro Segura
Transformação
Por que os podcasts não crescem como negócio no Brasil? A resposta pode estar nessa carta aberta de Mauro Segura para os podcasters.

Ver mais

Somos responsáveis pela beleza que herdamos
Bruno Garschagen
Ciência Política
Isca intelectual de Bruno Garshagen. No Brasil, basta consultar fotos antigas das cidades para verificar que o padrão de beleza urbana tradicional deu lugar a um ambiente novo, às vezes ...

Ver mais

Um Beijo

Um Beijo

Luciano Pires -


UM BEIJO


 


Era 1951, na primeira novela brasileira, “Sua Vida me Pertence”, Walter Forster e Vida Alves, ao vivo, em preto-e-branco, foram o grande acontecimento daquele veículo que nascia para transformar a cultura brasileira: deram o primeiro beijo em frente às câmeras. Escândalo!!!


Em 2001, cinqüenta anos depois, outro beijo. No programa “Fica Comigo”, na MTV, dois homens beijam-se ao vivo e em cores, fazendo o grande acontecimento daquela emissora que também nasceu para transformar a cultura brasileira. Semanas antes, duas garotas haviam protagonizado a mesma cena, um beijo, bem dado, de língua, despudoradamente gay, no mesmo programa. A mídia falou bastante do assunto, mas não foi um escândalo.


E o Brasil sobreviveu aos dois beijos…


Chegamos em 2005. Na novela de maior audiência da rede de TV de maior audiência, anuncia-se outro beijo gay. De ficção. Dois atores, acho que heterossexuais, representam uma situação de paixão homossexual e no último capítulo selam sua atração com um beijo. De mentira, falso, representado.


Na MTV de 2001 os beijos eram reais, de casais gays que prometiam, no ar, em rede nacional, começar um namoro real. Na Globo de 2005 era beijo falso… E fez-se um escândalo, muito maior que o de 2001. Para piorar ou aliviar, a Globo desiste na última hora de levar o beijo gay ao ar, colocando apenas uma insinuação.


Não quero aqui promover um plebiscito ou referendo pra saber se você é contra ou a favor do beijo gay na TV. Quero apenas provocar duas reflexões.


A primeira: qual a razão do beijo real da MTV despertar menos polêmica que o beijo falso da Globo? A resposta só pode ser: o nível da audiência.


Quem assiste a MTV? Meia dúzia de jovens, transgressores, em busca de contestar o sistema. Beijo gay na MTV não era só normal… Era de se esperar…


E quem assiste a novela da Globo? Milhões de famílias. Interessadas na não-transgressão. Em não ter que explicar para uma criança a situação dos dois barbados se beijando… Isso incomoda…


Conclusão: se o Ibope é baixo, pode. Se o Ibope é alto, não pode.


Segunda reflexão: como é que viemos parar nesta situação, em que admitimos que na TV, em horário nobre, uma pessoa torture, humilhe ou assassine outra pessoa do mesmo sexo, mas não aceitamos que beije?


Independente de sua orientação sexual e convicções, isso não te incomoda?