Artigos Café Brasil
O pacto dos canalhas
O pacto dos canalhas
Isca Intelectual de Luciano Pires sobre o grande mal ...

Ver mais

A colheita
A colheita
isca intelectual de Luciano Pires, sobre um Brasil que ...

Ver mais

Pelo exemplo
Pelo exemplo
Isca intelectual de Luciano Pires sobre gestão. Todo ...

Ver mais

Quem faz nossa cabeça
Quem faz nossa cabeça
Isca intelectual de Luciano Pires. Imagino uma criança ...

Ver mais

562 – Orgulho de ser corrupto
562 – Orgulho de ser corrupto
Podcast Café Brasil 562 - Orgulho de ser corrupto. ...

Ver mais

561 – Intueri
561 – Intueri
Podcast Café Brasil 561 - Intueri. Às vezes você tem a ...

Ver mais

560 – Welcome to the Hotel California
560 – Welcome to the Hotel California
Podcast Café Brasil 560 - Hotel Califórnia. O programa ...

Ver mais

559 – Vida de vampiro
559 – Vida de vampiro
Podcast Café brasil 559 - Vida de vampiro. Ainda na ...

Ver mais

LíderCast 069 – Panela Produtora
LíderCast 069 – Panela Produtora
Hoje converso com Daniel, Filipe, Janjão e Rhaissa ...

Ver mais

LíderCast 068 – Gilmar Lopes
LíderCast 068 – Gilmar Lopes
Hoje converso com Gilmar Lopes, que de pedreiro se ...

Ver mais

LíderCast 067 – Roberto Caruso
LíderCast 067 – Roberto Caruso
Hoje conversamos com Roberto Caruso, um empreendedor ...

Ver mais

LíderCast 066 – Alex Bezerra de Menezes
LíderCast 066 – Alex Bezerra de Menezes
Hoje converso com Alex Bezerra de Menezes, que é Clark ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

A mentalidade da caixa preta
Raiam Santos
Fiquei um tempinho distante do MundoRaiam porque estava em “Modo Buda” focado 100% na produção do meu quinto livro CLASSE ECONÔMICA: PAÍSES BALCÃS. Agora que o livro já tá na mão da ...

Ver mais

O coração da empresa
Tom Coelho
Sete Vidas
“Se fôssemos bons em tudo não necessitaríamos trabalhar em equipe.” (Gisela Kassoy)   É comum qualificarmos as empresas como “organismos vivos”. E, sob esta ótica, comparar seu funcionamento ...

Ver mais

Manual de disrupção do marketing
Mauro Segura
Transformação
17 fenômenos acontecendo no marketing que nem todo mundo está enxergando

Ver mais

Todos iguais. SQN
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
A atual crise, com a delação dos famigerados irmãos Joesley e Wesley Batista, tem causado reações estranhas da nobre plateia; há mais fervura nas torcidas contra (e a favor do quanto-pior-melhor ...

Ver mais

Tempo é vida

Tempo é vida

Luciano Pires -

E então… dentro de algumas horas será outro ano. Depois que passamos dos 40, o tempo voa numa velocidade inacreditável. Tempo é o único recurso que não pode ser renovado e, portanto, o mais valioso, mas só percebemos isso quando ele nos falta, especialmente depois que passamos dos 40.

Eu, por exemplo, nunca consegui passar horas praticando qualquer atividade que sirva para “passar o tempo”. Já me acusaram de CDF, de só pensar em trabalho, de não curtir o lazer, mas não é assim. Não tenho nenhum problema em curtir o lazer lendo um bom livro, assistindo um bom filme, uma peça de teatro, jantando com amigos interessantes ou numa praia. A questão é outra.

 

O que sempre compreendi é que o tempo é valioso demais para ser trocado por qualquer coisa. Se vou fazer uma troca, que valha a pena. Por isso, quando vou escrever um texto, gravar um Podcast ou montar uma palestra, a primeira coisa que me vem à cabeça é: será que minha obra valerá o tempo que a pessoa dedicará para consumi-la? A palestra valerá os 30, 60 ou 90 minutos que a pessoa dedicará para ela? O texto valerá os 5 minutos de leitura? O Podcast valerá os 25 minutos de audição?

 

Esse é meu mote: farei com que seu tempo valha a pena?

 

Desenvolvi essa ideia em minha palestra GENTE NUTRITIVA (que você encontra no www.lucianopires.com.br). Tente se lembrar das pessoas que chegam para conversar com você, dão prazer, têm o dom de nutrir com simpatia, conhecimento, humor.

 

Lembrou?

 

Agora pense naquelas pessoas que, quando chegam, você preferia estar trocando o pneu do carro numa rua escura, na chuva. Gente chata, desinteressante, que tem o dom de nos sugar energia.

 

Sabe a diferença entre uma e outra? É a convicção que você tem de que as primeiras, nutritivas, não estão desperdiçando seu tempo. Com elas você ganha algo, faz uma troca justa, enquanto com as outras, joga fora minutos preciosos de sua vida. Minutos que nunca mais terá de volta.

A melhor coisa que você pode fazer é substituir a palavra “tempo” por “vida”. Experimente! Fale “me falta vida” em vez de “me falta tempo”. “Passavida” em vez de “passatempo”. “Me dê uns minutos da sua vida”.

 

Tempo é vida.

 

E é essa consciência que faz com que a gente reflita muito antes de decidir gastar nosso tempo, ou o tempo dos outros.

 

Assim, quando percebo que dentro de algumas horas 2016 chegará, me dá um frio na barriga. O que é que fiz com meu tempo durante 2015? Valeu a pena?

 

Fica assim então: que em 2016, cada minuto de seu tempo valha a pena. E que você faça com que cada segundo que alguém dedicar a você, também valha a pena.

 

Tempo é vida. O que é que você está fazendo com sua vida? E com a vida dos outros?

 

Feliz 2016.