Artigos Café Brasil
A fábrica de conteúdo
A fábrica de conteúdo
A Confraria Café Brasil dá um passo adiante e começa a ...

Ver mais

Um jeito de ver o mundo
Um jeito de ver o mundo
Isca Intelectual de Luciano Pires que tenta explicar o ...

Ver mais

LíderCast 5
LíderCast 5
Acabamos de lançar a Temporada 5 do podcast LíderCast, ...

Ver mais

O padrão
O padrão
Isca intelectual de Luciano Pires demonstrando que ...

Ver mais

553 – Exponential Talks
553 – Exponential Talks
Podcast Café Brasil 553 - Exponential Talks - Luciano ...

Ver mais

552 – LíderCast 5
552 – LíderCast 5
Podcast Café Brasil 552 - LíderCast 5 . Este programa ...

Ver mais

999 – Hotel Califórnia
999 – Hotel Califórnia
Podcast Café Brasil - Hotel Califórnia. O programa ...

Ver mais

551 – Todo mundo é deficiente
551 – Todo mundo é deficiente
Podcast Café Brasil 551 - Todo mundo é deficiente. ...

Ver mais

LíderCast 061 – Flavio Azm
LíderCast 061 – Flavio Azm
Hoje recebemos Flavio Azm que é cineasta, mas é muito ...

Ver mais

LíderCast 060 – Raiam Santos
LíderCast 060 – Raiam Santos
Hoje recebo Raiam Santos, um jovem brasileiro que não ...

Ver mais

LíderCast 059 – Geraldo Rufino
LíderCast 059 – Geraldo Rufino
Hoje recebemos Geraldo Rufino um empreendedor ...

Ver mais

LíderCast 058 – Marcelo Wajchenberg
LíderCast 058 – Marcelo Wajchenberg
Hoje recebemos Marcelo Wajchenberg, que é médico ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 07
Videocast Nakata T02 07
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 07 Se a sua ...

Ver mais

Diferentes olhares
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Diferentes olhares Metade cheia e metade vazia do copo “Nós tivemos uma economia no ano passado caindo, e no ano anterior também, uma queda que se acentuou um pouco mais do que se estava ...

Ver mais

Não contrate um comunista
Raiam Santos
Só com esse título, já deve ter gente se coçando para buscar meu CPF e tentar me processar por incitação ao ódio e preconceito. Calma, meus amigos! Sou o tipo do cara que odeia discutir política, ...

Ver mais

Carta aberta aos podcasters
Mauro Segura
Transformação
Por que os podcasts não crescem como negócio no Brasil? A resposta pode estar nessa carta aberta de Mauro Segura para os podcasters.

Ver mais

Somos responsáveis pela beleza que herdamos
Bruno Garschagen
Ciência Política
Isca intelectual de Bruno Garshagen. No Brasil, basta consultar fotos antigas das cidades para verificar que o padrão de beleza urbana tradicional deu lugar a um ambiente novo, às vezes ...

Ver mais

Sobre otários e sacanas

Sobre otários e sacanas

Luciano Pires -

Num período de 72 horas fui sacaneado pela Sky, VivoTv, Avianca e Nextel. Reclamei, liguei para os canais (in)competentes, passei horas ao telefone falando com atendentes que não tem como resolver os problemas, ouvi promessas que sabia que não seriam cumpridas e quando forcei a barra para que os atendentes dissessem claramente (para que ficasse gravado) as propostas indecentes que me fizeram, as ligações eram derrubadas, etc etc etc. Nada que você não conheça. O tempo passa, a Anatel, a Anvisa, a Infraero e o governo ameaçam endurecer, mas não adianta: no Brasil, todo consumidor é um otário.

A alternativa é não consumir os produtos das empresas que nos sacaneiam, não é? Bem, se você puder abrir mão, é uma boa saída, mas nem sempre isso é possível. No meu caso, por exemplo, telefonia celular e tv a cabo são ferramentas de trabalho das quais não posso prescindir. Então fico refém das empresas sacanas.

Existe uma diferença entre empresas incompetentes e empresas sacanas. As incompetentes são aquelas que são ruins por incapacidade técnica, equipes fracas e atendimento medíocre. Mas como só são ruins por incompetência, existe uma esperança de melhoria no futuro. Temos muitos exemplos de empresas que aprenderam com os erros e melhoraram com o tempo.

Já as sacanas, não melhoram. Sabem da incompetência e continuam medíocres. Mantém um atendimento péssimo enquanto gastam milhões nas propagandas que espalham promessas e criam expectativas. Pagam por processos que dificultam a vida de seus clientes. As sacanas marcam e não aparecem. Cancelam e não avisam. Vendem e não entregam. Deixam esperando na linha. Aumentam valores sem avisar. E por aí vai.

Mas empresas não podem ser sacanas. Só gente que pode. Empresas são sacanas quando tem lideranças sacanas, normalmente com MBAs, roupas bacanas e discursos cheios de palavras da moda. Gente que trata os problemas dos clientes como estatísticas e fica satisfeita com aquele 1% de reclamações, sem atentar que para o cliente que reclama a insatisfação é 100%.

Esses manés merecem nosso repúdio e indiferença. São eles – e não o atendente ignorante do 0800 ou a moça do balcão da cia aérea – a razão principal dos problemas.

Escolado, optei pelo bom humor. Fui sacaneado? Vou para as mídias sociais, crio imagens, publico comentários e aos poucos vou incomodando esses mastodontes. O Twitter é fantástico, algumas empresas sacanas monitoram e fazem contato imediatamente. O Linkedin é precioso para encontrar os líderes dessas empresas e fazer contato direto. E receber um comentário no Facebook como: “Eu estava prestes a fechar um negócio com essa empresa. Obrigado pelo alerta, não farei isso!”, não tem preço.

É minha vingança silenciosa: garanti um otário a menos para ser sacaneado.

Portanto, se você for sacaneado, não perca tempo brigando com aqueles pobres coitados dos atendentes. Procure o sacana.

Ele é o chefe.

Luciano Pires