Artigos Café Brasil
Podpesquisa 2018
Podpesquisa 2018
Em sua quarta edição, a PodPesquisa 2018 recebeu mais ...

Ver mais

Como decidi em quem votarei para Presidente
Como decidi em quem votarei para Presidente
Não sei se estou certo, não fui pela emoção, não estou ...

Ver mais

Democracia, Tolerância e Censura
Democracia, Tolerância e Censura
O que distingue uma democracia de uma ditadura é a ...

Ver mais

O dia seguinte
O dia seguinte
Com o aumento considerável do mercado de palestrantes ...

Ver mais

638 – O efeito Dunning-Kruger
638 – O efeito Dunning-Kruger
Cara, eu fico besta com a quantidade de gente que ...

Ver mais

637 – LíderCast 10
637 – LíderCast 10
Olha só, chegamos na décima temporada do LíderCast. Com ...

Ver mais

636 – As duas éticas da eleição
636 – As duas éticas da eleição
Gravei um LíderCast da Temporada 11, que só vai ao ar ...

Ver mais

635 – De onde surgiu Bolsonaro?
635 – De onde surgiu Bolsonaro?
O pau tá quebrando, a eleição ainda indefinida e nunca ...

Ver mais

LíderCast 131 – Henrique Szklo e Lena Feil
LíderCast 131 – Henrique Szklo e Lena Feil
Henrique Szklo e Lena Feil – Henrique se apresenta como ...

Ver mais

LíderCast 130 – Katia Carvalho
LíderCast 130 – Katia Carvalho
Mudadora de vidas, alguém que em vez de apenas lamentar ...

Ver mais

LíderCast 129 – Guga Weigert
LíderCast 129 – Guga Weigert
DJ e empreendedor, que a partir da experiência com a ...

Ver mais

LíderCast 128 – Leide Jacob
LíderCast 128 – Leide Jacob
Empreendedora cultural e agora cineasta, que ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Compatibilizar o curto e o longo prazo
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Compatibilizar o curto e o longo prazo O grande desafio “Estamos presos na armadilha da renda média, a condição de países que lograram sair da pobreza mas empacaram, não conseguindo dar o salto ...

Ver mais

Os especialistas e suas previsões
Jota Fagner
Origens do Brasil
De tempos em tempos as sociedades alardeiam previsões catastróficas para um futuro não tão distante. Sempre existe o perigo do momento. Se ouvirmos os especialistas, atualmente temos que nos ...

Ver mais

Moralidade e Capitalismo 7: O Pragmatismo
Alessandro Loiola
Em essência, o capitalismo é indiferente quanto a raça, classe, cor, religião, sexo, nacionalidade, credo, bom ou mau. É impessoal e não-humano como um programa de computador. E tem suas neuroses ...

Ver mais

Moralidade e Capitalismo 6: A Dispersão do Poder
Alessandro Loiola
Os defensores do capitalismo que utilizam esta linha de argumentação afirmam que, ao dispersar o controle da economia entre vários detentores de capital, o poder seria igualmente dispersado. Eles ...

Ver mais

Cafezinho 124 – À luz do sol
Cafezinho 124 – À luz do sol
É assim, com a luz do sol, que a gente faz a limpeza.

Ver mais

Cafezinho 123 – A zona da indiferença
Cafezinho 123 – A zona da indiferença
Ter consciência sobre o que é certo e errado todo mundo ...

Ver mais

Cafezinho 122 – Vira a chave
Cafezinho 122 – Vira a chave
Mudar de assunto no calor dos acontecimentos é ...

Ver mais

Cafezinho 121 – Papo de bêbado
Cafezinho 121 – Papo de bêbado
Voltar democraticamente aos trilhos. Se essa não é sua ...

Ver mais

Sim Senhora

Sim Senhora

Luciano Pires -

Cena um: fui palestrar no Congresso do Saber, organizado pelo Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino de São Paulo. Quando terminei a palestra, saí do auditório e tomei um susto. Os corredores do Centro de Convenções Imigrantes estavam tomados por milhares de educadores que entupiam os estandes em busca de livros, materiais de ensino e serviços. Era muita gente. E o que chamou a atenção: 95% eram mulheres…

Parece que os homens delegaram definitivamente para as mulheres a educação dos brasileiros. No entanto, dos 46 ministros da Educação que tivemos desde 1930, apenas um foi mulher: Esther de Figueiredo Ferraz.

Será que isso não explica algumas coisas?

Cena dois: fui palestrar para um dos grandes escritórios de advocacia de São Paulo. Quando as portas dos ônibus se abriram, começaram a descer mulheres. Mulheres, mulheres e mais mulheres, numa proporção de dez para cada homem. Perguntei para um diretor se havia alguma política privilegiando a contratação de mulheres e a resposta foi reveladora:

– Não. É que elas é que passam nos testes de seleção.

Cena três: ontem palestrei na Bahia para o Boticário, num evento dedicado às consultoras que trabalham nas lojas da rede. Eram 1300 mulheres na plateia, reagindo com energia às apresentações da nova linha de produtos, da nova campanha publicitária. Era contagiante ver aquele mundo de gente pegar fogo a cada provocação. Mas o que mais chamou a atenção: quando fui tratar com o pessoal “da ténica”, encontrei uns 30 ogros responsáveis por toda a estrutura técnica de imagem, som e luz, como em 99% dos eventos a que compareço. Mas no meio deles, dirigindo o evento… uma mulher. Seu braço direito, outra mulher. Duas mulheres comandando um exército de Orks.

Cena quatro: estive com a Chevrolet realizando dez eventos pelo Brasil. Todos eles a cargo da Regina, a produtora que cuidava de todos os detalhes, dava as ordens, tratava da logística, da recepção, dos brindes, dos equipamentos, da minha hospedagem. Nos bastidores, outra mulher, a Natália, cuidando de todos os detalhes. Impecáveis.

Cena cinco: Angela Merkel acaba de vencer as eleições legislativas na Alemanha, assumindo o terceiro mandato à frente da maior economia europeia, enquanto todos os chanceleres, primeiros ministros ou presidentes de outros países europeus que tentaram reeleição, fracassaram.

Cinco situações distintas em que as mulheres ocuparam os espaços, seja pela capacitação, pela opção ou pela reunião de atributos que as fizeram ideais para as posições que ocupam. Nas quatro ocasiões em que estive envolvido, tratei com homens apenas quando o assunto era estratégico, quando tudo estava pronto, quando era hora do palhaço entrar no picadeiro. Quem colocou o circo em pé foram elas, as mulheres. Sem ironia…

Que diferença dos tempos em que comecei minha vida profissional, no final dos anos setenta. As mulheres foram chegando devagarinho, mais sérias, mais compenetradas, mais dispostas a sacrifícios, mais detalhistas, mais comprometidas, mais duras nas negociações. O mundo mudou com elas e por causa delas, e tenho a convicção de que foi para melhor. Logo mais elas estarão ocupando o lugar dos homens também nas decisões estratégicas. E você estará dizendo: sim, senhora.

É por isso que ainda tenho esperança.

Mas por que será que elas continuam não dando passagem pra gente no trânsito?

Luciano Pires

PS: Não falei da Dilma, pois não a considero mulher. Ela é o Lula.