Artigos Café Brasil
Brazilian Rhapsody
Brazilian Rhapsody
O pessoal da Chinchila fez uma paródia de Bohemian ...

Ver mais

O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts traz informações ...

Ver mais

Bandidos Na TV
Bandidos Na TV
Assisti Bandidos Na Tv, nova série na NetFlix, que ...

Ver mais

1964 – O Brasil entre armas e livros
1964 – O Brasil entre armas e livros
Um documentário para ser visto como outro ângulo pelo ...

Ver mais

678 – Dominando a Civilidade
678 – Dominando a Civilidade
Vivemos uma epidemia de incivilidade que ...

Ver mais

677 – Teorias da Conspiração
677 – Teorias da Conspiração
Vivemos numa sociedade assolada por grandes ...

Ver mais

676 – Homem na Lua 2
676 – Homem na Lua 2
Cinquenta anos atrás o homem pousou na Lua. Mas parece ...

Ver mais

675 – Homem na lua
675 – Homem na lua
Em 20 de Julho de 1969 uma nave feita pelo homem pousou ...

Ver mais

LíderCast 165 – Ícaro de Carvalho
LíderCast 165 – Ícaro de Carvalho
Um dos mais influentes profissionais de comunicação ...

Ver mais

LíderCast 164 – Artur Motta
LíderCast 164 – Artur Motta
Professor que fez transição de carreira e usa podcasts ...

Ver mais

LíderCast 163 – Amanda Sindman
LíderCast 163 – Amanda Sindman
Profissional de comunicação, jornalista e mulher trans. ...

Ver mais

LíderCast 162 – Aldo Pini
LíderCast 162 – Aldo Pini
Ex-diretor de planejamento da agência África, que ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Simples assim
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Simples assim Excelência em Educação Dia 10 de agosto, compareci a um evento muitíssimo interessante. Estimulado pela chamada do convite eletrônico – Avanços na educação pública: o que podemos ...

Ver mais

Homenagem aos Economistas 2019
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Homenagem aos Economistas 2019 Memoráveis citações “O Brasil é um país onde você passa quinze dias fora e muda tudo, mas passa quinze anos fora e não muda nada.” Cássio Casseb  “Quando alguém tem ...

Ver mais

O que podemos aprender com a tragédia que virá da Argentina?
Carlos Nepomuceno
O que podemos aprender com a tragédia que virá da Argentina? Live completa.

Ver mais

Ni nóis não
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
A história todo mundo conhece, pelo menos no enredo do samba: Criminosos de extenso currículo (estelionatários, ladrões, traficantes) foram contratados para espionar telefones privados de ...

Ver mais

Cafezinho 203 – Agrotóxicos – melhor seria não usar III
Cafezinho 203 – Agrotóxicos – melhor seria não usar III
Quem é o idiota que quer deliberadamente envenenar seus ...

Ver mais

Cafezinho 202 – Agrotóxicos – melhor seria não usar II
Cafezinho 202 – Agrotóxicos – melhor seria não usar II
Se não bastassem as dificuldades para comprar, ...

Ver mais

Cafezinho 201 – Agrotóxicos – melhor seria não usar
Cafezinho 201 – Agrotóxicos – melhor seria não usar
Agrotóxicos são a bola da vez. Da forma como é ...

Ver mais

Cafezinho 200 – Food For Fish
Cafezinho 200 – Food For Fish
"Food for fish"- Comida Pra peixe - é uma expressão que ...

Ver mais

Sim Senhora

Sim Senhora

Luciano Pires -

Cena um: fui palestrar no Congresso do Saber, organizado pelo Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino de São Paulo. Quando terminei a palestra, saí do auditório e tomei um susto. Os corredores do Centro de Convenções Imigrantes estavam tomados por milhares de educadores que entupiam os estandes em busca de livros, materiais de ensino e serviços. Era muita gente. E o que chamou a atenção: 95% eram mulheres…

Parece que os homens delegaram definitivamente para as mulheres a educação dos brasileiros. No entanto, dos 46 ministros da Educação que tivemos desde 1930, apenas um foi mulher: Esther de Figueiredo Ferraz.

Será que isso não explica algumas coisas?

Cena dois: fui palestrar para um dos grandes escritórios de advocacia de São Paulo. Quando as portas dos ônibus se abriram, começaram a descer mulheres. Mulheres, mulheres e mais mulheres, numa proporção de dez para cada homem. Perguntei para um diretor se havia alguma política privilegiando a contratação de mulheres e a resposta foi reveladora:

– Não. É que elas é que passam nos testes de seleção.

Cena três: ontem palestrei na Bahia para o Boticário, num evento dedicado às consultoras que trabalham nas lojas da rede. Eram 1300 mulheres na plateia, reagindo com energia às apresentações da nova linha de produtos, da nova campanha publicitária. Era contagiante ver aquele mundo de gente pegar fogo a cada provocação. Mas o que mais chamou a atenção: quando fui tratar com o pessoal “da ténica”, encontrei uns 30 ogros responsáveis por toda a estrutura técnica de imagem, som e luz, como em 99% dos eventos a que compareço. Mas no meio deles, dirigindo o evento… uma mulher. Seu braço direito, outra mulher. Duas mulheres comandando um exército de Orks.

Cena quatro: estive com a Chevrolet realizando dez eventos pelo Brasil. Todos eles a cargo da Regina, a produtora que cuidava de todos os detalhes, dava as ordens, tratava da logística, da recepção, dos brindes, dos equipamentos, da minha hospedagem. Nos bastidores, outra mulher, a Natália, cuidando de todos os detalhes. Impecáveis.

Cena cinco: Angela Merkel acaba de vencer as eleições legislativas na Alemanha, assumindo o terceiro mandato à frente da maior economia europeia, enquanto todos os chanceleres, primeiros ministros ou presidentes de outros países europeus que tentaram reeleição, fracassaram.

Cinco situações distintas em que as mulheres ocuparam os espaços, seja pela capacitação, pela opção ou pela reunião de atributos que as fizeram ideais para as posições que ocupam. Nas quatro ocasiões em que estive envolvido, tratei com homens apenas quando o assunto era estratégico, quando tudo estava pronto, quando era hora do palhaço entrar no picadeiro. Quem colocou o circo em pé foram elas, as mulheres. Sem ironia…

Que diferença dos tempos em que comecei minha vida profissional, no final dos anos setenta. As mulheres foram chegando devagarinho, mais sérias, mais compenetradas, mais dispostas a sacrifícios, mais detalhistas, mais comprometidas, mais duras nas negociações. O mundo mudou com elas e por causa delas, e tenho a convicção de que foi para melhor. Logo mais elas estarão ocupando o lugar dos homens também nas decisões estratégicas. E você estará dizendo: sim, senhora.

É por isso que ainda tenho esperança.

Mas por que será que elas continuam não dando passagem pra gente no trânsito?

Luciano Pires

PS: Não falei da Dilma, pois não a considero mulher. Ela é o Lula.