Artigos Café Brasil
Me Engana Que Eu Gosto
Me Engana Que Eu Gosto
Me engana que eu gosto: dois meio brasis jamais somarão ...

Ver mais

Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando a hora do Podcast Café Brasil 700!

Ver mais

Aplicativos IOS e Android para o Café Brasil Premium!
Aplicativos IOS e Android para o Café Brasil Premium!
MUDANÇAS IMPORTANTES NO CAFÉ BRASIL PREMIUM A você que ...

Ver mais

Café Brasil no Top 10 Podbean
Café Brasil no Top 10 Podbean
O Café Brasil está entre os Top 10 numa das maiores ...

Ver mais

701 – Sorte
701 – Sorte
E aí? Você se considera uma pessoa sortuda ou azarada? ...

Ver mais

700 – Girl Power
700 – Girl Power
Bem, você sabe que sempre que chegamos num programa ...

Ver mais

699- Um brasileiro
699- Um brasileiro
Como sabemos que muitos ouvintes do Café Brasil não ...

Ver mais

698 – A Mente Moralista
698 – A Mente Moralista
Somos criaturas profundamente intuitivas cujas ...

Ver mais

LíderCast 184 – Michelle Susan
LíderCast 184 – Michelle Susan
Uma lutadora, que sai do zero para trabalhar em ...

Ver mais

LíderCast 183 – Antonio Mamede
LíderCast 183 – Antonio Mamede
Ex-executivo de grandes empresas, hoje consultor e ...

Ver mais

LíderCast 182 – Alexis Fontaine
LíderCast 182 – Alexis Fontaine
Segunda participação do Deputado Federal do partido ...

Ver mais

LíderCast 181 – Christian Gurtner
LíderCast 181 – Christian Gurtner
Christian Gurtner – O homem que leva a gente para ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Minha despedida
Chiquinho Rodrigues
Como você bem sabe, sou músico e tenho uma produtora de vídeo aqui em São Paulo que é o Estúdio Bandeirantes. Atendemos clientes de quase todo o Brasil. Seja fazendo arranjos, produção de Cds, ...

Ver mais

Documentira
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Até anteontem, os Estados Unidos eram o império do mal, a síntese de tudo de ruim que há no universo; um inferno habitado por seres inumanos, que massacram sul-americanos por puro prazer sádico, ...

Ver mais

A harpa elétrica
Chiquinho Rodrigues
Valdenir era um cara que acreditava piamente em reencarnação. Mas não era só isso… Acreditava também em vidas passadas, ufos e astrologia. Flertava com o candomblé, o budismo e era também ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 3 – Classificação dos Termos (parte 9)
Alexandre Gomes
Continuando os resumos depois de um belo fim de ano, vou continuar detalhando mais sobre os o que são os termos e suas variedades. Perceba que isso é muito mais uma base de compreensão lógica das ...

Ver mais

Cafezinho 248 – O meiostream
Cafezinho 248 – O meiostream
Sobre se considerar bem-sucedido sendo o que se é.

Ver mais

Cafezinho 247 – Compartilhe!
Cafezinho 247 – Compartilhe!
Sobre o hábito de compartilhar aquilo que vale a pena.

Ver mais

Cafezinho 246 – Setecentos
Cafezinho 246 – Setecentos
São 74 minutos de puro deleite.

Ver mais

Cafezinho 245 – Como censurar o Porta dos Fundos
Cafezinho 245 – Como censurar o Porta dos Fundos
Democracia é a liberdade de dizer “não”, mesmo que você ...

Ver mais

Serviço que presta

Serviço que presta

Luciano Pires -

Quando saí da empresa onde trabalhei por 26 anos para me dedicar a palestras, um amigo sugeriu uma corretora para tratar do seguro saúde. Chamei-os e fui muito bem atendido, fizeram várias planilhas mostrando as várias opções e acabei escolhendo uma delas, um plano empresarial Omint. Fechei o contrato numa reunião com os gerentes da corretora e da seguradora. É claro que não li as dezenas de cláusulas em minúcia, mas fui perguntando e eles respondendo as dúvidas. Escolhi um dos planos, caro pra danar, e combinei com eles que depois de um período eu decidiria se permaneceria naquele plano ou baixaria de categoria.

– Sem problemas! 

Fechei o contrato. Ao receber os documentos para assinar vi que fui classificado como “obeso”, o que jogou dentro da carência qualquer complicação que pudesse ser creditada ao excesso de peso. Um absurdo. Estou fora do peso, mas daí para “obeso” tem pelo menos um Faustão magro de distância. Mas relevei. Fechamos o plano em abril. Em junho completei 54 anos e recebi a segunda surpresa: um aumento gigantesco, absurdo, aviltante, por “mudança de faixa”. Liguei para a corretora para reclamar e a resposta foi protocolar: 

– Está no contrato. 

Após três meses de experiência senti que o plano era um excesso e solicitei à corretora um estudo para redução. Mais uma surpresa: modificações, só no aniversário do plano, dali a nove meses.  

– Tá no contrato. 

Nove meses depois, retomo o assunto para ter outra surpresa: a Omint não aceita reduzir, só aumentar. 

– Mas nós combinamos naquela reunião!

– Tá no contrato.

E aqui estou, com meu advogado, começando a brigar com a Omint. O corretor? Lavou as mãos, afinal tudo “tá no contrato”…

Praticamente ao mesmo tempo consegui um corretor para o seguro do automóvel. O critério foi alguém que estivesse perto de mim. O atendimento foi tão bom quanto o do corretor do plano de saúde, mas depois de fechado o contrato as coisas começaram a se diferenciar.

Meu corretor do seguro automóvel – o dono da empresa – liga de quando em quando. Faz sugestões sobre o que e como fazer para aproveitar oportunidades. Mostra as planilhas de cálculo, oferece-se para buscar melhores negociações e tem obtido reduções nos valores que pago anualmente. Quando cogitei trocar de automóvel, quem foi a primeira pessoa para quem liguei? Foi para ele, claro! Recebi as dicas dos carros que estão com problemas de peças de reposição, os que tem manutenção cara e os com seguro mais baixo.

Sacou a diferença? O corretor do seguro-automóvel virou meu consultor, o cara que eu chamo com prazer para tomar um cafezinho e trocar uns dedos de prosa. Recomendo-o para todo mundo. É claro que estamos envolvidos num negócio, mas ele demonstra querer o meu bem. O corretor do seguro saúde é só um intermediário com uma resposta burocrática: “tá no contrato”. Ele só quer o meu dinheiro.

Pois é, meu caro, existem corretores e Corretores. Um presta serviço. O outro presta serviço que presta.

Um continua comigo. O outro mandei à ponte que partiu. 

Meu contrato pessoal tem essa cláusula.

Luciano Pires