Artigos Café Brasil
Síntese de indicadores sociais 2016 do IBGE
Síntese de indicadores sociais 2016 do IBGE
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - ...

Ver mais

Silvio Santos, Zé Celso e o Oficina
Silvio Santos, Zé Celso e o Oficina
Uma reunião para ser objeto de estudo em qualquer aula ...

Ver mais

#TransgressaoEhIsso
#TransgressaoEhIsso
Transgredir é muito mais que pintar o rosto, urinar na ...

Ver mais

Vem aí o Cafezinho
Vem aí o Cafezinho
Nasce nesta segunda, 4/9 o CAFEZINHO, podcast ...

Ver mais

597 – Simplifique
597 – Simplifique
O programa de hoje é um presente. Reproduzimos na ...

Ver mais

596 – A complicada arte de ver – revisitado
596 – A complicada arte de ver – revisitado
“A árvore que o sábio vê não é a mesma árvore que o ...

Ver mais

595 – A empatia positiva
595 – A empatia positiva
Se você construir uma linha emocional imaginária, numa ...

Ver mais

594 – Sultans of Swing
594 – Sultans of Swing
Láááááá em 1977 uma obscura banda inglesa começou a ...

Ver mais

LíderCast 96 – Ricardo Geromel
LíderCast 96 – Ricardo Geromel
Ricardo Geromel, que sai do Brasil para jogar futebol, ...

Ver mais

LíderCast 95 – Pascoal da Conceição
LíderCast 95 – Pascoal da Conceição
Pascoal da Conceição, que fala sobre a vida de ator no ...

Ver mais

LíderCast 94 – Marcelo e Evelyn Barbisan
LíderCast 94 – Marcelo e Evelyn Barbisan
Marcelo e Evelyn Barbisan. O Marcelo é médico, a Evelyn ...

Ver mais

LíderCast 93 – Max Oliveira
LíderCast 93 – Max Oliveira
Max Oliveira, empreendedor que fundou a Max Milhas, uma ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

País de Santos
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Há dias um assunto artificialmente inflado ocupa sites e jornais: A posse interrompida da ex-quase-futura ministra do Trabalho, deputada federal Cristiane Brasil (PTB/RJ), filha do conhecido ...

Ver mais

Jonatan, o Tolo
Bruno Garschagen
Ciência Política
Jonatan é o tolo cuja credulidade fantasiosa corrompeu qualquer traço de inocência

Ver mais

Projeções econômicas do Brasil para 2018
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Projeções econômicas do Brasil para 2018[1] Com uma sólida formação humanista, um economista pode afirmar que quanto menor a intervenção do Estado na economia de mercado, mais rico será este país ...

Ver mais

Vale fazer um curso universitário se as profissões vão desaparecer?
Mauro Segura
Transformação
Numa perspectiva de que tudo muda o tempo todo, será que vale a pena sentar num banco de universidade para se formar numa profissão que vai desaparecer ou se transformar nos próximos anos?

Ver mais

Cafezinho 39 – Como fazer críticas nutritivas
Cafezinho 39 – Como fazer críticas nutritivas
Num cafezinho anterior falei sobre a importância de ...

Ver mais

Cafezinho 38 – A agarra
Cafezinho 38 – A agarra
Basta implantar uma dúvida, uma agarra... e pronto! A ...

Ver mais

Cafezinho 37 – Sobre críticas
Cafezinho 37 – Sobre críticas
Saber avaliar as críticas é fundamental, mas saber ...

Ver mais

Cafezinho 36 – Velhos problemas
Cafezinho 36 – Velhos problemas
O Brasil não tem problemas novos.

Ver mais

Pré conceitos

Pré conceitos

Luciano Pires -

De quando em quando lanço uma promoção no Facebook do Café Brasil (facebook.com/portalcafebrasil) oferecendo como brinde um livro que esteja em destaque. Dias atrás lançamos a promoção com o livro A QUEDA, escrito por Diogo Mainardi, ex-colunista de revista Veja. O livro é um relato da relação de um pai com seu filho que, em razão de um erro médico na maternidade, fica com paralisia cerebral. Diogo conta como esse evento influenciou sua vida, e o relato é emocionante, humano e profundamente sensível, revelando um lado do polêmico escritor que pouca gente conhece. O livro é uma aula de Literatura, de História, de Arquitetura, de Arte, de Música, de Sociologia e, principalmente, de amor incondicional de um pai por seu filho.

Imediatamente após a publicação da promoção começamos a receber comentários dizendo que o livro é um lixo, que é jogada de marketing, que o autor é um imbecil, que deixariam de acessar o nosso portal, pois estamos divulgando o Mainardi, etc. É claro que esses comentários vieram de quem não concorda com o posicionamento político/ideológico de Diogo Mainardi e – especialmente – com a forma incisiva com que ele se expressa. A esses críticos, não interessa o conteúdo do livro, o fato de ter sido escrito pelo Diogo Mainardi invalida a obra.

Dá para compreender essas reações, dada a virulência do escritor, que ou é amado ou odiado. Mas dá para justificar?

Sou absolutamente contra o posicionamento político de Chico Buarque de Hollanda e por isso não quero saber de “Bastidores” e “Com açúcar, com afeto”? O compositor Richard Wagner é constantemente ligado ao nazismo e por isso ignoro “Cavalgada das Valquírias”? Oliver Stone é o perfeito idiota norte americano e por isso jamais assistirei a “Platoon” ou “Nascido em 4 de Julho”? Sou contra o posicionamento ideológico de Mario Lago, portanto a partir de hoje não gosto mais de “Ai, que saudades da Amélia”?

O leitor Marco Túlio Camillo fez uma reflexão interessante a respeito: “Acho que falta Sun Tzu (conheça seu oponente melhor que ele mesmo) para a iniciação literária desse povo que criticou dessa forma.(…) A opinião é subjetiva e precisa ser consolidada. Se faltam peças para opinar, simplesmente não diga nada para não parecer idiota… É o que eu acho. Também não gosto do Mainardi, mas preciso (PRECISO) ler esse livro…”.

Duas coisas me ocorreram.

Primeiro a lembrança de Ezra Pound, que escreveu uma vez que: “Podeis reconhecer um mau crítico porque ele começa por falar do poeta e não do poema.”

Depois uma pergunta. Como é mesmo o nome daquela atitude que envolve o pré-julgamento negativo de uma pessoa?

Luciano Pires