Artigos Café Brasil
O desengajamento moral
O desengajamento moral
Isca intelectual de Luciano Pires sobre o ...

Ver mais

O ridículo
O ridículo
Isca intelectual de Luciano Pires pra incomodar: será ...

Ver mais

Quando um não quer.
Quando um não quer.
Isca intelectual de Luciano Pires com um exemplo de ...

Ver mais

Um bosta
Um bosta
Isca intelectual de Luciano Pires lembrando que ...

Ver mais

549 – Os quatro compromissos
549 – Os quatro compromissos
Podcast Café Brasil 549 - Os quatro compromissos. Cara, ...

Ver mais

548 – O efeito borboleta
548 – O efeito borboleta
Podcast Café Brasil 548 - O efeito borboleta. Você já ...

Ver mais

547 – Sobre desigualdade
547 – Sobre desigualdade
Podcast Café Brasil 547 - Sobre desigualdade. O tema da ...

Ver mais

546 – Só por hoje
546 – Só por hoje
Podcast Café Brasil 546 - Só por hoje. Adicção é o ...

Ver mais

LíderCast 056 – Paula Miraglia
LíderCast 056 – Paula Miraglia
LiderCast 056 - Hoje conversaremos com Paula Miraglia, ...

Ver mais

LíderCast 055 – Julia e Karine
LíderCast 055 – Julia e Karine
LiderCast 055 - Hoje vamos conversar com duas jovens ...

Ver mais

LíderCast 054 – Rodrigo Dantas
LíderCast 054 – Rodrigo Dantas
LiderCast 054 - Hoje vamos falar com o empreendedor ...

Ver mais

LíderCast 053 – Adalberto Piotto
LíderCast 053 – Adalberto Piotto
LiderCast 053 - Hoje vamos entrevistar Adalberto ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 07
Videocast Nakata T02 07
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 07 Se a sua ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 06
Videocast Nakata T02 06
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 06 Em seu dia a ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 05
Videocast Nakata T02 05
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 05 Começo esta ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 04
Videocast Nakata T02 04
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 4 Você reparou ...

Ver mais

Desafiando a Zona de Conforto
Mauro Segura
Transformação
Como podemos superar os nossos receios de tomar riscos? Como podemos mudar o curso da nossa história? A decisão de mudar é meramente individual. Aqui Mauro Segura conta algumas histórias e dá ...

Ver mais

Especial é o seu bolso, não o cheque
Tom Coelho
Sete Vidas
“Você não fica rico com o que ganha; fica rico com o que poupa.” (Yoshio Teresawa)   Crédito de cheque especial lembra visita de parentes distantes. Eles chegam quase sem avisar para um ...

Ver mais

O que vi e vivi nos dias de terror no Espírito Santo
Bruno Garschagen
Ciência Política
Isca Intelectual de Bruno Garschagen. O que aconteceu no Espírito Santo abre uma janela de oportunidade fabulosa para discutirmos temas fundamentais para a segurança da sociedade.

Ver mais

Carnaval: síntese da economia criativa
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Carnaval: síntese da economia criativa “A ‘Cadeia Produtiva do Carnaval’ pode ser traduzida num conceito formal de ‘Economia Criativa e Multidisciplinar’, pois lida com a interface entre ...

Ver mais

Poços e escadas: uma lição de liderança

Poços e escadas: uma lição de liderança

Luciano Pires -

Sempre que começo uma palestra examino a platéia à procura das pessoas que reagem com expressões de contentamento e de concordância com minhas palavras. Pessoas conectadas comigo, que servirão como minhas “escadas”. É nelas que repouso o olhar de quando em quando. Cada vez que troco olhares com uma “escada”, sinto que estou agradando a todos! Isso me energiza, dá segurança e faz com que a palestra ganhe energia e interatividade. Ao final, se uma escada vem me cumprimentar, eu conto que a usei e agradeço pela ajuda.   

Mas sempre há os opostos das escadas, que eu chamo de “poços”: gente com expressão séria ou de enfado, que dá sinais explícitos de discordância. Gente que passa a impressão de não estar gostando do que está vendo e ouvindo. Também localizo os poços, para desviar o olhar. Dessa forma evito a impressão de que não estou agradando. Poços me deixam inseguro, desenergizam, tiram o tesão.

Uma vez, um senhor já com seus sessenta e tantos anos sentou lá no fundo do auditório lotado, quase no meio do corredor. Era impossível não vê-lo. Durante toda a palestra o “poção” permaneceu de cara feia, não riu das piadas, não expressou concordância, não fez nada. Só cara feia. Incomodou-me profundamente. Quase me dirigi a ele para perguntar qual era o problema. Foi bem complicado conduzir a palestra com o poço me secando. Ao final, quando as pessoas vieram conversar, cumprimentar e tirar fotos, percebi que o poço não havia ido embora, pelo contrário, estava ali parado, esperando. Ele se aproximou, estendeu a mão e, sério, disse:

– Quero agradecer por sua palestra. Foi uma das melhores que já assisti em minha vida. Era exatamente o que eu precisava ouvir!
Surpreso, agradeci. O ex-poço virou as costas e foi embora, deixando-me com sensação de idiota. Como é que eu não percebi que ele estava gostando?

Pois bem… Exportei esse conceito das “escadas e poços” para minha vida. Em todos os momentos precisamos de “escadas”, e muitas vezes, mesmo sem perceber, somos “poços”. Aprendi que líderes devem ter consciência da importância de seu papel como “escadas”, transmitindo a segurança, o entusiasmo e a vibração que motivam e energizam as pessoas. Líderes escadas são portos seguros. Nem precisam abrir a boca. Com um gesto, um olhar, um aceno positivo, incendeiam a gente. Líderes escadas sabem que os maiores beneficiados por suas atitudes construtivas serão eles mesmos, ao contaminar suas equipes com energia positiva. E é muito fácil reconhecer uma equipe que tem líderes escadas, não é?

Infelizmente nesta vida de palestrante e consultor, tenho encontrado muitos líderes iguais àquele senhor da minha palestra: aos olhos de seus liderados são poços simplesmente por não expressar sua satisfação.

Fique esperto então. Para ser um “líder escada” não basta ser escada. 

Tem que parecer escada.

Luciano Pires