Assine o Café Brasil
Artigos Café Brasil
A rã e o escorpião
A rã e o escorpião
Isca intelectual de Luciano Pires, dizendo que é como ...

Ver mais

Fake News
Fake News
Isca intelectual lembrando da teoria dos Quatro Rês, ...

Ver mais

Matrizes da Violência
Matrizes da Violência
Isca intelectual lembrando que os presídios brasileiros ...

Ver mais

Mudei de ideia
Mudei de ideia
Isca intelectual de Luciano Pires incentivando que você ...

Ver mais

544 – Persuadível
544 – Persuadível
Podcast Café Brasil 544 - Persuadível. Vivemos numa ...

Ver mais

543 – Desengajamento moral
543 – Desengajamento moral
Podcast Café Brasil 543 - Desengajamento moral. Como é ...

Ver mais

542 – Tapestry
542 – Tapestry
Podcast Café Brasil 542 - Tapestry. Em 1971 uma cantora ...

Ver mais

541 – A festa do podcast
541 – A festa do podcast
Podcast Café Brasil 541 - A festa do Podcast. ...

Ver mais

LíderCast 056 – Paula Miraglia
LíderCast 056 – Paula Miraglia
LiderCast 056 - Hoje conversaremos com Paula Miraglia, ...

Ver mais

LíderCast 055 – Julia e Karine
LíderCast 055 – Julia e Karine
LiderCast 055 - Hoje vamos conversar com duas jovens ...

Ver mais

LíderCast 054 – Rodrigo Dantas
LíderCast 054 – Rodrigo Dantas
LiderCast 054 - Hoje vamos falar com o empreendedor ...

Ver mais

LíderCast 053 – Adalberto Piotto
LíderCast 053 – Adalberto Piotto
LiderCast 053 - Hoje vamos entrevistar Adalberto ...

Ver mais

045 – Recuperando do trauma
045 – Recuperando do trauma
Quando terminar o trauma, quando o Brasil sair deste ...

Ver mais

Vem Pra Rua!
Vem Pra Rua!
Um recado para os reacionários que NÃO vão às ruas dia ...

Ver mais

44 – Tudo bem se me convém – Palestra no Epicentro
44 – Tudo bem se me convém – Palestra no Epicentro
Apresentação de Luciano Pires no Epicentro em Campos de ...

Ver mais

43 – Gloria Alvarez – Sobre República e Populismo
43 – Gloria Alvarez – Sobre República e Populismo
Gloria Alvarez, do Movimento Cívico Nacional da ...

Ver mais

Metamorfose ambulante
Tom Coelho
Sete Vidas
“Se hoje eu sou estrela amanhã já se apagou. Se hoje eu te odeio amanhã lhe tenho amor.” (Raul Seixas)   Foram necessários 18 séculos para que a teoria geocêntrica, segundo a qual a Terra ...

Ver mais

A verdade inconveniente da política atual
Bruno Garschagen
Ciência Política
Isca Intelectual de Bruno Garschagen, lembrando que o risco imediato para o futuro do mundo não é a desgraça do populismo: é o casamento incestuoso entre a degradação da política de hoje com a ...

Ver mais

A força da vocação
Tom Coelho
Sete Vidas
“Eu nunca quis ser o maior ou o melhor. Queria apenas desenhar.” (Mauricio de Sousa)   Mônica, Cebolinha, Cascão, Magali. É quase impossível que estes personagens de histórias em quadrinhos ...

Ver mais

O caos no Rio de Janeiro tem muitos culpados. E uma explicação
Bruno Garschagen
Ciência Política
Isca intelectual de Bruno Garschagen, lembrando que o que está acontecendo neste momento no Rio de Janeiro revela que a relação do carioca com a política não mudou muito desde o final do século 19.

Ver mais

Os tortos e os direitos

Os tortos e os direitos

Luciano Pires -

Desarmem sim. Desarmem já. Desarmem os loucos. Desarmem os desequilibrados. Os irresponsáveis. Os inconseqüentes. Os imaturos. Os ignorantes. Os bandidos. Os desonestos. Os terroristas. Os anarquistas. Os seqüestradores. Os brutos. Os imorais. Os amorais. Os brutamontes. Os depressivos. Os neurastênicos. Os maus. Os ébrios. Os alucinados. Os amargos. Os mal humorados. Os vingativos. Os desesperados. Os estúpidos. Os idiotas. Os violentos. Os sem consciência. Os ladrões. Os assassinos. Os sádicos. Os indignos. Os torcedores uniformizados. Os pobres de espírito. Os esquizofrênicos… Os tortos.

Coloquem todos os voluntários, toda energia, toda a mídia e todo o dinheiro nos processos para separar os tortos dos direitos. 

Mas não desarmem só os direitos. 

Eu sou direito.

Sou pacífico, muito equilibrado. Fujo das confusões e provocações. Respeito as leis. Jamais partiria para o confronto físico, a não ser em defesa da minha família. E nessa hora, dependendo do oponente, quero ter uma arma. E, se for um bandido, quero uma arma de fogo. Conseguirei atirar? Depende da ameaça. Mas com a arma nas mãos eu teria garras e dentes. Rosnaria para o predador, que pensaria duas vezes antes de atacar, talvez preferindo procurar um animal indefeso, um filhote, que não esboçasse reação.

Mas quero que seja proibido que civis andem armados na rua. Quero que o processo para comprar uma arma e registrá-la, seja tão difícil quanto abrir uma empresa. Quero que periodicamente tenha que ser feito um novo registro. Quero que o registro custe caro. Quero fiscalização dura sobre as lojas que vendem armas. Quero exames psicológicos, psicotécnicos, físicos, antropológicos, sociológicos e todos os lógicos para quem quiser comprar armas. Quero que quem não cumprir a lei, seja punido exemplarmente. Quero que o governo faça sua parte no combate ao contrabando e aos bandidos. Quero polícia armada, preparada e ostensiva. Quero que a justiça acabe com a impunidade. Quero que a mídia dedique-se ao assunto com a mesma ênfase com que cobre o casamento do jogador de futebol.

Mas quero a liberdade de ter minha arma, seguramente guardada em casa, sob minha inteira e total responsabilidade. Eu sou direito. 

Quero tratamento diferente dos tortos. Quero liberdade de ter garras e dentes para resistir aos predadores. Quero poder rosnar em vez de miar.Respeito quem quer desarmar os tortos e os direitos. Mas primeiro, os tortos.

Por isso votarei contra o desarmamento. Contra esse que está aí.

São Paulo, 22 de setembro de 2005

Luciano Pires, o redundante.