Artigos Café Brasil
O dia seguinte
O dia seguinte
Com o aumento considerável do mercado de palestrantes ...

Ver mais

Fact Check? Procure o viés.
Fact Check? Procure o viés.
Investigar o que é verdade e o que é mentira - com base ...

Ver mais

O impacto das mídias sociais nas eleições
O impacto das mídias sociais nas eleições
Baixe a pesquisa da IdeiaBigdata que mostra o impacto ...

Ver mais

Síntese de indicadores sociais 2016 do IBGE
Síntese de indicadores sociais 2016 do IBGE
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - ...

Ver mais

618 – No Toca Fitas Do Meu Carro – Scary Pockets
618 – No Toca Fitas Do Meu Carro – Scary Pockets
Mais um programa musical. E daqueles, cara. Você sabe ...

Ver mais

617 – O Clube da Música Autoral
617 – O Clube da Música Autoral
Uma das coisas mais fascinantes de quem se dispõe, como ...

Ver mais

616 – Na média
616 – Na média
Num ambiente construído para que as pessoas fiquem “na ...

Ver mais

615 – Fake News? Procure o viés
615 – Fake News? Procure o viés
Nova Iorque, madrugada de março de 1964. No bairro do ...

Ver mais

LíderCast 112 – Paulo Rabello de Castro
LíderCast 112 – Paulo Rabello de Castro
Professor, consultor, com vasta experiência no setor ...

Ver mais

LíderCast 111 – Tiemi Yamashita
LíderCast 111 – Tiemi Yamashita
LíderCast 111 - Hoje conversamos com Tiemi Yamashita, ...

Ver mais

LíderCast 110 – Rafael Baltresca
LíderCast 110 – Rafael Baltresca
LíderCast 110 - Hoje conversamos com Rafael Baltresca, ...

Ver mais

LíderCast 109 – Romeo Busarello
LíderCast 109 – Romeo Busarello
LíderCast 109 - Hoje conversamos com Romeo Busarello, É ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

Lições de viagem 11 – Santa Catarina
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Lições de viagem 11 Santa Catarina e seus diferenciais  Percebi que me encontrava num estado diferenciado na primeira vez que estive em Santa Catarina, em 1980, quando fui ministrar aulas em dois ...

Ver mais

Solidão em rede: estamos cada vez mais solitários
Mauro Segura
Transformação
Vivemos a "cultura do estresse", de não perder tempo e usar cada minuto para sermos mais produtivos. Mas isso tem um preço.

Ver mais

1936, 1984, 1918
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
A guerra civil espanhola (1936-1939) foi assustadora, cruel, mas teve seus lances tragicômicos. Um deles era a eterna bagunça entre as muitas facções que formavam as Forças Republicanas, ...

Ver mais

Região de conflito duplamente em foco
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Região de conflito duplamente em foco “Fronteiras? Nunca vi uma. Mas ouvi dizer que existem na mente de algumas pessoas.” Thor Heyerdahl Não é sempre que alguns dos focos mais controvertidos das ...

Ver mais

Cafezinho 82 – Paciência
Cafezinho 82 – Paciência
O que uma árvore frondosa precisa para se manter firme ...

Ver mais

Cafezinho 81 – A Confederação
Cafezinho 81 – A Confederação
A Confederação mais eficiente do Brasil é a dos bandidos.

Ver mais

Cafezinho 80 – A Copa que era nossa
Cafezinho 80 – A Copa que era nossa
Ao contrário do que acreditam coxinhas e petralhas, o ...

Ver mais

Cafezinho 79 – Desengajados Ativos
Cafezinho 79 – Desengajados Ativos
Engajamento vem do francês engager, que quer dizer “se ...

Ver mais

Os eles

Os eles

Luciano Pires -

“Agora eles já não querem mais atacar a Dilma. Agora eles já estão pensando é que tem que balear o Lula pensando que o Lula vai voltar em 2018. Eu nem sei se vou estar vivo”.

Esse foi Luis Inácio Lula da Silva representando mais uma vez o papel de mártir e atacando os “eles”. Lula ataca os “eles” desde os anos setenta.

Mas quem seriam esses eles? Lula já deu pistas. Talvez sejam os louros de olhos azuis. Mas tem um monte de louros de olhos azuis com Lula.

Talvez sejam os milionários banqueiros. Mas tem um monte de banqueiros com Lula.

Acho então que são os milionários empreiteiros. Mas tem um monte de empreiteiros com Lula.

Ah! São os barões da mídia! Mas… a maioria deles está com o Lula!

Devem ser então os milionários industriais. Mas tem um monte de industriais com Lula.

Pô, então quem são os eles?

Ah, já sei! Deve ser aquela turma que foi às ruas no domingo, dia 16, pedindo a retirada do PT do poder. Só podem ser aqueles. Aliás, apresentaram até uma pesquisa feita por petistas, que determinou o perfil dos que estavam nas ruas no domingo. Será que ela mostra quem são os eles? Vejamos: 57% são homens, 64% têm ensino superior e 73% se declaram brancos.

Pô, mas tem um monte de gente assim com o Lula!

Hummmm… então não dá pra classificar os “eles” pela aparência física. Nem pelo grau de educação ou classe social. Nem pela geografia. Deve ser então pela ideologia?

Talvez quem sempre associamos como direita? Mas o Maluf e o Sarney estão com o Lula! E tem um monte de esquerdistas, especialmente os hidrófobos, contra o Lula.

Então deve ser uma questão moral. Os honestos estão contra o Lula. Mas tem um monte de gente honesta ao lado dele, eu mesmo conheço alguns!

Não é por sexo também. Nem pelo time do coração.

Pô, quem são esses “eles”?

Ah, claro, existe uma nova designação que talvez sirva como pista!

Coxinhas. Os “eles” são os coxinhas!

Mas peraí… a definição de “coxinha” diz que são pessoas com certo poder aquisitivo, preocupadas com a aparência, que gostam do bom e do melhor, usam roupas de marca, têm cabelo impecável e um cachorrinho de raça chamado Igor.

Mas caramba, no domingo a maioria das pessoas que estava na rua não correspondia a essa descrição. E tem um bocado de gente assim com o Lula. Não… “eles” não são só os coxinhas.

Ah, serão eles os burgueses? Mas qual a diferença entre “coxinha” e “burguês”? Não existe.

Uia! Serão os militares? Não, não podem ser. Esses estão recolhidos aos quartéis e obedecem aos amigos do Lula.

Não podem ser os professores, os médicos, os advogados, os jornalistas, os engenheiros, os garçons, as massagistas, os profissionais liberais…

Só sobrou uma explicação.

“Eles”são todos os que estão de saco cheio das mentiras e do populismo barato de Lula e Cia.

Então “eles” são os que foram às ruas no domingo,16, sim senhor. Os que trabalham em dias úteis (e muitos, nos não úteis também), pagam impostos, criam empregos, fazem o mercado girar, estudam, vão ao clube, à missa, ao templo, andam de carro e de busão, votam nas eleições…

Lula, o nome deles é “povo”.