Artigos Café Brasil
Podpesquisa 2018
Podpesquisa 2018
Em sua quarta edição, a PodPesquisa 2018 recebeu mais ...

Ver mais

Como decidi em quem votarei para Presidente
Como decidi em quem votarei para Presidente
Não sei se estou certo, não fui pela emoção, não estou ...

Ver mais

Democracia, Tolerância e Censura
Democracia, Tolerância e Censura
O que distingue uma democracia de uma ditadura é a ...

Ver mais

O dia seguinte
O dia seguinte
Com o aumento considerável do mercado de palestrantes ...

Ver mais

643 – Dominando a Civilidade
643 – Dominando a Civilidade
Vivemos uma epidemia de incivilidade que ...

Ver mais

642 – A caverna de todos nós
642 – A caverna de todos nós
Olhe em volta, quanta gente precisando de ajuda, quanta ...

Ver mais

641 – O delito de ser livre
641 – O delito de ser livre
Na ofensiva contra a liberdade, fica cada vez mais ...

Ver mais

640 – O monumento à incompetência
640 – O monumento à incompetência
É muito fácil e confortável examinar o passado com os ...

Ver mais

LíderCast 136 – Paulo Farnese
LíderCast 136 – Paulo Farnese
Empreendedor, fundador da agência EAí?, envolvido com ...

Ver mais

LíderCast 135 – Thalis Antunes
LíderCast 135 – Thalis Antunes
Gestor de Conteúdo da Campus Party, que tinha tudo para ...

Ver mais

LíderCast 134 – Diego Porto Perez
LíderCast 134 – Diego Porto Perez
O elétrico Secretário de Esportes do Governo de ...

Ver mais

LíderCast 133 – Dennis Campos e Cláudio Alves
LíderCast 133 – Dennis Campos e Cláudio Alves
Empreendedores que criam no grande ABC uma agência de ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

O mundo platônico e suas consequências
Carlos Nepomuceno
Live de terça O mundo platônico e suas consequências Live de terçaO mundo platônico e suas consequênciasTENHA VISÃO MAIS SOFISTICADA SOBRE O NOVO SÉCULO!TURMA PERMANENTE, COMECE HOJE!"O ...

Ver mais

O Trivium – uma introdução
Alexandre Gomes
As Sete Artes Liberais era a forma que os jovens eram preparados desde a Antiguidade até a alta Idade Média para educação superior. E a introdução nas Sete Artes era pelo Trivium, um método que ...

Ver mais

Live de terça – a liderança liberal
Carlos Nepomuceno
Live de terçaA liderança liberalTENHA VISÃO MAIS SOFISTICADA SOBRE O NOVO SÉCULO!TURMA PERMANENTE, COMECE HOJE!"O curso me ajudou a pensar o digital como meio e não fim". – JEAN ...

Ver mais

A Tribo da Política – ou a Democracia das Identidades
Alessandro Loiola
Talvez nunca antes na história desses país os recorrentes embates na Internet tenham mostrado de modo tão claro nossa admirável habilidade de nos submetermos à polarização político-ideológica. ...

Ver mais

Cafezinho 132 – Os cagonautas
Cafezinho 132 – Os cagonautas
Seu chefe é um cagonauta? Hummmm...tome cuidado, viu?

Ver mais

Cafezinho 131 – Compartilhe!
Cafezinho 131 – Compartilhe!
Seja a mídia que você quer ver no mundo

Ver mais

Cafezinho 130 – Juniorização
Cafezinho 130 – Juniorização
Está dada vez mais difícil falar com o Presidente, o ...

Ver mais

Cafezinho 129 – Minority Report Tropical
Cafezinho 129 – Minority Report Tropical
O Brasil se transformou na República do Futuro do Subjuntivo.

Ver mais

O sexagenário

O sexagenário

Luciano Pires -

Fila de embarque no voo para o nordeste. Nos alto falantes, algo parecido com “passageiros do voo x para a cidade y, vamos iniciar os procedimentos de embarque. Na fila da direita as prioridades reconhecidas por lei, seguidas dos portadores dos cartões x,y,z.” Prioridades reconhecidas por lei são gestantes, pessoas com problemas de locomoção e com mais de 60 anos. Eu tinha acabado de completar 60 anos, entrei na fila. Enquanto me aproximava do portão, pude sentir dezenas de olhares fulminantes. Eu não tenho cara de 60, não me visto como quem tem 60, não ando como que tem 60, aparento ter menos. Ao me ver na fila, a moça da companhia aérea veio na minha direção:

– Senhor, esta é a fila de prioridades.

– Eu sei.

– O senhor está com eles? (apontando para um casal de velhinhos na minha frente).

– Não.

– Então o senhor tem de ir para a outra fila. Aqui é prioridade por lei.

– Eu tenho 60 anos.

– Ah…

Ela vira as costas e vai embora, mas continuo a sentir o fuzilamento dos olhares dos passageiros nas outras filas, provavelmente xingando de todos os nomes o espertinho que furava a fila dos velhinhos. E me bateu uma sensação de culpa, deu vontade de mostrar meu RG pra todo mundo. Bateu a necessidade de me justificar… Cara, mas é meu direito!

Convenhamos: o embarque e desembarque em aviões não é uma coisa agradável, é um processo jurássico, especialmente no Brasil. Todo mundo quer ser o primeiro a entrar, tem uma turma confusa, o avião é apertado, se bobear ocupam seu espaço de bagagem, é um saco. Se surgir a chance de facilitar, vou usar. Por isso sempre fiz questão e usar a fila de quem tem o cartão ouro de milhagem das companhias aéreas, a fila que entra logo depois dos velhinhos. Nunca me questionei ou senti necessidade de me justificar, afinal eu estava usando um direito adquirido, pelo qual paguei ao voar as milhas necessárias para usar a fila de prioridades.

Mas desta vez era diferente. Passar à frente dos outros porque paguei por isso nunca me trouxe qualquer constrangimento. Era mérito. Fiz por merecer e tinha em mãos meu cartão. Mas passar à frente porque tenho idade suficiente para isso, me constrangeu, mesmo eu tendo em mãos meu documento de identidade. Eu não me esforcei pra ficar velho… Envelhecer não é mérito.

Pensei muito a respeito e cheguei à conclusão. A questão é que ninguém precisa parecer ter o cartão de milhagens, mas precisa parecer ter mais de 60. Parecer ter. Aparência. O que me incomoda é o olhar de censura dos que ignoram a idade que eu tenho. Me incomoda o que os ignorantes pensam de mim! Me incomoda a certeza de que a maioria acha que sou mais um pequeno corrupto me aproveitando da situação!

E aí vem uma questão moral: devo exercer um direito mesmo não precisando dele? Ué, mas isso não se aplica ao direito do cartão de milhagem também?

Bem… to mergulhado nessa reflexão. Enquanto não resolvo a questão, tomei uma providência. Mandei fazer uma camisa com a inscrição: “tenho mais de 60” pra usar quando viajar de avião.