Artigos Café Brasil
O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts traz informações ...

Ver mais

Bandidos Na TV
Bandidos Na TV
Assisti Bandidos Na Tv, nova série na NetFlix, que ...

Ver mais

1964 – O Brasil entre armas e livros
1964 – O Brasil entre armas e livros
Um documentário para ser visto como outro ângulo pelo ...

Ver mais

Os Podcasts Café Brasil Musicais
Os Podcasts Café Brasil Musicais
Música é uma de nossas grandes paixões, por isso de ...

Ver mais

674 – Balde de Caranguejos
674 – Balde de Caranguejos
O termo “mentalidade de caranguejo” é utilizado em ...

Ver mais

673 – LíderCast 12
673 – LíderCast 12
Mais uma temporada do LíderCast, agora é a 12. Mais um ...

Ver mais

672 – A mão invisível do mercado
672 – A mão invisível do mercado
Você certamente já ouviu falar de livre mercado, aquele ...

Ver mais

Café Brasil 671 – Antifrágil
Café Brasil 671 – Antifrágil
Um dos livros sumarizados no Café Brasil Premium foi o ...

Ver mais

LíderCast 161 – Murilo Gun
LíderCast 161 – Murilo Gun
Criador, inovador, pensador, provocador. Uma figura ...

Ver mais

LíderCast 160 – Parker Treacy
LíderCast 160 – Parker Treacy
Norte americano do setor automotivo ­financeiro, ...

Ver mais

LíderCast 159 – Paulo Ganime
LíderCast 159 – Paulo Ganime
Jovem deputado federal pelo partido Novo, engenheiro e ...

Ver mais

LíderCast 158 – Georgios Frangulis
LíderCast 158 – Georgios Frangulis
Fundador e CEO da Oakberry Açaí Bows, que está ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Por que a autenticidade radical do Bolsonaro faz tanto sucesso hoje em dia…
Carlos Nepomuceno
https://web.facebook.com/carlos.nepomuceno/videos/10157497430623631

Ver mais

TRIVIUM: CAPITULO 2 – CONCLUSÃO – LINGUAGEM (parte 12)
Alexandre Gomes
Chegamos ao final deste segundo capítulo do TRIVIUM! O que tentei apresentar para você foram as minhas impressões do material original. Tem muito mais no livro, que não consegui trazer para estas ...

Ver mais

Entre Tabata e Ciro
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Tabata Amaral é deputada federal por São Paulo, filiada ao PDT, partido de esquerda que já abrigou, entre outros, Leonel Brizola e Dilma Rousseff, só para mencionar a que ponto baixo pode chegar ...

Ver mais

Resumos das aulas do COF e temas diversos
Eduardo Ferrari
Resumos de aulas do COF
Bom dia, Boa Tarde, Boa noite! Vida longa ao Café Brasil e à Confraria! Em primeiro lugar, gostaria de agradecer ao Luciano Pires pelo espaço e a oportunidade de publicar alguns dos meus resumos. ...

Ver mais

Cafezinho 196 – O sequestro do belo
Cafezinho 196 – O sequestro do belo
Reduzir tudo isso à uma questão de simpatia por ...

Ver mais

Cafezinho 195 – No mundo da lua
Cafezinho 195 – No mundo da lua
Colocar o homem na lua custou mais de 20 bilhões de ...

Ver mais

Cafezinho 194 – O banco
Cafezinho 194 – O banco
E aquele monte de dinheiro à minha disposição? Esqueça. ...

Ver mais

Cafezinho 193 – A zona do equilíbrio
Cafezinho 193 – A zona do equilíbrio
Quer saber? Antes de ser do meretrício, as zonas eram ...

Ver mais

O Quarto Do Poeta

O Quarto Do Poeta

Luciano Pires -

– Eu amo o mundo! Eu detesto o mundo! Eu creio em Deus! Deus é um absurdo! Eu vou me matar! Eu quero viver!
– Você é louco?
– Não, sou poeta.


Esse é o poema “Simultaneidade” de Mario Quintana, poeta gaúcho cuja obra é reverenciada por todos os que têm sensibilidade para perceber as sutilezas da alma. Escrevi este texto na Casa de Cultura Mario Quintana, em Porto Alegre, enquanto preparava-me para realizar uma palestra.
Originalmente um hotel construído no início do século passado, a Casa de Cultura Mario Quintana transformou-se num grande centro voltado à preservação e incentivo das artes. Localizada no centro de Porto Alegre, conta com dezenas de salas de leitura, teatros, ateliês e auditórios. E promove eventos diariamente. É um banho de cultura, num país que precisa desesperadamente de cultura.
Mas lá existe um lugar mágico. Um quarto do antigo hotel, onde viveu Mario Quintana por vários anos, está preservado. É o “quarto do poeta”.
Numa pequena sala, por uma parede de vidro, pode-se ver o quarto simples, com os pertences do poeta que faleceu em 1994 aos 88 anos.
Fascinado, me atrevi a perguntar se era possível entrar no quarto. Como eu era o palestrante do dia, a resposta foi “sim”. O diretor foi buscar a chave e meu estômago foi ficando gelado… Pedi para entrar sozinho e para que o diretor fechasse a porta.
Pronto. Eu estava dentro de um santuário.
Em silêncio, caminhei pelo quarto minúsculo.
Ali, uma velha máquina de escrever. Toquei nas teclas. Do lado, alguns livros. Toquei na bengala encostada na cadeira. Não me atrevi a sentar na poltrona. Na parede, fotos de Greta Garbo, Cecília Meirelles, Charles Chaplin… A cama, pequenina, com o lençol bordado… Um cinzeiro cheio de bitucas. Uma garrafa de água mineral. Sobre uma mesa, uma velha TV destoando do ambiente. Emocionei-me ao tocar nas folhas de caderno onde, com sua letra, estavam escritos alguns poemas.
Simples. Admiravelmente simples. Assim era o poeta. Para causar impacto sobre nossas vidas precisou apenas de poucos pertences e um tímido quarto de hotel.
O poeta não fez planos de marketing.
O poeta fez arte. E tornou-se eterno.
Saí do quarto emocionado. Em silêncio, lembrando do “Poeminha do Contra”, do grande, simples e solitário Mario Quintana:


Todos estes que aí estão
Atravancando o meu caminho,
Eles passarão…
Eu passarinho!