Artigos Café Brasil
A fábrica de conteúdo
A fábrica de conteúdo
A Confraria Café Brasil dá um passo adiante e começa a ...

Ver mais

Um jeito de ver o mundo
Um jeito de ver o mundo
Isca Intelectual de Luciano Pires que tenta explicar o ...

Ver mais

LíderCast 5
LíderCast 5
Acabamos de lançar a Temporada 5 do podcast LíderCast, ...

Ver mais

O padrão
O padrão
Isca intelectual de Luciano Pires demonstrando que ...

Ver mais

553 – Exponential Talks
553 – Exponential Talks
Podcast Café Brasil 553 - Exponential Talks - Luciano ...

Ver mais

552 – LíderCast 5
552 – LíderCast 5
Podcast Café Brasil 552 - LíderCast 5 . Este programa ...

Ver mais

999 – Hotel Califórnia
999 – Hotel Califórnia
Podcast Café Brasil - Hotel Califórnia. O programa ...

Ver mais

551 – Todo mundo é deficiente
551 – Todo mundo é deficiente
Podcast Café Brasil 551 - Todo mundo é deficiente. ...

Ver mais

LíderCast 060 – Raiam Santos
LíderCast 060 – Raiam Santos
Hoje recebo Raiam Santos, um jovem brasileiro que não ...

Ver mais

LíderCast 059 – Geraldo Rufino
LíderCast 059 – Geraldo Rufino
Hoje recebemos Geraldo Rufino um empreendedor ...

Ver mais

LíderCast 058 – Marcelo Wajchenberg
LíderCast 058 – Marcelo Wajchenberg
Hoje recebemos Marcelo Wajchenberg, que é médico ...

Ver mais

LíderCast 057 – Alexandre Borges
LíderCast 057 – Alexandre Borges
Hoje recebemos Alexandre Borges, publicitário, escritor ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 07
Videocast Nakata T02 07
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 07 Se a sua ...

Ver mais

Não contrate um comunista
Raiam Santos
Só com esse título, já deve ter gente se coçando para buscar meu CPF e tentar me processar por incitação ao ódio e preconceito. Calma, meus amigos! Sou o tipo do cara que odeia discutir política, ...

Ver mais

Carta aberta aos podcasters
Mauro Segura
Transformação
Por que os podcasts não crescem como negócio no Brasil? A resposta pode estar nessa carta aberta de Mauro Segura para os podcasters.

Ver mais

Somos responsáveis pela beleza que herdamos
Bruno Garschagen
Ciência Política
Isca intelectual de Bruno Garshagen. No Brasil, basta consultar fotos antigas das cidades para verificar que o padrão de beleza urbana tradicional deu lugar a um ambiente novo, às vezes ...

Ver mais

E agora, Tony?
Mauro Segura
Transformação
Representando a JBS nos últimos quatro anos, agora é hora de Tony Ramos assumir publicamente a sua posição de defensor da marca.

Ver mais

O propósito

O propósito

Luciano Pires -

Em Julho de 2014 a tradicional revista mensal norte americana Ladies’ Home Journal, com 131 anos de idade, publicará sua última edição. A revista continuará apenas na internet, mais um sinal da mudança dos tempos. Ao ler a notícia me lembrei de um “causo”.
 
Conheci a Ladie´s Home Journal através de um de seus editores, Edward Bok, que escreveu um livro chamado “The Americanization of Edward Bok”. Nele ele conta a história de seu avô, que viveu na Dinamarca e foi designado pelo rei para liderar um grupo de soldados no combate a piratas que infernizavam uma região da costa dinamarquesa. Bok instalou seu quartel general numa ilhota desolada e, após alguns anos de luta, conseguiu dizimar os piratas. Agradecido, o rei perguntou a Bok o que ele gostaria de receber como retribuição, e ouviu atônito o pedido: um pedaço de terra na tal ilha desolada. Ninguém entendeu, pois a ilha era um pedaço de nada, sem qualquer estrutura, como alguém poderia querer viver ali? E Bok respondeu: “Quero plantar árvores, quero tornar a ilha um lugar bonito”. Enlouquecera? Além da desolação, a ilha era constantemente assolada por temporais e fortes ventos! Ele seria incapaz de plantar qualquer coisa ali!
 
Diante da insistência, o rei concedeu o pedido e Bok se mudou para a ilha, construiu uma casa e chamou sua esposa. Por anos os dois, laboriosa e persistentemente, plantaram árvores, grama e arbustos pela ilha. Gradualmente a vegetação tomou conta e, numa manhã, eles acordaram com o canto de pássaros. Até então, jamais havia aparecido um pássaro por lá! Com o tempo a ilha se tornou um lugar aprazível, que hoje é visitado por milhares de turistas. Ao morrer, o velho Bok pediu que inscrevessem em sua lápide: “Faça o mundo um pouco mais bonito e melhor porque você viveu nele.”
 
Muitos anos depois, Edward Bok, o neto, aos 50 anos de idade se aposentou da Ladies’ Home Journal e, um dia, viajando pela Flórida, ao conhecer um lugar chamado Iron Mountain, o ponto mais alto da Flórida, teve uma ideia: por que não repetir o feito de seu avô? Ele então comprou o terreno e transformou a área no Mountain Lake Sanctuary, em Lake Wales, Florida. Ao morrer, deixou a propriedade para o estado da Flórida. Hoje o local é uma atração turística também conhecida como Bok Tower Gardens, que você pode conhecer no boktowergardens.org.
 
Na lápide de Edward Bok, o neto, está escrito “Faça o mundo um pouco mais bonito e melhor porque você viveu nele.”

Conto essa história para celebrar os 10 anos de lançamento de meu livro Brasileiros Pocotó que floresceu para dar no que hoje é o Café Brasil, minha vida, meu propósito, o que sou. Em 2004 eu tinha 48 anos de idade e a intenção de ajudar a desemburrecer o Brasil e fazer o mundo um pouco mais bonito e melhor, sabe porquê?
 
Porque vivo nele.
 
Dez anos depois constato que não é fácil, todo dia é uma luta, às vezes dá desânimo, sensação de impotência e vontade de desistir. Mas aí ouço o canto de uns passarinhos…
 
“Fazer o mundo um pouco mais bonito e melhor porque você viveu nele.”
 
Obrigado por compartilhar do mesmo propósito.

 

Luciano Pires