Artigos Café Brasil
#TransgressaoEhIsso
#TransgressaoEhIsso
Transgredir é muito mais que pintar o rosto, urinar na ...

Ver mais

Vem aí o Cafezinho
Vem aí o Cafezinho
Nasce nesta segunda, 4/9 o CAFEZINHO, podcast ...

Ver mais

Educação adulta
Educação adulta
Preocupados demais com a educação de nossos filhos, ...

Ver mais

É tudo soda
É tudo soda
Isca intelectual de Luciano Pires lembrando que ...

Ver mais

579 – A arte de falar merda
579 – A arte de falar merda
Tenha um filtro, meu caro, minha cara. Para o bem do ...

Ver mais

578 – O Círculo de ouro
578 – O Círculo de ouro
Você já parou para pensar que talvez ninguém faça ...

Ver mais

577 – Dois pra lá, dois pra cá
577 – Dois pra lá, dois pra cá
Existe uma divisão política, social e cultural no ...

Ver mais

576 – Gratitude
576 – Gratitude
Gratitude vem do inglês e francês e significa que ...

Ver mais

LíderCast 082 Bruno Soalheiro
LíderCast 082 Bruno Soalheiro
LiderCast 082 – Bruno Soalheiro – Bruno criou a ...

Ver mais

LíderCast 081 Lucia Helena Galvão Maya
LíderCast 081 Lucia Helena Galvão Maya
LíderCast 081 – Lúcia Helena Galvão Maya é diretora da ...

Ver mais

LíderCast 080 Tito Gusmão
LíderCast 080 Tito Gusmão
LíderCast 080 – Tito Gusmão – Tito Gusmão é um jovem ...

Ver mais

LíderCast 079 Marcio Appel
LíderCast 079 Marcio Appel
LíderCast 079 –Marcio Appel executivo à frente da ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

Sorte? Jura?
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Chamam a atenção frases do tipo… “Não me inveje, trabalhe!”. Costuma enfeitar vidros traseiros e para-choques de caminhão. E o motivo é simples: Pode não decorar um luxuosíssimo Bugatti ...

Ver mais

Os jacobinos da “nova direita”
Bruno Garschagen
Ciência Política
Quando os antissocialistas mimetizam a mentalidade e a ação política do inimigo, tornam-se o espelho da perfídia.

Ver mais

A hora e a vez da criatividade
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
A hora e a vez da criatividade  Por que não no Brasil? “Eu olho para as coisas como elas sempre foram e pergunto: Por quê? Eu olho para as coisas como elas poderão vir a ser e pergunto: Por que ...

Ver mais

Cala a boca, Magdo!
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Quem não se lembra do “Cala a boca, Magda”, repetido por Caco Antibes no Sai de Baixo? Magda, sua esposa, era de uma estupidez oceânica, e o bordão era gritado a cada asneira dita pela bela ...

Ver mais

Cafezinho 6 – Celebrando o fracasso
Cafezinho 6 – Celebrando o fracasso
Sobre como aprender com nossos insucessos, ...

Ver mais

Cafezinho 5 – Pimenta Azteca
Cafezinho 5 – Pimenta Azteca
O nome disso é livre mercado, goste você de Pimenta ...

Ver mais

Cafezinho 4 – A intolerância
Cafezinho 4 – A intolerância
Uma organização conhecida por investir em cultura ...

Ver mais

Cafezinho 3 – A inércia
Cafezinho 3 – A inércia
Issac Newton escreveu que “um objeto que está em ...

Ver mais

O Pintão

O Pintão

Luciano Pires -

Querem que eu aumente o pênis. Recebo diariamente uns dez ou doze e-mails com títulos estranhos recomendando técnicas e pílulas milagrosas para aumentar o pênis. Você também recebe, né? Conversei com amigos e amigas e todos recebem o mesmo tipo de mensagem, o que foi um alívio para mim. Já estava achando que era sacanagem de alguém que me conhece…
Um dos mails recentes prometia aumentar o bitelo em questão de horas. Não comprei. Tive medo que fosse uma caixinha com um marimbondo bravo…


Gasto muitas horas diárias limpando minha caixa postal e respondendo às mensagens. Cada vez que encontro um computador por perto, dou uma consultada. Sabe como é, pode ser que apareça “aquele” e-mail que vai mudar minha vida, não é?
Já li a respeito das preocupações com o vício pelos e-mails. E também recebo recomendações para parar de responder, que e-mails consomem tempo demais e que pouco se produz quando ficamos horas e mais horas respondendo às mensagens. Mas… Será?
Acabo de ler uma notícia dando conta de que receber e ler e-mail é saudável, já que pode mudar os hábitos de uma pessoa. A notícia fala de um estudo de cientistas da Universidade de Alberta, no Canadá. Segundo eles, o fluxo constante de e-mails com sugestões e conselhos referentes ao excesso de peso, por exemplo, pode mudar as perspectivas de uma pessoa assim como seu comportamento e sua atividade física.
A investigação, realizada com 2.598 trabalhadores canadenses, revelou que as pessoas que recebem e-mails desse tipo têm níveis mais altos de atividade física. No fim do estudo, elas também tinham mais confiança em suas possibilidades de fazer exercício, sendo capazes de reconhecer as vantagens dessa atividade e das mudanças na dieta. Durante o estudo, os que leram e receberam e-mails conseguiram reduzir seu índice de massa corporal (IMC), que determina se uma pessoa está gorda ou não.
Já o índice de massa corporal dos que não receberam e-mail, aumentou levemente, disseram os cientistas da universidade canadense.


Quer dizer que é tudo uma questão de repetição? Informatizaram Goebels? Seqüências de e-mails sobre o mesmo tema podem fazer a cabeça da gente? E provocar uma reação?


Oba! Então voltarei aos e-mails que prometem me transformar numa máquina de prazer que enlouquecerá as mulheres. Os e-mails do pintão. Nunca dei bola, mas agora, com essa pesquisa canadense, acho que vou considerar melhor a coisa. Já pensou se o negócio funciona? De tanto receber as mensagens e pensar a respeito, o pinto cresce? Uma nova perspectiva de vida, aos cinqüenta anos! Focarei minha vida no baixo ventre! Nada de pensar, de refletir, de criticar… Chega!


Chega de Ideli, Renan, Gugu e Faustão
No Brasil dos pocotós, da mentira e enganação
A verdade jamais ganha da ilusão
E por mais que se queira ter opinião
No fundo, no fundo, o que interessa
É o tamanho do pintão


Deixa eu checar meus e-mails…