Artigos Café Brasil
O dia seguinte
O dia seguinte
Com o aumento considerável do mercado de palestrantes ...

Ver mais

Fact Check? Procure o viés.
Fact Check? Procure o viés.
Investigar o que é verdade e o que é mentira - com base ...

Ver mais

O impacto das mídias sociais nas eleições
O impacto das mídias sociais nas eleições
Baixe a pesquisa da IdeiaBigdata que mostra o impacto ...

Ver mais

Síntese de indicadores sociais 2016 do IBGE
Síntese de indicadores sociais 2016 do IBGE
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - ...

Ver mais

618 – No Toca Fitas Do Meu Carro – Scary Pockets
618 – No Toca Fitas Do Meu Carro – Scary Pockets
Mais um programa musical. E daqueles, cara. Você sabe ...

Ver mais

617 – O Clube da Música Autoral
617 – O Clube da Música Autoral
Uma das coisas mais fascinantes de quem se dispõe, como ...

Ver mais

616 – Na média
616 – Na média
Num ambiente construído para que as pessoas fiquem “na ...

Ver mais

615 – Fake News? Procure o viés
615 – Fake News? Procure o viés
Nova Iorque, madrugada de março de 1964. No bairro do ...

Ver mais

LíderCast 112 – Paulo Rabello de Castro
LíderCast 112 – Paulo Rabello de Castro
Professor, consultor, com vasta experiência no setor ...

Ver mais

LíderCast 111 – Tiemi Yamashita
LíderCast 111 – Tiemi Yamashita
LíderCast 111 - Hoje conversamos com Tiemi Yamashita, ...

Ver mais

LíderCast 110 – Rafael Baltresca
LíderCast 110 – Rafael Baltresca
LíderCast 110 - Hoje conversamos com Rafael Baltresca, ...

Ver mais

LíderCast 109 – Romeo Busarello
LíderCast 109 – Romeo Busarello
LíderCast 109 - Hoje conversamos com Romeo Busarello, É ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

Lições de viagem 11 – Santa Catarina
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Lições de viagem 11 Santa Catarina e seus diferenciais  Percebi que me encontrava num estado diferenciado na primeira vez que estive em Santa Catarina, em 1980, quando fui ministrar aulas em dois ...

Ver mais

Solidão em rede: estamos cada vez mais solitários
Mauro Segura
Transformação
Vivemos a "cultura do estresse", de não perder tempo e usar cada minuto para sermos mais produtivos. Mas isso tem um preço.

Ver mais

1936, 1984, 1918
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
A guerra civil espanhola (1936-1939) foi assustadora, cruel, mas teve seus lances tragicômicos. Um deles era a eterna bagunça entre as muitas facções que formavam as Forças Republicanas, ...

Ver mais

Região de conflito duplamente em foco
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Região de conflito duplamente em foco “Fronteiras? Nunca vi uma. Mas ouvi dizer que existem na mente de algumas pessoas.” Thor Heyerdahl Não é sempre que alguns dos focos mais controvertidos das ...

Ver mais

Cafezinho 83 – O líder
Cafezinho 83 – O líder
Pessoas capazes de investir em projetos ambiciosos ...

Ver mais

Cafezinho 82 – Paciência
Cafezinho 82 – Paciência
O que uma árvore frondosa precisa para se manter firme ...

Ver mais

Cafezinho 81 – A Confederação
Cafezinho 81 – A Confederação
A Confederação mais eficiente do Brasil é a dos bandidos.

Ver mais

Cafezinho 80 – A Copa que era nossa
Cafezinho 80 – A Copa que era nossa
Ao contrário do que acreditam coxinhas e petralhas, o ...

Ver mais

O naufrágio e o mensalão

O naufrágio e o mensalão

Luciano Pires -

O ano de 2012 está sendo especialmente didático. Começou com uma tragédia quando o navio italiano Costa Concordia bateu numa rocha junto à ilha italiana de Giglio no dia 13 de janeiro. A colisão abriu um imenso buraco no casco e o navio encheu de água e virou. O comandante, apontado como o responsável pelo acidente por fazer uma manobra imprudente, abandonou a embarcação logo após o impacto, deixando a tripulação e os mais de quatro mil passageiros para trás. 32 pessoas morreram. Na sequência todos os noticiários reproduziram o diálogo que o Gregorio Maria De Falco, Comandante da Capitania do Porto de Livorno, manteve por telefone com o Capitão do navio, Francesco Schettino, que estava dentro de um dos barcos, fugindo. Aos berros o Comandante Gregorio mandava o capitão retornar para o navio:

– Vada a bordo, cazzo!

O diálogo foi celebrado em todo mundo, especialmente pela forma crua e impactante da violenta dura que deixou o capitão fujão sem palavras. No dia seguinte havia um clamor nacional na Itália: “Comandante Gregorio para primeiro ministro!”. Gregorio Maria De Falco passou a ser tratado como um herói nacional.

Agora o Brasil. Nestes últimos dias ocorreu o momento mais importante do julgamento do Mensalão, com a condenação dos graúdos réus políticos: José Dirceu, José Genoíno e Delúbio Soares. A figura principal do julgamento foi o Ministro Joaquim Benedito Barbosa Gomes, relator do processo, que trazia consigo o incômodo de ter sido indicado para o STF pelo ex-presidente Lula, maior interessado na absolvição dos réus.

Joaquim Barbosa cumpriu seu papel: foi duro, severo e combativo, deixando claro que houve corrupção. A maior parte da imprensa tentou em muitos momentos demonstrar que havia uma divisão no STF, com a turma do Joaquim de um lado e a turma do Lewandowski de outro, mas isso jamais houve. Os réus foram condenados respectivamente por 8 x 2, 9 x 1 e 10 x 0, e Joaquim Barbosa passou a ser aplaudido nos Shopping Centers e restaurantes. Por onde passa é celebrado como o mais novo herói nacional, o homem que bravamente mostrou ao país que corrupto tem que ser tratado como corrupto, não importa a patente.

Muito bem… Sabe o que é que o Comandante De Falco e o Ministro Joaquim Barbosa tem em comum? Apoiados em seus valores morais, ambos defenderam em público suas convicções, aquilo que acharam certo. Até no berro, se preciso. E a platéia caiu a seus pés.

O que ambos fizeram foi apenas cumprir com sua obrigação! Mas acontece que estamos tão perdidos, tão desesperadamente em busca de líderes, de modelos, de gente que não esteja moralmente de cabeça para baixo, que “apenas cumprir com a obrigação” tem mesmo que ser comemorado como uma grande vitória!

E se a obrigação for cumprida com convicção, temos heróis!

Mas De Falco e Joaquim rejeitam insistentemente o rótulo. Para eles, nada mais fizeram que cumprir sua obrigação, e estão certos. Merecem os parabéns por um trabalho bem feito, por servir de modelo de comportamento, por atender à expectativa da sociedade, por vencer suas batalhas.

Mas a guerra está só no começo.

Luciano Pires