Artigos Café Brasil
A “Netflix de Conteúdo”
A “Netflix de Conteúdo”
Surge o Café Brasil Premium, uma espécie de "Netflix do ...

Ver mais

OrgulhoDeSerCorrupto
OrgulhoDeSerCorrupto
Isca intelectual de Luciano Pires. Neste Brasil ...

Ver mais

O moço do Uber
O moço do Uber
Isca intelectual de Luciano Pires relatando uma ...

Ver mais

A terceirização e os brontossauros
A terceirização e os brontossauros
A terceirização e os brontossauros. Isca intelectual de ...

Ver mais

558 – O Café Brasil Premium
558 – O Café Brasil Premium
Podcast Café Brasil 558 - O Café Brasil Premium. No ...

Ver mais

557 – Três princípios para falar de Justiça
557 – Três princípios para falar de Justiça
Podcast Café Brasil 557 - Três princípios para falar de ...

Ver mais

556 – Certos abraços – Revisitado
556 – Certos abraços – Revisitado
Podcast Café Brasil 556 - Certos abraços - Revisitado. ...

Ver mais

555 – Uma proposta para reforma da Previdência
555 – Uma proposta para reforma da Previdência
Podcast Café Brasil 555 - Uma proposta para transformar ...

Ver mais

LíderCast 065 – Antonio Carlos Sartini
LíderCast 065 – Antonio Carlos Sartini
Hoje recebo Antonio Carlos de Moraes Sartini, Bacharel ...

Ver mais

LíderCast 064 – Luiz Henrique Romagnoli
LíderCast 064 – Luiz Henrique Romagnoli
Hoje recebo o Roma, Luiz Henrique Romagnoli, que faz ...

Ver mais

LíderCast 063 – Diogenes Lucca
LíderCast 063 – Diogenes Lucca
Hoje converso com Diogenes Luca, fundador e ex-comando ...

Ver mais

LíderCast 062 – Felipe Pires e Katiusca Carvalho
LíderCast 062 – Felipe Pires e Katiusca Carvalho
Hoje recebemos Felipe Pires e Katiusca Carvalho. O ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

Champagne a 21 mil dólares: como funciona a melhor balada de Hollywood
Raiam Santos
Se você tá chegando agora nesse humilde site, bem vindo! Meu nome é Raiam Santos, vivo de escrever livros, não levo minha vida muito a sério e gosto de fazer uns “experimentos ...

Ver mais

Uma nova vida em dois anos
Tom Coelho
Sete Vidas
“Semeia um pensamento, colhe um ato; semeia um ato, colhe um hábito; semeia um hábito, colhe um caráter; semeia um caráter, colhe um destino.” (Marion Lawense)   A vida me tem sido um ...

Ver mais

Quando sucesso e dinheiro não resolvem teu problema
Raiam Santos
Esse aqui é um post que foge um pouco da pegada recente aqui do MundoRaiam.com. Hoje não tem Fiverr, não tem audiolivros, não tem viagem pra Ásia e nem experimento social. Acho que nunca escrevi ...

Ver mais

Duas listas diferentes
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Já assistiu A Lista de Schindler? Não? Assista, é excelente. Já viu? Veja de novo. Uma das cenas mais tocantes é a da elaboração da lista de pessoas que o protagonista pretende “comprar” do ...

Ver mais

O mínimo divisor comum

O mínimo divisor comum

Luciano Pires -

Publiquei em minha página do Facebook uma divertida frase de Woody Allen: “O mundo divide-se em pessoas boas e más. As boas têm um sono tranquilo. As más divertem-se muito mais”. Alguns minutos depois entra um comentário de um leitor: “A gente dissemina essa ideologia por aí, como se fosse piada. Depois se surpreende quando lê notícias sobre corrupção, crimes. Será que não teríamos um ganho de despocotização se começássemos a questionar mais seriamente esses slogans a partir de suas consequências práticas, no mundo real, no Brasil do Real? O que você acha, Luciano?”

Em seguida outro leitor: “A ironia é um perigo. Se eu fosse presidente colocaria obrigatório os dizeres: ‘Atenção isto é uma Ironia. Na persistência dos sintomas, um médico deverá ser consultado’. E eu não estou sendo irônico… Em um país dominado por pocotós acho que devemos tomar sim, mais cuidado com o que dizemos e distribuímos, afinal, tem gente grande que acha que batatinha quando nasce, se esparrama pelo chão.”

Os dois leitores estavam me dizendo: “não escreva coisas que os pocotós possam interpretar mal.” Por causa de uma situação semelhante criei uma vinheta sonora em meu podcast Café Brasil e anunciei que a utilizaria sempre que usasse uma ironia. Seria um aviso tipo “isto é uma ironia” para que a pessoa tomasse cuidado com a interpretação do que eu acabara de dizer. E então dezenas de ouvintes caíram de pau: agindo assim eu os estaria tratando como idiotas, incapazes e ignorantes, nivelando-os aos pocotós. E eles tinham razão.

Tem gente que adota o que chamo de Mínimo Divisor Comum, uma versão do MDC, Máximo Divisor Comum que você aprendeu nas aulas de matemática. O Mínimo Divisor Comum funciona assim: qual é o máximo de simplificação a que posso chegar numa informação? Quanto posso eliminar de ironia, segundos sentidos, sujeitos ocultos, citações e informações que exijam alguma ginástica cerebral? Esse é o método utilizado pelos políticos ao se dirigir à população: a infantilização dos discursos, a redução das questões ao mínimo divisor comum, a absoluta falta de provocação ao pensamento crítico. É como Lula explicando o problema do aquecimento global porque o planeta é redondo ou José Serra explicando a gripe A porque os porquinhos espirram: a infantilização do debate, tratando os interlocutores como imbecis. Mais que isso, apontando para uma atitude: se seu interlocutor é um imbecil, seja também um imbecil.

“O mundo divide-se em pessoas boas e más. As boas têm um sono tranquilo. As más divertem-se muito mais.” Se você não sabe quem é Woody Allen, ou se sabe, mas não conhece a obra dele, não vai sacar a ironia. E vai querer uma explicação…

Entendeu? O Mínimo Divisor Comum é instrumento de mediocrização.

Tô fora.

Luciano Pires