Artigos Café Brasil
O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts traz informações ...

Ver mais

Bandidos Na TV
Bandidos Na TV
Assisti Bandidos Na Tv, nova série na NetFlix, que ...

Ver mais

1964 – O Brasil entre armas e livros
1964 – O Brasil entre armas e livros
Um documentário para ser visto como outro ângulo pelo ...

Ver mais

Os Podcasts Café Brasil Musicais
Os Podcasts Café Brasil Musicais
Música é uma de nossas grandes paixões, por isso de ...

Ver mais

674 – Balde de Caranguejos
674 – Balde de Caranguejos
O termo “mentalidade de caranguejo” é utilizado em ...

Ver mais

673 – LíderCast 12
673 – LíderCast 12
Mais uma temporada do LíderCast, agora é a 12. Mais um ...

Ver mais

672 – A mão invisível do mercado
672 – A mão invisível do mercado
Você certamente já ouviu falar de livre mercado, aquele ...

Ver mais

Café Brasil 671 – Antifrágil
Café Brasil 671 – Antifrágil
Um dos livros sumarizados no Café Brasil Premium foi o ...

Ver mais

LíderCast 161 – Murilo Gun
LíderCast 161 – Murilo Gun
Criador, inovador, pensador, provocador. Uma figura ...

Ver mais

LíderCast 160 – Parker Treacy
LíderCast 160 – Parker Treacy
Norte americano do setor automotivo ­financeiro, ...

Ver mais

LíderCast 159 – Paulo Ganime
LíderCast 159 – Paulo Ganime
Jovem deputado federal pelo partido Novo, engenheiro e ...

Ver mais

LíderCast 158 – Georgios Frangulis
LíderCast 158 – Georgios Frangulis
Fundador e CEO da Oakberry Açaí Bows, que está ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Por que a autenticidade radical do Bolsonaro faz tanto sucesso hoje em dia…
Carlos Nepomuceno
https://web.facebook.com/carlos.nepomuceno/videos/10157497430623631

Ver mais

TRIVIUM: CAPITULO 2 – CONCLUSÃO – LINGUAGEM (parte 12)
Alexandre Gomes
Chegamos ao final deste segundo capítulo do TRIVIUM! O que tentei apresentar para você foram as minhas impressões do material original. Tem muito mais no livro, que não consegui trazer para estas ...

Ver mais

Entre Tabata e Ciro
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Tabata Amaral é deputada federal por São Paulo, filiada ao PDT, partido de esquerda que já abrigou, entre outros, Leonel Brizola e Dilma Rousseff, só para mencionar a que ponto baixo pode chegar ...

Ver mais

Resumos das aulas do COF e temas diversos
Eduardo Ferrari
Resumos de aulas do COF
Bom dia, Boa Tarde, Boa noite! Vida longa ao Café Brasil e à Confraria! Em primeiro lugar, gostaria de agradecer ao Luciano Pires pelo espaço e a oportunidade de publicar alguns dos meus resumos. ...

Ver mais

Cafezinho 196 – O sequestro do belo
Cafezinho 196 – O sequestro do belo
Reduzir tudo isso à uma questão de simpatia por ...

Ver mais

Cafezinho 195 – No mundo da lua
Cafezinho 195 – No mundo da lua
Colocar o homem na lua custou mais de 20 bilhões de ...

Ver mais

Cafezinho 194 – O banco
Cafezinho 194 – O banco
E aquele monte de dinheiro à minha disposição? Esqueça. ...

Ver mais

Cafezinho 193 – A zona do equilíbrio
Cafezinho 193 – A zona do equilíbrio
Quer saber? Antes de ser do meretrício, as zonas eram ...

Ver mais

O maior brasileiro de todos os tempos

O maior brasileiro de todos os tempos

Luciano Pires -

E o SBT coloca no ar um daqueles programas caça-níqueis com o título nada humilde de O MAIOR BRASILEIRO DE TODOS OS TEMPOS. E coloca nas mãos do público a indicação dos nomes, sem uma definição clara de critérios. É claro que só poderíamos esperar um desastre, com Luan Santana à frente de Tom Jobim, Neymar à frente de Garrincha e o tal “bispo” Edir Macedo à frente de Ruy Barbosa, entre outros absurdos. A lista é repleta de nomes que demonstram a incapacidade do povo de compreender algo mais que a visibilidade das personalidades, que são escolhidas muito mais pela presença no imaginário do que por seus feitos.

Não perderei tempo aqui analisando a lista de indicados, mas quero fazer um comparativo com outra lista que ouvi no rádio. Tratava da escolha na Inglaterra das músicas mais importantes de todos os tempos. Deu Queen na cabeça, com Bohemian Rhapsody. E Adele em quarto lugar à frente de ninguém menos que Beatles… Adele à frente dos Beatles? Quem é Adele? Pois é…

Quando Elton John e Stevie Wonder apresentaram-se no Rock’n Rio manifestei meu entusiasmo ao vê-los apresentando músicas com 30, 40 anos de idade e fazendo com que a platéia cantasse junto. E questionei se queridinhos do momento como Rihana e Adele também levantarão platéias daqui a 45 anos, como fez Paul McCartney na abertura das Olimpíadas com Hey Jude, canção de 1968… Meu interlocutor respondeu:

– Ah, mas eram tempos diferentes…

Exato! Tempos muito diferentes, sem o conhecimento que hoje temos, sem a internet, sem os projetos de marketing, sem chuteiras e bolas tecnológicas, sem carros de corrida computadorizados, sem programas para corrigir erros de gravação. Tempos em que o talento era imprescindível. O que mantém em evidência aqueles ídolos durante 40, 50 anos não é outra coisa que não o talento. Portanto, para escolher o Maior Brasileiro de Todos os Tempos o único critério possível deveria ser TALENTO. Talento para liderar, para criar, para descobrir e implementar idéias que mudaram a história de nossa sociedade.

Os doze indicados para a final são dois esportistas (Senna e Pelé), cinco políticos (FHC, Lula, Juscelino, Getúlio e Princesa Izabel), dois religiosos (Chico Xavier e Irmã Dulce), um arquiteto (Niemeyer), um inventor (Santos Dumont) e um mito (Tiradentes). Nenhum educador, nenhum cientista.

O programa do SBT é uma bobagem. Essa eleição é uma bobagem. A lista de concorrentes é uma bobagem. E você deve perguntar:

– Mas então, Luciano, por que perder tempo com essa bobagem?

Porque o que o programa demonstra não é bobagem: o triste retrato de uma época e dos critérios de escolha do mesmo povo que, a cada dois anos, elege os políticos que vão nos dirigir. Definitivamente, ninguém é tão burro quanto a soma de todos nós.

O que restou foi a profunda vergonha alheia de ver o jornalista Carlos Nascimento rasgar sua biografia anunciando Tiririca, Joelma, Lua Blanco (?), Anderson Silva e Dedé do Vasco entre os 100 indicados…

Já fomos mais inteligentes.

Luciano Pires