Artigos Café Brasil
#DicaNetFlix Trotsky
#DicaNetFlix Trotsky
É uma série de terror. Tem assassinos em série, ...

Ver mais

Visualizando as estruturas do discurso do Portal Café Brasil
Visualizando as estruturas do discurso do Portal Café Brasil
Se você se aproximar do Café Brasil, prepare-se para ...

Ver mais

Café Brasil Premium – Retrospectiva 2018
Café Brasil Premium – Retrospectiva 2018
Ao longo de 2018 o Café Brasil Premium decolou e ...

Ver mais

#Retrospectiva PodSumários
#Retrospectiva PodSumários
Comece 2019 praticando o Fitness Intelectual. A barriga ...

Ver mais

657 – Brumadinho e a Challenger
657 – Brumadinho e a Challenger
A tragédia da explosão da Challenger em 1986 marcou ...

Ver mais

656 – Rua Ramalhete
656 – Rua Ramalhete
Este programa é uma homenagem ao Tavito, que faleceu em ...

Ver mais

655 – É carnaval
655 – É carnaval
Tem gente boa, muito boa, fazendo a legítima música de ...

Ver mais

654 – Sarau Café Brasil III
654 – Sarau Café Brasil III
Realizamos mais uma edição do Café Brasil Premium, ...

Ver mais

LíderCast 145 – Ana Paula Andrade
LíderCast 145 – Ana Paula Andrade
CEO de uma multinacional de trademarketing, a Marco ...

Ver mais

LíderCast 144 – Daniel Arcoverde e Rafael Belmonte
LíderCast 144 – Daniel Arcoverde e Rafael Belmonte
Os jovens empreendedores que criaram a netshow.me, uma ...

Ver mais

LìderCast 143 – Doug Alvoroçado
LìderCast 143 – Doug Alvoroçado
Esse alvoroçado não é nome não, é adjetivo. Um ...

Ver mais

LíderCast 142 – Marcelo Pimenta
LíderCast 142 – Marcelo Pimenta
O Menta é um facilitador da inovação, um inquieto ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

CAPÍTULO 2 – LINGUAGEM E SEUS SÍMBOLOS (parte 4)
Alexandre Gomes
O caminho até agora está ficando longo, não é? Por mais que eu use exemplos próximos da realidade; ainda assim, eu e você estamos buscando entender conceitos abstratos. Afinal, estamos falando ...

Ver mais

Só envelhece quem perde a curiosidade
Henrique Szklo
O mundo está muito óbvio. As coisas têm sido analisadas pelos pontos de vista mais superficiais e, em geral, equivocados. Julga-se por aparência, por condição financeira, por orientação sexual, ...

Ver mais

Defendam Douglas também
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Não conhece Douglas Leandro Clizesqui? Sem problemas. Ninguém conhece. Ele é pai de Douglas Murilo, uma das oito vítimas fatais no massacre da escola estadual em Suzano; o caso todos conhecem. ...

Ver mais

A abundante mente semanal
Carlos Nepomuceno
RESUMO DA LIVE: https://youtu.be/hHzgP5sqbjM LIVE COMPLETA: https://www.facebook.com/carlos.nepomuceno/videos/10157193323018631/   Quer fazer? Me mande um zap: 21-996086422. R$ 200,00 ...

Ver mais

Cafezinho 161 – A prisão do ex-presidente
Cafezinho 161 – A prisão do ex-presidente
Embora pareça que tudo está dentro da esfera criminal, ...

Ver mais

Cafezinho 160 – Os cinco estágios
Cafezinho 160 – Os cinco estágios
Ajudando a compreender o cenário político brasileiro.

Ver mais

Cafezinho 159 – O bobo da corte
Cafezinho 159 – O bobo da corte
O palhaço, o bobo, o gozador, é o único a perceber a ...

Ver mais

Cafezinho 158 – O tempo que lhe resta
Cafezinho 158 – O tempo que lhe resta
Dê o primeiro passo para fazer com que o tempo de vida ...

Ver mais

O Diálogo

O Diálogo

Luciano Pires -


O DIÁLOGO 



Trimmm


– Alô.


– Alô. Quem está falando?


– É o Tom.


– Ô Tom, aqui é o Zé. Que voz é essa?


– É uma gripe que me pegou… Tudo bem, Zé?


– Mais ou menos. Fazer interurbano daqui é um horror… Tem que pedir pra telefonista e ela não me entende direito. Mas deixa pra lá. Escuta, eu disse que ia dar merda, não disse?


– Como assim?


– O lance dos caras querendo tomar nossas instalações e investimentos. A gente não pode confiar nessa gentinha que fala essa língua confusa, vive de forma confusa. Tudo aqui é improvisado, pô.


– Mas ganhamos dinheiro, né? Como nunca!


– Eu sei! Mas não gosto de fazer negócio com gente assim. Ô povinho. Eu sempre tive medo que eles metessem a mão nas nossas propriedades. E até  o Chavez se meteu no negócio!


– Latinos, meu caro, latinos e vizinhos… mas quando o presidente assumiu o poder nos braços do povo, fez um monte de promessas. Havia o risco de que ele as cumprisse.


– É. Eu sei. Mas é que essa turma nunca é de cumprir as promessas…


– Risco, meu amigo, risco. Os caras têm apelo popular.


– Pode ser, mas se não fosse por nós, eles não teriam tecnologia nem recursos para explorar toda essa riqueza que eles têm no solo.


– Também acho. Nossos técnicos é que ensinaram os deles. Mas isso só nunca deu segurança para ninguém.


– E os contratos? Tem leis globais que todo mundo tem de respeitar. E eles não respeitam! Agora resolveram pegar tudo pra eles! E o monte de dinheiro que investimos lá? Vão nos ressarcir?


– Ah, eu acho que não.


– Mas tem contratos, pô!


– É. Mas a questão lá não é relacionada a negócios. É ideológica.


– Como assim?


– Os caras vão quebrar os contratos por uma questão de ideologia e não de desrespeito às leis… Eles têm que dar uma satisfação para o povo. Vêm eleições aí.


– É… O que esperar de um presidente que  fica falando bobagens por onde passa? Por onde vai fica colocando aquelas roupas ridículas.. Esta semana recebeu uns índios lá no gabinete. E se vestiu de índio!.


– Isso é típico, meu caro. E o povo adora. É um deles que está lá….


– Pois eu acho que a gente devia era jogar duro.


– Como assim?


– Ah, usar nosso poder econômico e boicotar os caras. Garanto que eles vão ficar mansinhos, mansinhos. Ou então comprar todo mundo lá. Lembra daquele ministro que era “funcionário” nosso?


– Lembro… Mas ainda acho que a maior parte da culpa é nossa.


– Nossa? Mas como?


– A gente não construiu uma rede de relacionamentos forte. Compramos. Só quisemos tirar lucro, lucro, lucro. Não devolvemos para a comunidade parte do que ganhamos com ela. Em volta das nossas instalações é um miserê só… Por isso nos odeiam.


– Como assim, odeiam? Nós somos amados! Somos o grande irmão! Somos quem mais compra deles! Sem nós eles estão quebrados!


– Não nego nossa importância econômica. Mas estamos longe de ser amados. Somos suportados. O tempo todo fomos exploradores e compramos o apoio dos políticos.  Sabíamos do risco de quebrar a cara. Por isso fizemos questão de ganhar tanto! Nenhum acionista reclamou enquanto estivemos lá… Mas fique frio. Logo as eleições passam e voltamos a ficar de bem.


– Você ta certo. Mas a gente tinha que tomar mais cuidado com essa gente. Eu por mim comprava logo a Bolívia inteira e mandava o Evo embora.


– Bolívia?… Evo?


– … É… Bolívia… Evo Morales… O gás da Petrobras.


– Bolívia? Petrobras? Mas eu to falando é do Brasil, do Lula e de nossas patentes de remédios feitos com plantas da Amazônia.


– Brasil? Amazônia? Mas quem é que está falando? Não é o Tom Henrique do Ministério, em Brasília?


– Não. Aqui é o Tom Smith, dos laboratórios Klint Health International em Miami.


– Desculpa. Foi engano..


Click.