Artigos Café Brasil
#DicaNetFlix Trotsky
#DicaNetFlix Trotsky
É uma série de terror. Tem assassinos em série, ...

Ver mais

Visualizando as estruturas do discurso do Portal Café Brasil
Visualizando as estruturas do discurso do Portal Café Brasil
Se você se aproximar do Café Brasil, prepare-se para ...

Ver mais

Café Brasil Premium – Retrospectiva 2018
Café Brasil Premium – Retrospectiva 2018
Ao longo de 2018 o Café Brasil Premium decolou e ...

Ver mais

#Retrospectiva PodSumários
#Retrospectiva PodSumários
Comece 2019 praticando o Fitness Intelectual. A barriga ...

Ver mais

657 – Brumadinho e a Challenger
657 – Brumadinho e a Challenger
A tragédia da explosão da Challenger em 1986 marcou ...

Ver mais

656 – Rua Ramalhete
656 – Rua Ramalhete
Este programa é uma homenagem ao Tavito, que faleceu em ...

Ver mais

655 – É carnaval
655 – É carnaval
Tem gente boa, muito boa, fazendo a legítima música de ...

Ver mais

654 – Sarau Café Brasil III
654 – Sarau Café Brasil III
Realizamos mais uma edição do Café Brasil Premium, ...

Ver mais

LíderCast 144 – Daniel Arcoverde e Rafael Belmonte
LíderCast 144 – Daniel Arcoverde e Rafael Belmonte
Os jovens empreendedores que criaram a netshow.me, uma ...

Ver mais

LìderCast 143 – Doug Alvoroçado
LìderCast 143 – Doug Alvoroçado
Esse alvoroçado não é nome não, é adjetivo. Um ...

Ver mais

LíderCast 142 – Marcelo Pimenta
LíderCast 142 – Marcelo Pimenta
O Menta é um facilitador da inovação, um inquieto ...

Ver mais

LíderCast 141 – Ronaldo Lira
LíderCast 141 – Ronaldo Lira
Procurador do Ministério Público do Trabalho, uma ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Defendam Douglas também
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Não conhece Douglas Leandro Clizesqui? Sem problemas. Ninguém conhece. Ele é pai de Douglas Murilo, uma das oito vítimas fatais no massacre da escola estadual em Suzano; o caso todos conhecem. ...

Ver mais

A abundante mente semanal
Carlos Nepomuceno
RESUMO DA LIVE: https://youtu.be/hHzgP5sqbjM LIVE COMPLETA: https://www.facebook.com/carlos.nepomuceno/videos/10157193323018631/   Quer fazer? Me mande um zap: 21-996086422. R$ 200,00 ...

Ver mais

Luciano Pires, o cara que chegou ao meiostream
Carlos Nepomuceno
RESUMO: “ Podcast não tem ouvinte. Podcast tem torcida”!!! – Luciano Pires. Tive o prazer de conversar ontem por mais de uma hora com o criativo Luciano Pires, coordenador do projeto Café Brasil, ...

Ver mais

Por dentro da comunicação interna do McDonald’s no Brasil
Mauro Segura
Transformação
Como fazer comunicação interna p/ uma empresa que tem 50 mil jovens funcionários, sendo que 90% deles estão no primeiro emprego, atendendo mais de 2 milhões de clientes todos os dias? Como gerir ...

Ver mais

Cafezinho 159 – O bobo da corte
Cafezinho 159 – O bobo da corte
O palhaço, o bobo, o gozador, é o único a perceber a ...

Ver mais

Cafezinho 158 – O tempo que lhe resta
Cafezinho 158 – O tempo que lhe resta
Dê o primeiro passo para fazer com que o tempo de vida ...

Ver mais

Cafezinho 157 – Papo de bêbado 2
Cafezinho 157 – Papo de bêbado 2
Se eu fosse o Bolsonaro, nestes primeiros 100 dias ...

Ver mais

Cafezinho 156 – O que é que aconteceu com o carnaval?
Cafezinho 156 – O que é que aconteceu com o carnaval?
O que é que aconteceu com o carnaval? Meus amigos da ...

Ver mais

O calhorda

O calhorda

Luciano Pires -

Começo o ano chutando o balde.

Neste final de ano fiquei meio longe da televisão, do rádio, dos jornais e revistas. Contemplei o sol, na verdade a chuva… Assisti a um monte de DVDs e li. No retorno ao dia a dia, tomei contato com a realidade, apenas para confirmar que nada mudou. É impressionante a quantidade de gente tentando levar vantagem. Do aumento dos próprios salários ao desvio da verba para socorrer os atingidos pelas enchentes, do superfaturamento de obras às verbas para paletós, é um interminável desfile de autoridades tentando explicar o inexplicável e justificar o injustificável, só para provar que no Brasil o bem público não tem dono. Sem contar a cara de pau de alguns prestadores de serviços, do encanador ao super-diretor da multinacional de telefonia celular. Todo mundo querendo sua casquinha.

Antigamente era moleza saber quem eram esses caras. Eram poucos, facilmente descobertos no meio da multidão. Mas hoje a coisa mudou. A multidão são eles.

Como designar esses tipos? Tem que ser algo que os ofenda. Decidi recuperar um termo antigo, meio em desuso: calhorda. Parece que o “lhor” no meio da palavra dá o impacto de um palavrão mesmo, daqueles que a gente fala com gosto, sabe?

Lembro de “calhorda” nos anos setenta em publicações como O Pasquim e textos de autores como Nelson Rodrigues. O dicionário Aurélio diz que calhorda é “pessoa desprezível, impudente, ordinária.”. Já o Houaiss diz que é “sinonímia de pulha”. Encontrei também outras definições, como patife, canalha, nojento, repulsivo, escroto, desprezível, ignóbil, biltre, sórdido, torpe, fúfio, baixo, miserável, infame, indigno, pífio, à-toa, somenos, ignominioso, abjeto, ordinário, vilão, vil, asqueroso, mísero, reles, pulha, desclassificado.

Pô, calhorda é um baita adjetivo!

Adjetivos são palavras que usamos para qualificar substantivos. Por exemplo: “político ladrão”. “Político” é o substantivo, “ladrão” é o adjetivo. Mas quando a gente usa assim: “Olha lá que ladrão esperto”, o adjetivo “ladrão” passa a ser o substantivo, sacou? Nem precisa mais de um adjetivo pra ser definido: ladrão é ladrão, substantivo e adjetivo ao mesmo tempo.

Pois tomei uma resolução de ano novo: transformarei calhorda em substantivo. A partir de agora, toda vez que me deparar com alguém aprontando das suas não direi mais que é o político, o executivo, o médico, o prefeito ou o vereador tal. Direi simplesmente “o calhorda”. O que vier depois será adjetivo: o calhorda governador, o calhorda professor, o calhorda jornalista, o calhorda ministro, o calhorda jogador, o calhorda apresentador. Ah, sim, poderá ser “a” calhorda também.

– Calhooooorrrrddaaaaa!

Talvez eu agrida a norma culta. E sei que não vai resolver nada.

Mas me dá um gostinho de vingança…

Luciano Pires