Artigos Café Brasil
Democracia, Tolerância e Censura
Democracia, Tolerância e Censura
O que distingue uma democracia de uma ditadura é a ...

Ver mais

O dia seguinte
O dia seguinte
Com o aumento considerável do mercado de palestrantes ...

Ver mais

Fact Check? Procure o viés.
Fact Check? Procure o viés.
Investigar o que é verdade e o que é mentira - com base ...

Ver mais

O impacto das mídias sociais nas eleições
O impacto das mídias sociais nas eleições
Baixe a pesquisa da IdeiaBigdata que mostra o impacto ...

Ver mais

631 – O valor de seu voto – Revisitado
631 – O valor de seu voto – Revisitado
Mais discussão de ano de eleição: afinal o que é o ...

Ver mais

630 – Outra Guerreira – Simone Mozilli
630 – Outra Guerreira – Simone Mozilli
Este é outro Café Brasil que reproduz na íntegra um ...

Ver mais

629 – Gramsci e os Cadernos do Cárcere
629 – Gramsci e os Cadernos do Cárcere
Essa aparente doideira que aí está não é doideira. É ...

Ver mais

628 – O olhar de pânico
628 – O olhar de pânico
Aí você para, cansado, desmotivado, olha em volta e se ...

Ver mais

LíderCast 125 – João Amoêdo
LíderCast 125 – João Amoêdo
Decidimos antecipar o LíderCast com o João Amoêdo ...

Ver mais

LíderCast 124 – Sidnei Alcântara Oliveira
LíderCast 124 – Sidnei Alcântara Oliveira
Segunda participação no LíderCast, com uma história que ...

Ver mais

LíderCast 123 – Augusto Pinto
LíderCast 123 – Augusto Pinto
Empreendedor com uma história sensacional de quem ...

Ver mais

LíderCast 122 – Simone Mozzilli
LíderCast 122 – Simone Mozzilli
Uma empreendedora da área de comunicação, que descobre ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Júlio de Mesquita Filho e a contrarrevolução cultural
Jota Fagner
Origens do Brasil
A ideia de concentração hegemônica não é exclusividade de Gramsci, outros autores de diferentes espectros ideológicos propuseram caminhos parecidos. Júlio de Mesquita Filho é um deles É preciso ...

Ver mais

Imagine uma facada diferente
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Imagine Fernando Haddad sendo vítima de uma tentativa de assassinato. Por um ex-militante do DEM ou do PSL, no mesmo dia em que Bolsonaro quase morreu pelas mãos de um ex-PSOL. Primeiramente, os ...

Ver mais

Uma discussão sobre inteligência artificial na educação
Mauro Segura
Transformação
Uma discussão sobre os benefícios que as novas tecnologias podem trazer para a educação brasileira. Mas será que estamos preparados para isso?

Ver mais

A burocracia e a Ignorância Artificial
Henrique Szklo
O Estado brasileiro, desde 1500, tem se esmerado em atravancar qualquer mecanismo da administração pública com um emaranhado de processos burocráticos de alta complexidade, difícil interpretação ...

Ver mais

Cafezinho 107 – O voto proporcional
Cafezinho 107 – O voto proporcional
Seu voto, antes de ir para um candidato, vai para um ...

Ver mais

Cafezinho 106 – Sobre fake news
Cafezinho 106 – Sobre fake news
Fake News são como ervas daninhas, não se combate ...

Ver mais

Cafezinho 105 – Quem categoriza?
Cafezinho 105 – Quem categoriza?
Quem define e categoriza o que será medido pode ...

Ver mais

Cafezinho 104 – A greta
Cafezinho 104 – A greta
Dois meio Brasis jamais somarão um Brasil inteiro.

Ver mais

O agora

O agora

Luciano Pires -

Se pudéssemos transformar nossas vidas numa linha que começa no nascimento e termina na morte, daria para dividir em três partes. A principal seria um ponto em algum lugar da linha, que representa o agora, o presente. A parte que estivesse para trás desse ponto, em direção ao momento do nosso nascimento, é o passado. A parte que vai do ponto presente até o momento de nossa morte é o futuro. E é nessa linha que nossa mente navega, hora aqui, hora nas lembranças do passado, hora nos sonhos do futuro.

Agora pense o seguinte: o passado já foi, só serve como lembrança, como ferramenta para nos educar sobre o que deu certo e o que não deu. Não podemos fazer nada para mudá-lo. E o futuro é simplesmente uma consequência do que você já é. Do agora. No futuro você viverá no corpo que está construindo agora. Tomará decisões com base no repertório que está reunindo agora.

Portanto, o momento mais importante de sua vida é o agora.

Esta semana fiz contato com um pessoal que se denomina CASA DO PRESENTE, um grupo de profissionais preocupado exatamente com o conceito de “formar jovens para o futuro”.  Essa turma se juntou para criar um movimento de conscientização para que os jovens descubram oportunidades que provavelmente lhes serão ocultadas pelo sistema educacional e profissional. O tal que “forma para o futuro”. Não! Os jovens precisam se formar para o agora!

O texto de apresentação deles diz: “O que você quer ser quando crescer? Essa é uma pergunta inocente, mas que esconde uma verdade inconveniente: estamos encaixotando o futuro das nossas crianças e adolescentes. Nem precisamos falar que o sistema de ensino para os nativos digitais é ultrapassado e que o mercado de trabalho é cruel. Mas precisamos sair da problematização e partir para uma solução rápida e definitiva. Como resolver isso?”

O pessoal da Casa do Presente reuniu um time de especialistas nos mais diversos campos do conhecimento para compartilhar voluntariamente aprendizados com os jovens. Serão aulas práticas, imersivas e democráticas, um papo reto sobre os nossos superpoderes. O formato dos cursos é (e sempre será) beta. Assim como o mundo e os jovens, eles estão em constante transformação.

O projeto ainda está em gestação e eles pretendem reunir 40 estudantes de escolas públicas e privadas (entre 14 a 17 anos) para a realização do Hackathon de Educação da Casa do Presente, um dia de experiências, consultas e conversas para ouvir quem realmente será beneficiado.

“Hackathon” é a denominação que se dá para uma maratona que reúne programadores, designers e outros profissionais ligados ao desenvolvimento de software, cujo objetivo é desenvolver programas inovadores. O Hackaton da Casa do Presente desenvolverá não um software, mas um programa educacional inovador, envolvendo disciplinas como falar em público (com gente do TED), alimentação saudável, empreendedorismo, educação financeira, despertar da criatividade e até aulas de programação. Tudo organizado de uma forma que a escola tradicional não oferece.

Esse Hackaton será gratuito e acontecerá no sábado, dia 20 de agosto, em São Paulo. Será um dia inteiro de atividades e metodologias de participação para fazer com que a Casa do Presente tenha um modelo co-criado com os jovens.

A Casa do Presente é independente, apartidária e sem vínculos com qualquer entidade privada ou estatal. Conheço alguns dos envolvidos, é gente de vários segmentos – vários educadores – querendo fazer acontecer, vale dar uma olhada!

Se você gostar da proposta, existem duas formas de participar: adultos podem se cadastrar como voluntários e jovens entre 14 e 17 anos podem se cadastrar como participantes. E depois torcer para serem selecionados. Lembrando: o evento é gratuito.

Olha, tem muita gente se mexendo, viu? Saindo do ressentimento passivo para a ação ativa, trabalhando o agora para transformar o futuro sem ficar esperando pelo Estado.

Que tal fazer parte?

Para mais informações e para participar desse movimento, inscreva-se!

https://www.facebook.com/events/200495993686575/

Jovens (14-17 anos): https://mltubio.typeform.com/to/ZAFWal
Pessoas >18 anos: https://mltubio.typeform.com/to/Jn5J2r