Artigos Café Brasil
Palestra O Meu Everest
Palestra O Meu Everest
Meu amigo Irineu Toledo criou um projeto chamado ...

Ver mais

Brazilian Rhapsody
Brazilian Rhapsody
O pessoal da Chinchila fez uma paródia de Bohemian ...

Ver mais

O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts traz informações ...

Ver mais

Bandidos Na TV
Bandidos Na TV
Assisti Bandidos Na Tv, nova série na NetFlix, que ...

Ver mais

687 – A herança maldita
687 – A herança maldita
Uma apresentação, com números, do descompromisso, a ...

Ver mais

686 – O Meu Everest
686 – O Meu Everest
Em 2001 eu fiz talvez a maior viagem da minha vida. ...

Ver mais

685 – Entrevista no Ranking dos Políticos
685 – Entrevista no Ranking dos Políticos
O Ranking dos Políticos é uma iniciativa civil para ...

Ver mais

684 – Susceptibilidade à negatividade
684 – Susceptibilidade à negatividade
Você está na boa, trabalhando ou fazendo suas coisas, ...

Ver mais

LíderCast 174 – Eduardo Albano
LíderCast 174 – Eduardo Albano
Diretor de conteúdo da Ubook, plataforma que está ...

Ver mais

LíderCast 173 – Henrique Prata
LíderCast 173 – Henrique Prata
O homem que fundou o Hospital do Câncer de Barretos, ...

Ver mais

LíderCast 172 – Paulo Vieira
LíderCast 172 – Paulo Vieira
Paulo Vieira está à frente da Next Academy, maior ...

Ver mais

LíderCast 171 – Fabiana Salles
LíderCast 171 – Fabiana Salles
Uma empreendedora que, a partir da criação de um ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Sem enredo
Chiquinho Rodrigues
Ainda bem que o U2 pegou um avião e foi pra puta-que-pariu! Eu já não aguentava mais, cara! Te juro que se eu visse o Bono Vox mais uma vez no Jornal Nacional ou na droga de um palanque qualquer ...

Ver mais

O melhor lugar da vida pra você usar a criatividade é na própria vida
Henrique Szklo
Muito se fala sobre a criatividade, mas a maioria não sabe exatamente para que serve, como utilizá-la, em que momento nem seu significado mais profundo. O número excepcional de atividades que ...

Ver mais

Nosso Pearl Harbor
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Quando o Japão atacou os Estados Unidos, em 1941, destruindo a base aeronaval de Pearl Harbor, o então presidente Franklin D. Roosevelt discursou no congresso, externando toda a sua revolta pelo ...

Ver mais

Destaques da Aula 5 do Curso on-line de Filosofia (COF)
Eduardo Ferrari
Resumos e Artigos
Lembremos que o objetivo dessa série é chamar atenção para o conteúdo do Curso On-line de Filosofia, que pode ser acessado na página do Seminário de Filosofia. Os principais destaques da aula de ...

Ver mais

Cafezinho 220 – Mulheres gostosas fazem sexo e morrem no Everest
Cafezinho 220 – Mulheres gostosas fazem sexo e morrem no Everest
Assim como dinheiro atrai dinheiro, popularidade atrai ...

Ver mais

Cafezinho 219 – Brasil recusado na OCDE
Cafezinho 219 – Brasil recusado na OCDE
Para essa gente, o Brasil não pode dar certo.

Ver mais

Cafezinho 218 – Ignorância Pluralística
Cafezinho 218 – Ignorância Pluralística
Colocando em você o medo de ser apontado como o único ...

Ver mais

Cafezinho 217 – Os sinais
Cafezinho 217 – Os sinais
Os sinais de que o Brasil é diferente do que aparece na ...

Ver mais

Nopelourinho.Com

Nopelourinho.Com

Luciano Pires -

Algum tempo atrás usei um texto de Rubem Alves no podcast “A volta do Malandro”. O Rubem escreveu assim:

“É preciso notar que os criminosos não  são criminosos só por razões práticas, como dinheiro e poder. Eles são  criminosos também por razões estéticas. Todos os homens desejam ser figuras  lendárias, objetos de admiração, espanto ou mesmo de horror. A felicidade do  criminoso quando a sua fotografia aparece na primeira página do jornal! Há um  enorme prazer em se sentir temido e odiado. O horrendo pode ser belo.
Também os criminosos se alimentam de fantasias narcísicas! Na Idade Média havia uma forma curiosa de punir os criminosos. Eles eram colocados em pelourinhos com cabeças e mãos presas numa peça de madeira. O pelourinho ficava numa praça pública. Ali ficavam os infratores, expostos ao riso e zombaria do povo. Essa situação de ridículo, imagino, se constituía num poderoso antídoto a quaisquer  imagens heróicas que os criminosos pudessem ter de si mesmos. Não há narcisismo que resista à zombaria. Aí fiquei pensando se não haveria uma forma moderna de se aplicar esse castigo pedagógico e inspirado na psicanálise. O medo do ridículo é capaz de desencorajar muitas ações. Já imaginaram? Poderia haver praças dedicadas aos políticos corruptos, aos seqüestradores, aos pedófilos, aos assassinos, etc., etc. Lá ficariam eles expostos ao riso público e, preferivelmente, com as partes pudendas à mostra. Se essa proposta é inviável, por razões práticas (não há praças em número suficiente, o número dos criminosos é muito grande), as autoridades competentes poderiam colocar na Internet um site com o nome de Pelourinho. Ali poderíamos ver a cara dos criminosos nas mais variadas versões, ao lado de suas partes pudendas  e crimes cometidos. Aí o povo começaria a rir deles. Quem sabe os criminosos se regenerariam, por vergonha…”.



Pois recebi de uma ouvinte brasileira que mora nos EUA, a Mirian Amorim, uma dica interessante, demonstrando que a idéia do Rubem não é de todo impossível:



“Nos Estados Unidos já existe um site onde os criminosos sexuais têm seus endereços registrados e fotografias, Se você for se mudar para uma cidade, na hora de comprar ou alugar uma casa, você pode recorrer àquele site e encontrar a lista dos tarados da região. O site é o http://ncfindoffender.com/search.aspx . Você vai no segundo item: Find offenders near you by address, clica o zip code  (por exemplo 28227) e pronto, funciona! Aparecerá a foto do individuo que mora naquela localidade.”



Não resisti e acessei o site. É da Carolina do Norte. E realmente estão lá as fotos dos tarados que vivem no seu bairro… Fascinante! Como é que você acha que seria um site assim aqui no Brasil? Já estou vendo a reação das patrulhas dos direitos humanos, condenando a exposição pública das pobres “vítimas da sociedade”… E os malandros? Imediatamente criariam uma indústria para impedir que as fotos fossem publicadas. Além disso, os políticos logo aprovariam uma lei impedindo que o “Nopelourinho.com” fosse criado. Autoproteção, né?
Pois dê uma olhada no site e responda a algumas perguntas: ele é politicamente incorreto? Age certo uma sociedade que se protege dos criminosos, tornando pública sua localização e seus crimes? A exposição desses indivíduos no site é uma ofensa aos direitos humanos?
Se fosse possível promover esse debate no Brasil, sem ideologias ou hipocrisia, talvez colocássemos em prática nossos pelourinhos.
Sem violência. Mas com vergonha.