Artigos Café Brasil
Produtividade Antifrágil
Produtividade Antifrágil
PRODUTIVIDADE ANTIFRÁGIL vem para provocar você a rever ...

Ver mais

Cafezinho Live
Cafezinho Live
Luciano Pires, criador e apresentador dos podcasts Café ...

Ver mais

Me Engana Que Eu Gosto
Me Engana Que Eu Gosto
Me engana que eu gosto: dois meio brasis jamais somarão ...

Ver mais

Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando a hora do Podcast Café Brasil 700!

Ver mais

Café Brasil 719 – Licença poética
Café Brasil 719 – Licença poética
Quem me acompanha há muitos anos sabe que tive um amigo ...

Ver mais

Café Brasil Especial – Heróis da Saúde 12 – The Dark Side Of The Moon
Café Brasil Especial – Heróis da Saúde 12 – The Dark Side Of The Moon
Olha, este é outro daqueles programas de sonho, ...

Ver mais

Café Brasil Especial – Heróis da Saúde 11 – Qual é seu propósito?
Café Brasil Especial – Heróis da Saúde 11 – Qual é seu propósito?
Eu acho que você já deve ter sido questionado sobre ...

Ver mais

Café Brasil 718 – No lugar do outro
Café Brasil 718 – No lugar do outro
É nos momentos de tempestade, de crise, quando não há ...

Ver mais

LíderCast 201 – Marco Piquini
LíderCast 201 – Marco Piquini
Ex-executivo da Fiat, um profissional de comunicação, ...

Ver mais

LíderCast 200 – Marcio Ballas
LíderCast 200 – Marcio Ballas
Apresentador de televisão, ator e palhaço profissional. ...

Ver mais

LíderCast 199 – Ricardo Corrêa
LíderCast 199 – Ricardo Corrêa
Empreendedor, fundador da Ramper, uma conversa ...

Ver mais

LíderCast 198 – Hélio Contador
LíderCast 198 – Hélio Contador
Ex-executivo de grandes empresas do setor automotivo, ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
A mente da gente é que nem o Windows; está agitando mas ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 - Livre-se do lixo

Ver mais

Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Desenvolva a sua própria pegada produtiva!

Ver mais

Minuto da Produtividade 1 – A arte de dizer não!
Minuto da Produtividade 1 – A arte de dizer não!
Produtividade é a arte de dizer NÃO!

Ver mais

A atualidade de Malthus
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
A atualidade de Thomas Malthus “O famoso contraste que Malthus estabeleceu entre as duas espécies de progressões – o aumento geométrico da população e o crescimento aritmético da produção de ...

Ver mais

QI, educação e literatura
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
O QI médio em praticamente todos os países do mundo cresceu muito nos últimos 100 anos.   Na Alemanha e nos EUA, o crescimento do QI médio foi de mais de 30 pontos. No Quênia e na Argentina, foi ...

Ver mais

Perfeccionismo só é defeito quando mal utilizado
Henrique Szklo
Iscas Criativas
Ao ser questionada sobre quais são seus defeitos, muita gente coloca, envergonhadamente, o perfeccionismo como um dos mais tóxicos, como está na moda dizer. Muitos, inclusive, culpam este ...

Ver mais

A economia criativa pode ser essencial para o pós-pandemia?
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
A economia criativa pode ser essencial para o pós-pandemia? “… as crises econômicas inevitavelmente dão origem a períodos críticos em que uma economia é refeita para que possa recuperar-se ...

Ver mais

Cafezinho 285 – O Buraco Negro
Cafezinho 285 – O Buraco Negro
A única resposta é: “O senhor tem de aguardar”.

Ver mais

Cafezinho 284 – A polarização de araque
Cafezinho 284 – A polarização de araque
Assistir a rinha de galos diária tem o mesmo efeito que ...

Ver mais

Cafezinho 283 – COVID 20
Cafezinho 283 – COVID 20
Precisamos reconhecer quem fez um bom trabalho e punir, ...

Ver mais

Cafezinho 282 – O cochilo de 50 anos
Cafezinho 282 – O cochilo de 50 anos
Passada a pandemia, teremos de ser ainda mais ...

Ver mais

Incompetence Day

Incompetence Day

Luciano Pires -





INCOMPETENCE DAY





Confesso que quando vi as primeiras cenas do furacão Katrina deixando Nova Orleans coberta de água, imaginei que veríamos mais um show dos Estados Unidos. Fiquei à espera de milhares de helicópteros e carros anfíbios da guarda nacional e do exército, esvaziando a cidade em algumas horas e salvando não só as pessoas, mas prédios e empresas.



Preparei-me mais uma vez para morrer de inveja da competência daquela gente em resolver os grandes problemas enquanto nós, aqui no Brazilzinho, não conseguimos nem tirar crianças das ruas. Mas… Os helicópteros não apareceram. As pessoas entraram em desespero, muitos morreram. E chegaram notícias sobre saques e uma confusão tremenda, um show de falta de informação e erros.



Era o Incompetence Day.



Ué… Cadê aquela espetacular estrutura logística e tecnológica que invadiu o Iraque? Cadê os planos e as estratégias minuciosas que garantem à maior potência do mundo a liderança política e militar? Não tinha.



Pela segunda vez, a primeira em 11 de setembro de 2001, os poderosos EUA mostraram-se vulneráveis e incompetentes como qualquer pais de terceiro mundo diante das grandes catástrofes. E catástrofes anunciadas, pois tanto os atentados às torres gêmeas quanto a possibilidade de um furacão na região de Nova Orleans, tinham indícios claros de que poderiam acontecer.



Mas ninguém deu bola, o que nos dá uma pista das prioridades dos EUA.



Nos EUA de hoje, pelo menos por parte das pessoas que dirigem o país e as grandes corporações, a prioridade é a manutenção do processo de globalização. Mas não aquela globalização que nos é vendida diariamente, da distribuição de oportunidades para todos. A globalização que lhes interessa é aquele processo de mão única que protege seus interesses. E não há viés ideológico nesta análise. Lido com os estadunidenses desde 1982, tempo suficiente para entender que sua visão do mundo tem só um ângulo: o deles. E com os olhos e bolsos voltados à proteção de seus interesses econômicos pelo mundo, esqueceram-se de olhar para dentro de casa.



A passagem do Katrina, como o 11/9, é uma lição. Após 11 de setembro, os estadunidenses aprenderam onde fica o oriente médio. E depois do Katrina, descobriram o Golfo do México. Estava certíssimo quem disse que as guerras e tragédias foram o instrumento que Deus encontrou para ensinar geografia para os estadunidenses.



E a nós, brazilians, resta o consolo de saber que não estamos sozinhos. Incompetência também se escreve em inglês…