Artigos Café Brasil
Síntese de indicadores sociais 2016 do IBGE
Síntese de indicadores sociais 2016 do IBGE
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - ...

Ver mais

Silvio Santos, Zé Celso e o Oficina
Silvio Santos, Zé Celso e o Oficina
Uma reunião para ser objeto de estudo em qualquer aula ...

Ver mais

#TransgressaoEhIsso
#TransgressaoEhIsso
Transgredir é muito mais que pintar o rosto, urinar na ...

Ver mais

Vem aí o Cafezinho
Vem aí o Cafezinho
Nasce nesta segunda, 4/9 o CAFEZINHO, podcast ...

Ver mais

610 – Abre-te Sésamo
610 – Abre-te Sésamo
Abre-te Sésamo é a frase mágica do conto de Ali-Babá e ...

Ver mais

609 – As leis
609 – As leis
No Fórum da Liberdade que aconteceu em abril de 2018 em ...

Ver mais

608 – As 12 Regras
608 – As 12 Regras
Jordan Peterson é psicólogo clínico, crítico cultural e ...

Ver mais

607 – Uma Guerreira
607 – Uma Guerreira
Este programa reproduz na íntegra o LíderCast 100, pois ...

Ver mais

LíderCast 105 – Jeison Arenhardt
LíderCast 105 – Jeison Arenhardt
LíderCast 105 - Hoje conversamos com Jeison Arenhardt, ...

Ver mais

LíderCast 104 – Odayr Baptista
LíderCast 104 – Odayr Baptista
LíderCast 104 - Hoje conversamos com Odayr Baptista, ...

Ver mais

LíderCast 103 – Ivan Witt
LíderCast 103 – Ivan Witt
Hoje conversamos com Ivan Witt, um executivo brasileiro ...

Ver mais

LíderCast 102 – Paulo Cruz
LíderCast 102 – Paulo Cruz
Com Paulo Cruz, professor, pensador, voz dissonante da ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

Sensações estranhas no trabalho
Mauro Segura
Transformação
Ironicamente, quanto mais experiência profissional eu acumulo, mais incertezas aparecem. Está difícil em lidar com algumas coisas na minha cabeça.

Ver mais

O Ibope e a caricatura do conservadorismo
Bruno Garschagen
Ciência Política
Essa pesquisa que mede o grau de conservadorismo da sociedade brasileira é das coisas mais estúpidas que o Ibope já fez.

Ver mais

A nova onda
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
A vitrine acima é um quadro de uma animação de Mauricio Ricardo em https://www.youtube.com/watch?v=j7GJT3jALx4 A moda agora é “ter lado” sobre o vídeo de Gleisi Hoffman – que só é senadora ...

Ver mais

A Copa do Mundo Socioeconômica
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
A Copa do Mundo Socioeconômica[1] Considerações preliminares No próximo dia 14 de junho terá início a 21ª edição da Copa do Mundo da FIFA (Fedération Internationale de Football Association), um ...

Ver mais

Cafezinho 65 – A burrice
Cafezinho 65 – A burrice
Qualquer semelhança com gente que você conhece é pura ...

Ver mais

Cafezinho 64 – Outra piada
Cafezinho 64 – Outra piada
O caso do triplex no Guarujá começou em setembro de ...

Ver mais

Cafezinho 63 – Sai fora
Cafezinho 63 – Sai fora
As pessoas com as quais você anda, as fontes das quais ...

Ver mais

Cafezinho 62 – Dona Terezinha
Cafezinho 62 – Dona Terezinha
Aos domingos à tarde, a companhia da dona Terezinha de ...

Ver mais

Imprecisos desejos

Imprecisos desejos

Luciano Pires -

Minha nova palestra “Pessoas Criativas, Empresas Lucrativas” começa ao som de “Os Argonautas” com Caetano Veloso, focando especialmente o refrão: “Navegar é preciso. Viver não é preciso.” Foi lendo Rubem Alves que entendi que o “preciso” daqueles versos escritos originalmente pelo poeta português Fernando Pessoa, vinha de “exatidão” e não de “necessidade”:

– Antes da precisão da ciência de navegar vem o impreciso desejo de navegar.

Em 2005 tive o impreciso desejo de fazer um programa de rádio, por minha conta e risco. O resultado é o Café Brasil, que se transformou em 2006 num podcast, com 224 programas produzidos. São mais de 90 horas de conteúdo, uma trabalheira infernal! Uns amigos consultores usam a ciência do navegar para fazer uma continha e mostrar que se eu tivesse investido em ações o dinheiro que coloquei nesse projeto em cinco anos, poderia ter levantado uma pequena fortuna. Pois é. Então eu mostro a eles um cartaz que preparei anos atrás para colar na porta de minha sala:

“Se você tem uma reclamação, me mande uma carta. Se você tem um sonho, me envie um email. Se você tem uma idéia, me fale por telefone. Se você tem um projeto, pode entrar. Mas se você tem uma causa, sente-se e me conte. Sem pressa.”

Não gosto de julgar as coisas somente pela descrição das coisas, pelo impreciso desejo. Quero ver, tocar, experimentar, cheirar, sentir. Talvez isso seja uma deformação profissional de cartunista, que antes de descrever, vê as coisas. Resultado: em vez de uma gaveta cheia de idéias, tenho um armário cheio de projetos, modelos e amostras que custaram um monte de dinheiro, tempo e energia. Para meus amigos consultores, recursos mal empregados. Mas para mim, sementes que transformaram imprecisos desejos de navegar em causas a serem defendidas.

A qualquer momento uma das sementes germina. E minha vida muda.

Mas reconheço que não é fácil agir assim. Precisa de sangue frio, paciência, fé e coragem para investir no impreciso (e arriscado) desejo e torná-lo algo palpável, real. Mas será que existe outra forma de fazer?

Pois bem, de uma daquelas sementes, acabam de nascer dois brotinhos.

Fui convidado por um diretor de uma grande editora, fã do podcast Café Brasil, para gravar o audiolivro de um bestseller! Começo já.

E o Itaú Cultural acaba de fechar a primeira programação de patrocínio para o podcast. Modesta, mas que, mais que dinheiro, proporciona a satisfação de ver que aquele sonho impreciso tornou-se real.

Se eu tivesse apenas os imprecisos desejos para mostrar, sem a precisão da ciência e o esforço pessoal para transformá-los em sementes, nada teria acontecido. 

Antes da precisão da ciência de navegar vem o impreciso desejo de navegar. Mas sem a precisão da ciência, sem a execução, o impreciso desejo não passa de um sonho. Lindo, inspirador e necessário.

Mas sonho.

Luciano Pires