Artigos Café Brasil
Podpesquisa 2018
Podpesquisa 2018
Em sua quarta edição, a PodPesquisa 2018 recebeu mais ...

Ver mais

Como decidi em quem votarei para Presidente
Como decidi em quem votarei para Presidente
Não sei se estou certo, não fui pela emoção, não estou ...

Ver mais

Democracia, Tolerância e Censura
Democracia, Tolerância e Censura
O que distingue uma democracia de uma ditadura é a ...

Ver mais

O dia seguinte
O dia seguinte
Com o aumento considerável do mercado de palestrantes ...

Ver mais

635 – De onde surgiu Bolsonaro?
635 – De onde surgiu Bolsonaro?
O pau tá quebrando, a eleição ainda indefinida e nunca ...

Ver mais

634 – Me chama de corrupto, porra!
634 – Me chama de corrupto, porra!
Cara, que doideira é essa onda Bolsonaro que, se você ...

Ver mais

633 – Ballascast
633 – Ballascast
O Marcio Ballas, que é palhaço profissional, me ...

Ver mais

632 – A era da inveja
632 – A era da inveja
Uma pesquisa de 2016 sobre comportamento humano mostrou ...

Ver mais

LíderCast 128 – Leide Jacob
LíderCast 128 – Leide Jacob
Empreendedora cultural e agora cineasta, que ...

Ver mais

LíderCast 127 – Lito Rodriguez
LíderCast 127 – Lito Rodriguez
Empreendedor, criador da DryWash, outro daqueles ...

Ver mais

LíderCast 126 – Alexis Fonteyne
LíderCast 126 – Alexis Fonteyne
Empresário criativo e agora candidato a Deputado ...

Ver mais

LíderCast 125 – João Amoêdo
LíderCast 125 – João Amoêdo
Decidimos antecipar o LíderCast com o João Amoêdo ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Como reduzir as Fakenews?
Carlos Nepomuceno
Ontem, a ministra Rosa Weber lançou este desafio. Vejamos o que podemos contribuir para este debate. O primeiro passo é compreender o que está ocorrendo. Vejamos: Note que estamos vivendo um ...

Ver mais

Os 7 erros da Folha de São Paulo sobre o “escândalo do Fake News”.
Carlos Nepomuceno
Veja o vídeo aqui.

Ver mais

Marxistas brasileiros vivem espécie de alucinação coletiva recorrente
Carlos Nepomuceno
O jornal Folha de São Paulo publica um artigo feita por uma petista confessa: Ver aqui: https://www.facebook.com/carlos.nepomuceno/posts/10156853246303631 …sem nenhum fato, baseado em ...

Ver mais

Sempre, sempre Godwin
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
O advogado Mike Godwin criou em 1990 a seguinte “lei” das analogias nazistas: “À medida que uma discussão online se alonga, a probabilidade de surgir uma comparação envolvendo Adolf Hitler ou os ...

Ver mais

Cafezinho 117 – Caem as máscaras
Cafezinho 117 – Caem as máscaras
Quando passar a alucinação coletiva saberemos com quem ...

Ver mais

Cafezinho 116 – Os demônios brochadores
Cafezinho 116 – Os demônios brochadores
O que vem por aí? Uma mudança ou nova brochada?

Ver mais

Cafezinho 115 – Um voto não vale uma amizade
Cafezinho 115 – Um voto não vale uma amizade
Não gaste sua energia e seu tempo precioso de vida ...

Ver mais

Cafezinho 114 – E se?
Cafezinho 114 – E se?
Mudanças só acontecem quando a crise que sofremos for ...

Ver mais

Eu Repilo

Eu Repilo

Luciano Pires -

EU REPILO


Se eu tivesse que escolher a “palavra do ano” de 2005, apesar da tentação de apontar “mensalão” ou “excelência”, optaria por um verbo conjugado na primeira pessoa do presente do indicativo:
REPILO.
Repetido mais de uma vez por José Dirceu, enquanto ele se debatia para escapar à cassação, o “eu repilo” transformou-se numa daquelas afirmações mágicas que tentam transformar a realidade. Enquanto toda a sociedade brasileira repelia as práticas obscuras do PT, era o grande líder quem repelia as acusações. Muita gente estranhou. Não estamos acostumados a repelir quando se trata de política no Brasil. Pois prestarei neste momento um serviço à cultura nacional, registrando a “ficha técnica” do verbo “repelir”, que quer dizer: fazer retroceder; impelir para longe; rechaçar; expulsar; defender-se de; rebater; afastar, desviar, fazer arredar, não acolher; não permitir a aproximação de; não admitir; rejeitar; não tolerar; ter aversão a…

O “repilo” soou estranho. Alguns acham que “repelir” é defectivo, verbo que não apresenta uso completo de suas flexões, como “abolir”, por exemplo. “Abolir” não se usa na primeira pessoa do singular do presente do indicativo (seria eu “abolo”? “Abulo”??), por isso é verbo defectivo. Mas o “repilo”, embora raro na linguagem oral, tem registros na escrita, especialmente a mais culta. No Infinitivo é “repelir”. No Gerúndio, “repelindo”. E o Particípio é “repelido”.

Conjugado no Presente do Indicativo será: eu repilo, tu repeles, ele repele, nós repelimos, vós repelis, eles repelem. No Futuro do Pretérito do Indicativo: eu repeliria, tu repelirias, ele repeliria, nós repeliríamos, vós repeliríeis, eles repeliriam. No Futuro do Presente do Indicativo: eu repelirei, tu repelirás, ele repelirá, nós repeliremos, vós repelireis, eles repelirão. No Imperfeito do Subjuntivo: se eu repelisse, se tu repelisses, se ele repelisse, se nós repelíssemos, se vós repelísseis, se eles repelissem. No Futuro do Subjuntivo: quando eu repelir, quando tu repelires, quando ele repelir, quando nós repelirmos, quando vós repelirdes, quando eles repelirem. No Infinitivo Pessoal: por repelir eu, por repelires tu, por repelir ele, por repelirmos nós, por repelirdes vós, por repelirem eles.

Aprendeu? Muito bem.

Agora que você sabe como conjugar o verbo “repelir” no presente e no futuro, bote em prática.
Quando ligar a televisão e suspeitar que estão te tratando como um imbecil, repila.
Quando ouvir o horário eleitoral e achar que estão te pungueando, repila.
Quando for cliente e entender que estão te maltratando, repila.
Quando seu interlocutor for um idiota, repila.
Quando sentir que seus valores morais estão sendo vilipendiados, repila.
Quando encontrar um pocotó, repila.
Imagine por um segundo as conseqüências da afirmação “se nós repelíssemos”, transformada em ação… Repelir é nossa arma. Repelir é nossa escolha. Quando todos os brasileiros começarem a usar o “eu repilo”, talvez tenhamos um futuro digno para este país.

Feliz 2006.
Se for pra ser igual a 2005, eu repilo.