Artigos Café Brasil
O dia seguinte
O dia seguinte
Com o aumento considerável do mercado de palestrantes ...

Ver mais

Fact Check? Procure o viés.
Fact Check? Procure o viés.
Investigar o que é verdade e o que é mentira - com base ...

Ver mais

O impacto das mídias sociais nas eleições
O impacto das mídias sociais nas eleições
Baixe a pesquisa da IdeiaBigdata que mostra o impacto ...

Ver mais

Síntese de indicadores sociais 2016 do IBGE
Síntese de indicadores sociais 2016 do IBGE
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - ...

Ver mais

618 – No Toca Fitas Do Meu Carro – Scary Pockets
618 – No Toca Fitas Do Meu Carro – Scary Pockets
Mais um programa musical. E daqueles, cara. Você sabe ...

Ver mais

617 – O Clube da Música Autoral
617 – O Clube da Música Autoral
Uma das coisas mais fascinantes de quem se dispõe, como ...

Ver mais

616 – Na média
616 – Na média
Num ambiente construído para que as pessoas fiquem “na ...

Ver mais

615 – Fake News? Procure o viés
615 – Fake News? Procure o viés
Nova Iorque, madrugada de março de 1964. No bairro do ...

Ver mais

LíderCast 112 – Paulo Rabello de Castro
LíderCast 112 – Paulo Rabello de Castro
Professor, consultor, com vasta experiência no setor ...

Ver mais

LíderCast 111 – Tiemi Yamashita
LíderCast 111 – Tiemi Yamashita
LíderCast 111 - Hoje conversamos com Tiemi Yamashita, ...

Ver mais

LíderCast 110 – Rafael Baltresca
LíderCast 110 – Rafael Baltresca
LíderCast 110 - Hoje conversamos com Rafael Baltresca, ...

Ver mais

LíderCast 109 – Romeo Busarello
LíderCast 109 – Romeo Busarello
LíderCast 109 - Hoje conversamos com Romeo Busarello, É ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

Lições de viagem 11 – Santa Catarina
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Lições de viagem 11 Santa Catarina e seus diferenciais  Percebi que me encontrava num estado diferenciado na primeira vez que estive em Santa Catarina, em 1980, quando fui ministrar aulas em dois ...

Ver mais

Solidão em rede: estamos cada vez mais solitários
Mauro Segura
Transformação
Vivemos a "cultura do estresse", de não perder tempo e usar cada minuto para sermos mais produtivos. Mas isso tem um preço.

Ver mais

1936, 1984, 1918
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
A guerra civil espanhola (1936-1939) foi assustadora, cruel, mas teve seus lances tragicômicos. Um deles era a eterna bagunça entre as muitas facções que formavam as Forças Republicanas, ...

Ver mais

Região de conflito duplamente em foco
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Região de conflito duplamente em foco “Fronteiras? Nunca vi uma. Mas ouvi dizer que existem na mente de algumas pessoas.” Thor Heyerdahl Não é sempre que alguns dos focos mais controvertidos das ...

Ver mais

Cafezinho 83 – O líder
Cafezinho 83 – O líder
Pessoas capazes de investir em projetos ambiciosos ...

Ver mais

Cafezinho 82 – Paciência
Cafezinho 82 – Paciência
O que uma árvore frondosa precisa para se manter firme ...

Ver mais

Cafezinho 81 – A Confederação
Cafezinho 81 – A Confederação
A Confederação mais eficiente do Brasil é a dos bandidos.

Ver mais

Cafezinho 80 – A Copa que era nossa
Cafezinho 80 – A Copa que era nossa
Ao contrário do que acreditam coxinhas e petralhas, o ...

Ver mais

Estelionato Televisivo

Estelionato Televisivo

Luciano Pires -

ESTELIONATO TELEVISIVO

Quem acompanha meus artigos desde 2004 sabe que andei me estranhando com o advogado de Augusto Liberato – o Gugu – no ano passado, por conta do Troféu Brasileiro Pocotó, que nosso solerte apresentador estava prestes a ganhar. Em eleição direta pelos internautas.
Naquela ocasião o advogado veio pra cima de mim, dizendo que se eu não parasse de “atacar celebridades”, iria me processar. O troféu acabou por outros motivos, mas para mim foi uma vitória contra aqueles que transformam nossa televisão numa lata de lixo.
Reproduzo a seguir uma nota recentemente publicada no site do jornal Meio e Mensagem, que é especializado em mídia:
“O apresentador Antonio Augusto Moraes Liberato, o Gugu, vai pagar R$ 750 mil para encerrar um processo civil na Justiça de São Paulo referente à falsa entrevista com membros do PCC, segundo informa o site Consultor Jurídico. A´ matéria ´, que foi ao ar no programa do apresentador no SBT em 2003, mostrava supostos membros da facção criminosa paulistana fazendo uma série de ameaças contra apresentadores de programas policiais e ativistas de direitos humanos”.
A indenização por dano moral difuso e por prática comercial abusiva é resultado de ação da promotora Deborah Pierri e alega que o apresentador tinha conhecimento do conteúdo do programa antes de sua veiculação. Responde então por omissão dolosa. O apresentador e seus advogados aceitaram doar R$ 750 mil a instituições de caridade que serão indicadas pelo Ministério Público Estadual, divididos em 12 parcelas.
O acordo não encerra outras ações sobre a falsa entrevista. Gugu ainda responde pelos crimes de ameaça e divulgação de notícia falsa na 2ª Vara Criminal de Osasco, na Grande São Paulo e o SBT responde a uma Ação Civil Pública do Ministério Público Federal pelos danos causados à sociedade pela exibição do programa “”.
Bem feito. Mas… E se o culpado fosse eu, que não tenho 750 mil reais? A pena seria uma cadeiazinha pra deixar de ser besta?
Quanto vale um crime moral como aquele de falsificar entrevista com os bandidos? Vale dez mil? Duzentos mil? Pois o Ministério Público achou que vale 750 mil. Uma boa grana, não é? Vai ajudar um monte de gente…
No entanto, penso que não tem dinheiro que pague a destruição de valores morais que sistematicamente essas porcarias veiculadas por nossa tv vêm causando.
Nós, brasileiros, estamos perdendo a capacidade de indignar-nos, por conta da exposição sistemática, através da mídia, a situações onde valores morais são acessórios. Detalhes secundários.
Vale a carinha bonitinha, a bundinha redondinha e a piadinha engraçadinha.
E agora descobrimos quanto vale o dano moral em rede nacional de TV: R$ 750 mil.
Pois quer saber? Eu acho pouco.
Valores morais valem mais.
E não creio que possam ser comprados com dinheiro.