Artigos Café Brasil
Bandidos Na TV
Bandidos Na TV
Assisti Bandidos Na Tv, nova série na NetFlix, que ...

Ver mais

1964 – O Brasil entre armas e livros
1964 – O Brasil entre armas e livros
Um documentário para ser visto como outro ângulo pelo ...

Ver mais

Os Podcasts Café Brasil Musicais
Os Podcasts Café Brasil Musicais
Música é uma de nossas grandes paixões, por isso de ...

Ver mais

#DicaNetFlix Trotsky
#DicaNetFlix Trotsky
É uma série de terror. Tem assassinos em série, ...

Ver mais

670 – A nova Previdência
670 – A nova Previdência
No dia 12 de Junho fomos à Brasília e, no Ministério da ...

Ver mais

669 – Fora da Caixa 2
669 – Fora da Caixa 2
Você não precisa inventar a lâmpada para ser original. ...

Ver mais

668 – Fora da caixa
668 – Fora da caixa
Não é fácil hoje em dia ter uma ideia original, ...

Ver mais

667 – Ajuda, por favor
667 – Ajuda, por favor
Toda mudança implica em incomodação. Se não incomoda, ...

Ver mais

LíderCast 157 – Marcel Van Hattem
LíderCast 157 – Marcel Van Hattem
Marcel Van Hattem é um jovem Deputado Federal pelo ...

Ver mais

LíderCast 156 – Karina Oliani e Carlos Morey
LíderCast 156 – Karina Oliani e Carlos Morey
Aproveitando que o Everest está sendo discutido na ...

Ver mais

LíderCast Temporada 12
LíderCast Temporada 12
Vem aí a Temporada 12 do LíderCast, que será lançada na ...

Ver mais

LíderCast 155 – Emilio Dantas Costa
LíderCast 155 – Emilio Dantas Costa
Servidor público de carreira, que a partir das ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Por que você afirmar que é de direita ajuda a esquerda?
Carlos Nepomuceno
RESUMO DA LIVE: LIVE COMPLETA.

Ver mais

TRIVIUM: CAPITULO 2 – AMBIGUIDADE DA LINGUAGEM (parte 10)
Alexandre Gomes
Já que uma PALAVRA é um SÍMBOLO, um SIGNO ARBITRÁRIO ao qual é imposto um significado por convenção, é natural que esteja sujeita (a palavra) à AMBIGUIDADE. E isso pode surgir de alguns pontos: ...

Ver mais

O salário do professor brasileiro é um dos mais baixos do mundo
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
Matéria de ontem no jornal O Globo nos lembra um fato que é amplamente reconhecido: os professores brasileiros estão entre os que recebem os menores salários no mundo inteiro. Em relação aos ...

Ver mais

As cigarras, as formigas e o tal do viés ideológico
Carlos Nepomuceno
RESUMO DA LIVE: LIVE COMPLETA.

Ver mais

Cafezinho 188 – O coeficiente de trouxidão
Cafezinho 188 – O coeficiente de trouxidão
É seu coeficiente de trouxidão, com a suspensão ...

Ver mais

Cafezinho 187 – Quem merece seu tempo de vida
Cafezinho 187 – Quem merece seu tempo de vida
Meu tempo de vida está sendo enriquecido ou só desperdiçado?

Ver mais

Cafezinho 186 – A disciplina intelectual
Cafezinho 186 – A disciplina intelectual
Na definição dos dicionários, disciplina é o conjunto ...

Ver mais

Cafezinho 185 – O princípio Eisenhower
Cafezinho 185 – O princípio Eisenhower
Dê uma olhada nas pautas em discussão nas mídias. Veja ...

Ver mais

Estelionato Televisivo

Estelionato Televisivo

Luciano Pires -

ESTELIONATO TELEVISIVO

Quem acompanha meus artigos desde 2004 sabe que andei me estranhando com o advogado de Augusto Liberato – o Gugu – no ano passado, por conta do Troféu Brasileiro Pocotó, que nosso solerte apresentador estava prestes a ganhar. Em eleição direta pelos internautas.
Naquela ocasião o advogado veio pra cima de mim, dizendo que se eu não parasse de “atacar celebridades”, iria me processar. O troféu acabou por outros motivos, mas para mim foi uma vitória contra aqueles que transformam nossa televisão numa lata de lixo.
Reproduzo a seguir uma nota recentemente publicada no site do jornal Meio e Mensagem, que é especializado em mídia:
“O apresentador Antonio Augusto Moraes Liberato, o Gugu, vai pagar R$ 750 mil para encerrar um processo civil na Justiça de São Paulo referente à falsa entrevista com membros do PCC, segundo informa o site Consultor Jurídico. A´ matéria ´, que foi ao ar no programa do apresentador no SBT em 2003, mostrava supostos membros da facção criminosa paulistana fazendo uma série de ameaças contra apresentadores de programas policiais e ativistas de direitos humanos”.
A indenização por dano moral difuso e por prática comercial abusiva é resultado de ação da promotora Deborah Pierri e alega que o apresentador tinha conhecimento do conteúdo do programa antes de sua veiculação. Responde então por omissão dolosa. O apresentador e seus advogados aceitaram doar R$ 750 mil a instituições de caridade que serão indicadas pelo Ministério Público Estadual, divididos em 12 parcelas.
O acordo não encerra outras ações sobre a falsa entrevista. Gugu ainda responde pelos crimes de ameaça e divulgação de notícia falsa na 2ª Vara Criminal de Osasco, na Grande São Paulo e o SBT responde a uma Ação Civil Pública do Ministério Público Federal pelos danos causados à sociedade pela exibição do programa “”.
Bem feito. Mas… E se o culpado fosse eu, que não tenho 750 mil reais? A pena seria uma cadeiazinha pra deixar de ser besta?
Quanto vale um crime moral como aquele de falsificar entrevista com os bandidos? Vale dez mil? Duzentos mil? Pois o Ministério Público achou que vale 750 mil. Uma boa grana, não é? Vai ajudar um monte de gente…
No entanto, penso que não tem dinheiro que pague a destruição de valores morais que sistematicamente essas porcarias veiculadas por nossa tv vêm causando.
Nós, brasileiros, estamos perdendo a capacidade de indignar-nos, por conta da exposição sistemática, através da mídia, a situações onde valores morais são acessórios. Detalhes secundários.
Vale a carinha bonitinha, a bundinha redondinha e a piadinha engraçadinha.
E agora descobrimos quanto vale o dano moral em rede nacional de TV: R$ 750 mil.
Pois quer saber? Eu acho pouco.
Valores morais valem mais.
E não creio que possam ser comprados com dinheiro.