Artigos Café Brasil
#DicaNetFlix Trotsky
#DicaNetFlix Trotsky
É uma série de terror. Tem assassinos em série, ...

Ver mais

Visualizando as estruturas do discurso do Portal Café Brasil
Visualizando as estruturas do discurso do Portal Café Brasil
Se você se aproximar do Café Brasil, prepare-se para ...

Ver mais

Café Brasil Premium – Retrospectiva 2018
Café Brasil Premium – Retrospectiva 2018
Ao longo de 2018 o Café Brasil Premium decolou e ...

Ver mais

#Retrospectiva PodSumários
#Retrospectiva PodSumários
Comece 2019 praticando o Fitness Intelectual. A barriga ...

Ver mais

648 – Ethos, Logos, Pathos e o Diálogo Aberto
648 – Ethos, Logos, Pathos e o Diálogo Aberto
Neste cenário onde até “bom dia” leva patada, o que é ...

Ver mais

647 – Father Hunger
647 – Father Hunger
Quanta gente perdida e desorientada, quanta carência, ...

Ver mais

646 – Harry Nilsson
646 – Harry Nilsson
Mais um daqueles especiais musicais que você gosta ...

Ver mais

645 – O Brasil e a demanda por dar certo
645 – O Brasil e a demanda por dar certo
Estamos em período de mudanças ou apenas nos preparando ...

Ver mais

LíderCast 139 – Nívio Delgado
LíderCast 139 – Nívio Delgado
De carinha do Xerox a Diretor Superintendente da maior ...

Ver mais

LíderCast 138 – Ricardo Abiz
LíderCast 138 – Ricardo Abiz
Empreendedor também, um pioneiro em diversas áreas de ...

Ver mais

LíderCast 137 – Pedro Pandolpho
LíderCast 137 – Pedro Pandolpho
Empreendedor, sócio da Pronto Light, outro típico ...

Ver mais

LíderCast 136 – Paulo Farnese
LíderCast 136 – Paulo Farnese
Empreendedor, fundador da agência EAí?, envolvido com ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

O que move o ser humano é o desejo de não se mover um dia
Henrique Szklo
Tudo o que o homem criou e que deu certo desde o tempo em que vivíamos em cima das árvores, ou seja, desde os primórdios de nossa existência, está relacionado ao desejo de conquistar mais ...

Ver mais

Biografias para começar bem o ano
Mauro Segura
Transformação
Período de férias é sempre bom para ler livros. Aqui você encontra dezenas de recomendações de livros de biografias que foram referendados pelos usuários do LinkedIn.

Ver mais

O Trivium – Capítulo 1
Alexandre Gomes
Lembra do que foi dito no primeiro texto sobre as sete Artes Liberais? Pois bem, a Irmã Miriam Joseph expõe da maneira dela, e isso pode ajudar a entender o que foi dito antes. Bom, primeiro as ...

Ver mais

Da cor do racismo ESPANHOL
Jota Fagner
Origens do Brasil
Compartilho com vocês o depoimento de uma amiga, conterrânea, que foi discriminada ao tentar entrar na Espanha. A metodologia aplicada  para decidir quem pode e quem não pode entrar  parece de um ...

Ver mais

Cafezinho 142 – Renan Não
Cafezinho 142 – Renan Não
Eu não sei o que você está fazendo aí, cara, mas eu ...

Ver mais

Cafezinho 141 – Os cães de Pavlov
Cafezinho 141 – Os cães de Pavlov
Como cães de Pavlov, estamos condicionados a babar.

Ver mais

Cafezinho 140 – A Espiral do Silêncio
Cafezinho 140 – A Espiral do Silêncio
Não enxergar o que Temer fez de bom foi uma escolha à ...

Ver mais

Cafezinho 139 – O que não se vê
Cafezinho 139 – O que não se vê
Se o IVA passar pelo Inferno de Dante do Congresso, ...

Ver mais

Em quem votar?

Em quem votar?

Luciano Pires -

Moro em São Paulo e nas eleições terei que escolher entre nove candidatos a Presidente, nove a Governador, 15 a Senador, 1.162 a Deputado Federal e 1.771 a Deputado Estadual. Que desafio… Pois hoje quero contar como fiz minhas escolhas usando o conceito da “motivação”.

Sabe o goleiro famoso que está sendo acusado de mandar matar a amante? E o advogado suspeito de matar a ex-namorada advogada afogada na represa? Qual é a coisa mais importante que os detetives encarregados de solucionar esses crimes buscam? A motivação. Encontrada a motivação para o crime, as evidências encadeiam-se para apontar o culpado. No caso do goleiro Bruno, a motivação apareceu quando foram comprovadas ameaças da vítima de contar o que sabia… No caso da advogada a motivação não convenceu a justiça e o suspeito continua livre.

Motivação é o processo físico e psicológico que nos impulsiona em direção a um objetivo definido. Se a motivação vem de dentro da gente, é um impulso. Vindo de fora, é um incentivo.

Por exemplo, sua vontade por sexo é o impulso que levará você a sair esta noite para a balada, à caça de alguém que ajude a satisfazer essa necessidade. E a visão da Mulher-Melancia dançando será o incentivo para que você a aborde… Quem sabe dá samba, né? Pois é. Para chegar ao objetivo que buscamos, tanto o impulso como o incentivo se somam, provocando a ação.

Bem, mas esse é um assunto para psicólogos. Quero é contar como usei esse conceito do “impulso + incentivo = motivação” para decidir em quem votarei.

Comecei eliminando os partidos que defendem bandeiras contrárias a meus valores e convicções. Depois eliminei os candidatos que considerei apenas ferramentas para conquistar votos, como artistas, jogadores de futebol, palhaços, etc. Em seguida, botei fora os candidatos oportunistas ou sem histórico de vida que indique que possam fazer da política uma atividade séria. E por fim, dei adeus aos candidatos que não tinham um site com suas propostas escritas. Bem escritas.

Só com essas medidas os candidatos a presidente, governador e os dois senadores surgiram naturalmente. Restaram cerca de cinco federais e seis estaduais.

Parti então para uma reflexão sobre o que os motivou a seguir a carreira de político. Quais seriam seus impulsos? A vontade de fazer o bem aos semelhantes? De impedir que bandidos pintem e bordem? De ser reconhecido? De “se arranjar”?

E o incentivo? O exemplo de um parente político? O convite de um partido político? Um network poderoso?

Conversei com alguns candidatos e com quem os conhece. Li suas propostas. Dei uma busca no Google sobre eles. Investi tempo no processo e quando me convenci de que encontrara as motivações dos candidatos, a lista ficou pronta.

Mas o mais legal é: estou feliz, pois votarei consciente!

Seguro de ter feito as melhores escolhas, eu gostaria sinceramente de saber qual foi a sua receita para escolher seus candidatos. Comente em www.portalcafebrasil.com.br .

Putz, só agora percebi que juntei crime, sexo e política no mesmo texto!

Foi sem querer…

Luciano Pires