Artigos Café Brasil
Democracia, Tolerância e Censura
Democracia, Tolerância e Censura
O que distingue uma democracia de uma ditadura é a ...

Ver mais

O dia seguinte
O dia seguinte
Com o aumento considerável do mercado de palestrantes ...

Ver mais

Fact Check? Procure o viés.
Fact Check? Procure o viés.
Investigar o que é verdade e o que é mentira - com base ...

Ver mais

O impacto das mídias sociais nas eleições
O impacto das mídias sociais nas eleições
Baixe a pesquisa da IdeiaBigdata que mostra o impacto ...

Ver mais

631 – O valor de seu voto – Revisitado
631 – O valor de seu voto – Revisitado
Mais discussão de ano de eleição: afinal o que é o ...

Ver mais

630 – Outra Guerreira – Simone Mozilli
630 – Outra Guerreira – Simone Mozilli
Este é outro Café Brasil que reproduz na íntegra um ...

Ver mais

629 – Gramsci e os Cadernos do Cárcere
629 – Gramsci e os Cadernos do Cárcere
Essa aparente doideira que aí está não é doideira. É ...

Ver mais

628 – O olhar de pânico
628 – O olhar de pânico
Aí você para, cansado, desmotivado, olha em volta e se ...

Ver mais

LíderCast 125 – João Amoêdo
LíderCast 125 – João Amoêdo
Decidimos antecipar o LíderCast com o João Amoêdo ...

Ver mais

LíderCast 124 – Sidnei Alcântara Oliveira
LíderCast 124 – Sidnei Alcântara Oliveira
Segunda participação no LíderCast, com uma história que ...

Ver mais

LíderCast 123 – Augusto Pinto
LíderCast 123 – Augusto Pinto
Empreendedor com uma história sensacional de quem ...

Ver mais

LíderCast 122 – Simone Mozzilli
LíderCast 122 – Simone Mozzilli
Uma empreendedora da área de comunicação, que descobre ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Júlio de Mesquita Filho e a contrarrevolução cultural
Jota Fagner
Origens do Brasil
A ideia de concentração hegemônica não é exclusividade de Gramsci, outros autores de diferentes espectros ideológicos propuseram caminhos parecidos. Júlio de Mesquita Filho é um deles É preciso ...

Ver mais

Imagine uma facada diferente
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Imagine Fernando Haddad sendo vítima de uma tentativa de assassinato. Por um ex-militante do DEM ou do PSL, no mesmo dia em que Bolsonaro quase morreu pelas mãos de um ex-PSOL. Primeiramente, os ...

Ver mais

Uma discussão sobre inteligência artificial na educação
Mauro Segura
Transformação
Uma discussão sobre os benefícios que as novas tecnologias podem trazer para a educação brasileira. Mas será que estamos preparados para isso?

Ver mais

A burocracia e a Ignorância Artificial
Henrique Szklo
O Estado brasileiro, desde 1500, tem se esmerado em atravancar qualquer mecanismo da administração pública com um emaranhado de processos burocráticos de alta complexidade, difícil interpretação ...

Ver mais

Cafezinho 109 – Zeitgeist Tropical
Cafezinho 109 – Zeitgeist Tropical
E hoje? Qual é o zeitgeist do Brasil?

Ver mais

Cafezinho 108 – O Ismo Quântico
Cafezinho 108 – O Ismo Quântico
O Ismo Quântico é o fenômeno que acontece quando o ...

Ver mais

Cafezinho 107 – O voto proporcional
Cafezinho 107 – O voto proporcional
Seu voto, antes de ir para um candidato, vai para um ...

Ver mais

Cafezinho 106 – Sobre fake news
Cafezinho 106 – Sobre fake news
Fake News são como ervas daninhas, não se combate ...

Ver mais

Em quem votar?

Em quem votar?

Luciano Pires -

Moro em São Paulo e nas eleições terei que escolher entre nove candidatos a Presidente, nove a Governador, 15 a Senador, 1.162 a Deputado Federal e 1.771 a Deputado Estadual. Que desafio… Pois hoje quero contar como fiz minhas escolhas usando o conceito da “motivação”.

Sabe o goleiro famoso que está sendo acusado de mandar matar a amante? E o advogado suspeito de matar a ex-namorada advogada afogada na represa? Qual é a coisa mais importante que os detetives encarregados de solucionar esses crimes buscam? A motivação. Encontrada a motivação para o crime, as evidências encadeiam-se para apontar o culpado. No caso do goleiro Bruno, a motivação apareceu quando foram comprovadas ameaças da vítima de contar o que sabia… No caso da advogada a motivação não convenceu a justiça e o suspeito continua livre.

Motivação é o processo físico e psicológico que nos impulsiona em direção a um objetivo definido. Se a motivação vem de dentro da gente, é um impulso. Vindo de fora, é um incentivo.

Por exemplo, sua vontade por sexo é o impulso que levará você a sair esta noite para a balada, à caça de alguém que ajude a satisfazer essa necessidade. E a visão da Mulher-Melancia dançando será o incentivo para que você a aborde… Quem sabe dá samba, né? Pois é. Para chegar ao objetivo que buscamos, tanto o impulso como o incentivo se somam, provocando a ação.

Bem, mas esse é um assunto para psicólogos. Quero é contar como usei esse conceito do “impulso + incentivo = motivação” para decidir em quem votarei.

Comecei eliminando os partidos que defendem bandeiras contrárias a meus valores e convicções. Depois eliminei os candidatos que considerei apenas ferramentas para conquistar votos, como artistas, jogadores de futebol, palhaços, etc. Em seguida, botei fora os candidatos oportunistas ou sem histórico de vida que indique que possam fazer da política uma atividade séria. E por fim, dei adeus aos candidatos que não tinham um site com suas propostas escritas. Bem escritas.

Só com essas medidas os candidatos a presidente, governador e os dois senadores surgiram naturalmente. Restaram cerca de cinco federais e seis estaduais.

Parti então para uma reflexão sobre o que os motivou a seguir a carreira de político. Quais seriam seus impulsos? A vontade de fazer o bem aos semelhantes? De impedir que bandidos pintem e bordem? De ser reconhecido? De “se arranjar”?

E o incentivo? O exemplo de um parente político? O convite de um partido político? Um network poderoso?

Conversei com alguns candidatos e com quem os conhece. Li suas propostas. Dei uma busca no Google sobre eles. Investi tempo no processo e quando me convenci de que encontrara as motivações dos candidatos, a lista ficou pronta.

Mas o mais legal é: estou feliz, pois votarei consciente!

Seguro de ter feito as melhores escolhas, eu gostaria sinceramente de saber qual foi a sua receita para escolher seus candidatos. Comente em www.portalcafebrasil.com.br .

Putz, só agora percebi que juntei crime, sexo e política no mesmo texto!

Foi sem querer…

Luciano Pires