Artigos Café Brasil
Quem faz nossa cabeça
Quem faz nossa cabeça
Isca intelectual de Luciano Pires. Imagino uma criança ...

Ver mais

A “Netflix de Conteúdo”
A “Netflix de Conteúdo”
Surge o Café Brasil Premium, uma espécie de "Netflix do ...

Ver mais

OrgulhoDeSerCorrupto
OrgulhoDeSerCorrupto
Isca intelectual de Luciano Pires. Neste Brasil ...

Ver mais

O moço do Uber
O moço do Uber
Isca intelectual de Luciano Pires relatando uma ...

Ver mais

558 – O Café Brasil Premium
558 – O Café Brasil Premium
Podcast Café Brasil 558 - O Café Brasil Premium. No ...

Ver mais

557 – Três princípios para falar de Justiça
557 – Três princípios para falar de Justiça
Podcast Café Brasil 557 - Três princípios para falar de ...

Ver mais

556 – Certos abraços – Revisitado
556 – Certos abraços – Revisitado
Podcast Café Brasil 556 - Certos abraços - Revisitado. ...

Ver mais

555 – Uma proposta para reforma da Previdência
555 – Uma proposta para reforma da Previdência
Podcast Café Brasil 555 - Uma proposta para transformar ...

Ver mais

LíderCast 066 – Alex Bezerra de Menezes
LíderCast 066 – Alex Bezerra de Menezes
Hoje converso com Alex Bezerra de Menezes, que é Clark ...

Ver mais

LíderCast 065 – Antonio Carlos Sartini
LíderCast 065 – Antonio Carlos Sartini
Hoje recebo Antonio Carlos de Moraes Sartini, Bacharel ...

Ver mais

LíderCast 064 – Luiz Henrique Romagnoli
LíderCast 064 – Luiz Henrique Romagnoli
Hoje recebo o Roma, Luiz Henrique Romagnoli, que faz ...

Ver mais

LíderCast 063 – Diogenes Lucca
LíderCast 063 – Diogenes Lucca
Hoje converso com Diogenes Luca, fundador e ex-comando ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

Champagne a 21 mil dólares: como funciona a melhor balada de Hollywood
Raiam Santos
Se você tá chegando agora nesse humilde site, bem vindo! Meu nome é Raiam Santos, vivo de escrever livros, não levo minha vida muito a sério e gosto de fazer uns “experimentos ...

Ver mais

Uma nova vida em dois anos
Tom Coelho
Sete Vidas
“Semeia um pensamento, colhe um ato; semeia um ato, colhe um hábito; semeia um hábito, colhe um caráter; semeia um caráter, colhe um destino.” (Marion Lawense)   A vida me tem sido um ...

Ver mais

Quando sucesso e dinheiro não resolvem teu problema
Raiam Santos
Esse aqui é um post que foge um pouco da pegada recente aqui do MundoRaiam.com. Hoje não tem Fiverr, não tem audiolivros, não tem viagem pra Ásia e nem experimento social. Acho que nunca escrevi ...

Ver mais

Duas listas diferentes
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Já assistiu A Lista de Schindler? Não? Assista, é excelente. Já viu? Veja de novo. Uma das cenas mais tocantes é a da elaboração da lista de pessoas que o protagonista pretende “comprar” do ...

Ver mais

Em quem votar?

Em quem votar?

Luciano Pires -

Moro em São Paulo e nas eleições terei que escolher entre nove candidatos a Presidente, nove a Governador, 15 a Senador, 1.162 a Deputado Federal e 1.771 a Deputado Estadual. Que desafio… Pois hoje quero contar como fiz minhas escolhas usando o conceito da “motivação”.

Sabe o goleiro famoso que está sendo acusado de mandar matar a amante? E o advogado suspeito de matar a ex-namorada advogada afogada na represa? Qual é a coisa mais importante que os detetives encarregados de solucionar esses crimes buscam? A motivação. Encontrada a motivação para o crime, as evidências encadeiam-se para apontar o culpado. No caso do goleiro Bruno, a motivação apareceu quando foram comprovadas ameaças da vítima de contar o que sabia… No caso da advogada a motivação não convenceu a justiça e o suspeito continua livre.

Motivação é o processo físico e psicológico que nos impulsiona em direção a um objetivo definido. Se a motivação vem de dentro da gente, é um impulso. Vindo de fora, é um incentivo.

Por exemplo, sua vontade por sexo é o impulso que levará você a sair esta noite para a balada, à caça de alguém que ajude a satisfazer essa necessidade. E a visão da Mulher-Melancia dançando será o incentivo para que você a aborde… Quem sabe dá samba, né? Pois é. Para chegar ao objetivo que buscamos, tanto o impulso como o incentivo se somam, provocando a ação.

Bem, mas esse é um assunto para psicólogos. Quero é contar como usei esse conceito do “impulso + incentivo = motivação” para decidir em quem votarei.

Comecei eliminando os partidos que defendem bandeiras contrárias a meus valores e convicções. Depois eliminei os candidatos que considerei apenas ferramentas para conquistar votos, como artistas, jogadores de futebol, palhaços, etc. Em seguida, botei fora os candidatos oportunistas ou sem histórico de vida que indique que possam fazer da política uma atividade séria. E por fim, dei adeus aos candidatos que não tinham um site com suas propostas escritas. Bem escritas.

Só com essas medidas os candidatos a presidente, governador e os dois senadores surgiram naturalmente. Restaram cerca de cinco federais e seis estaduais.

Parti então para uma reflexão sobre o que os motivou a seguir a carreira de político. Quais seriam seus impulsos? A vontade de fazer o bem aos semelhantes? De impedir que bandidos pintem e bordem? De ser reconhecido? De “se arranjar”?

E o incentivo? O exemplo de um parente político? O convite de um partido político? Um network poderoso?

Conversei com alguns candidatos e com quem os conhece. Li suas propostas. Dei uma busca no Google sobre eles. Investi tempo no processo e quando me convenci de que encontrara as motivações dos candidatos, a lista ficou pronta.

Mas o mais legal é: estou feliz, pois votarei consciente!

Seguro de ter feito as melhores escolhas, eu gostaria sinceramente de saber qual foi a sua receita para escolher seus candidatos. Comente em www.portalcafebrasil.com.br .

Putz, só agora percebi que juntei crime, sexo e política no mesmo texto!

Foi sem querer…

Luciano Pires