Artigos Café Brasil
#TransgressaoEhIsso
#TransgressaoEhIsso
Transgredir é muito mais que pintar o rosto, urinar na ...

Ver mais

Vem aí o Cafezinho
Vem aí o Cafezinho
Nasce nesta segunda, 4/9 o CAFEZINHO, podcast ...

Ver mais

Educação adulta
Educação adulta
Preocupados demais com a educação de nossos filhos, ...

Ver mais

É tudo soda
É tudo soda
Isca intelectual de Luciano Pires lembrando que ...

Ver mais

579 – A arte de falar merda
579 – A arte de falar merda
Tenha um filtro, meu caro, minha cara. Para o bem do ...

Ver mais

578 – O Círculo de ouro
578 – O Círculo de ouro
Você já parou para pensar que talvez ninguém faça ...

Ver mais

577 – Dois pra lá, dois pra cá
577 – Dois pra lá, dois pra cá
Existe uma divisão política, social e cultural no ...

Ver mais

576 – Gratitude
576 – Gratitude
Gratitude vem do inglês e francês e significa que ...

Ver mais

LíderCast 082 Bruno Soalheiro
LíderCast 082 Bruno Soalheiro
LiderCast 082 – Bruno Soalheiro – Bruno criou a ...

Ver mais

LíderCast 081 Lucia Helena Galvão Maya
LíderCast 081 Lucia Helena Galvão Maya
LíderCast 081 – Lúcia Helena Galvão Maya é diretora da ...

Ver mais

LíderCast 080 Tito Gusmão
LíderCast 080 Tito Gusmão
LíderCast 080 – Tito Gusmão – Tito Gusmão é um jovem ...

Ver mais

LíderCast 079 Marcio Appel
LíderCast 079 Marcio Appel
LíderCast 079 –Marcio Appel executivo à frente da ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

Aplicando 5S nos escritórios de advocacia
Tom Coelho
Sete Vidas
“Com organização e tempo, acha-se o segredo de fazer tudo, e fazer bem-feito.” (Pitágoras)   Em Administração, utilizamos um expediente importado lá do Oriente, mais precisamente do Japão ...

Ver mais

Sorte? Jura?
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Chamam a atenção frases do tipo… “Não me inveje, trabalhe!”. Costuma enfeitar vidros traseiros e para-choques de caminhão. E o motivo é simples: Pode não decorar um luxuosíssimo Bugatti ...

Ver mais

Os jacobinos da “nova direita”
Bruno Garschagen
Ciência Política
Quando os antissocialistas mimetizam a mentalidade e a ação política do inimigo, tornam-se o espelho da perfídia.

Ver mais

A hora e a vez da criatividade
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
A hora e a vez da criatividade  Por que não no Brasil? “Eu olho para as coisas como elas sempre foram e pergunto: Por quê? Eu olho para as coisas como elas poderão vir a ser e pergunto: Por que ...

Ver mais

Cafezinho 7 – Polícia Federal – O filme
Cafezinho 7 – Polícia Federal – O filme
Ou eu dei azar ou quem PRECISA assistir o filme, para ...

Ver mais

Cafezinho 6 – Celebrando o fracasso
Cafezinho 6 – Celebrando o fracasso
Sobre como aprender com nossos insucessos, ...

Ver mais

Cafezinho 5 – Pimenta Azteca
Cafezinho 5 – Pimenta Azteca
O nome disso é livre mercado, goste você de Pimenta ...

Ver mais

Cafezinho 4 – A intolerância
Cafezinho 4 – A intolerância
Uma organização conhecida por investir em cultura ...

Ver mais

É o dente, atendente!

É o dente, atendente!

Luciano Pires -

Um dos programas em minha última visita a Nova Iorque era comprar um IPad na loja da Apple na Quinta Avenida. É claro que “comprar um IPad” é diferente de “comprar um IPad na loja da Apple da Quinta Avenida”. Pode ser que isso nada signifique para quem não é fissurado em tecnologia, mas pra quem é, faz toda a diferença. É mais ou menos como comprar um Acarajé lá na Dinha em Salvador ou uma imagem de Nossa Senhora lá na Basílica de Aparecida, sabe como é? A loja da Apple na Quinta Avenida é um ícone da inovação e visitá-la é hoje um programa obrigatório para os nerds e semi-nerds de plantão.

Recebi uma dica de uns brasileiros que encontrei no hotel:

– Eles só tem o aparelho de madrugada.

Devido ao sucesso do IPad, encontrá-lo no modelo que a gente quer é um desafio. Fiz o que eles recomendaram e fui para a loja por volta de meia noite. Encontrei-a lotada, com centenas de pessoas olhando as ofertas. Achei uma mesa livre com um IPad em exposição e no próprio aparelho acionei o ícone que chamava um consultor. Recebi a mensagem de que eu era o 8º. da fila e que dentro de alguns minutos o fulano de tal me atenderia. Dito e feito. Passado precisamente o tempo previsto, maravilhado vejo chegar o atendente com o jaleco azul característico da Apple e com aquela cara de nerd. E dentes podres.

Sim, você leu direito, os dentes da frente, a fachada, com um buraco no meio e pretos. Eu simplesmente não conseguia tirar os olhos dos dentes do sujeito, nem mesmo para olhar o IPad.

Cara, eu estava na loja da Apple, em Manhattan, na Quinta Avenida, debaixo daquela caixa de vidro famosa! Eu estava no templo mundial da tecnologia, onde tudo que o gênio humano consegue produzir de mais avançado estava ao meu alcance. Eu estava diante da quintessência da evolução tecnológica. Mas o cara que me atendia tinha o dente podre. Ele não era um nerd qualquer vendendo um produto. Naquele momento ele era a Apple em pessoa. Fiquei chocado. 
Mas o que é que o estado dos dentes do atendente tinha a ver com sua competência técnica? O dente do atendente mudaria a qualidade do IPad? Deixaria mais caro ou mais barato? Impactaria de alguma forma na performance do aparelho? Mudaria a sensação de “comprar um IPad na loja da Apple da Quinta Avenida”? Não mesmo.

Mas aqueles dentes causaram uma péssima impressão. Foi então que o alarme do politicamente correto soou:

– Preconceito! Preconceito! Você está manifestando preconceito contra um indivíduo dentalmente prejudicado…

Refleti bastante e concluí: preconceito? Na loja ícone do que há de melhor no mundo? Na expressão maior da qualidade e preocupação com praticidade,  inovação e design? Preconceito uma ova! Minha má impressão com os dentes podres do atendente é con-ceito!

Bem, eles não tinham o aparelho em estoque. Voltei para o hotel naquela madrugada novaiorquina sem minha compra e sem algumas ilusões, destruídas pelo dente do atendente. 

Comprei meu IPad na Best Buy.

Luciano Pires