Artigos Café Brasil
1964 – O Brasil entre armas e livros
1964 – O Brasil entre armas e livros
Um documentário para ser visto como outro ângulo pelo ...

Ver mais

Os Podcasts Café Brasil Musicais
Os Podcasts Café Brasil Musicais
Música é uma de nossas grandes paixões, por isso de ...

Ver mais

#DicaNetFlix Trotsky
#DicaNetFlix Trotsky
É uma série de terror. Tem assassinos em série, ...

Ver mais

Visualizando as estruturas do discurso do Portal Café Brasil
Visualizando as estruturas do discurso do Portal Café Brasil
Se você se aproximar do Café Brasil, prepare-se para ...

Ver mais

661 – A teoria do valor subjetivo
661 – A teoria do valor subjetivo
O mercado é o resultado da interação entre milhões de ...

Ver mais

660 – Na esquina da sua casa
660 – Na esquina da sua casa
Não espere que o Estado se preocupe com o indivíduo. O ...

Ver mais

659 – Empreendedorismo no Palco
659 – Empreendedorismo no Palco
Muitos anos atrás, acho que uns 20, fui convidado para ...

Ver mais

658 – Chá com a gente
658 – Chá com a gente
Este programa reproduz a edição especial do Podcast Chá ...

Ver mais

LíderCast 149 – Ronaldo Tenório
LíderCast 149 – Ronaldo Tenório
Empreendedor, que vem lá do nordeste para mudar a vida ...

Ver mais

LíderCast 148 – Bruno Busquet
LíderCast 148 – Bruno Busquet
CEO da Tupiniq,In Inside Out Agency e president do ...

Ver mais

LíderCast 147 – Sherlock Gomes
LíderCast 147 – Sherlock Gomes
Músico, um guitarrista e baixista excepcional cuja ...

Ver mais

LíderCast 146 – Cândido Pessoa
LíderCast 146 – Cândido Pessoa
Um intelectual, professor no Paradigma centro de ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Que falta faz Roberto Campos!
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Que falta faz Roberto Campos!  Homenagem em três livros “O bem que o Estado pode fazer é limitado; o mal, infinito. O que ele nos pode dar é sempre menos do que nos pode tirar.” Roberto Campos ...

Ver mais

O copo, a água e o STF
Carlos Nepomuceno
RESUMO DA LIVE: LIVE COMPLETA: https://web.facebook.com/carlos.nepomuceno/videos/10157256876268631 RESUMO DAS LIVES ANTERIORES: https://www.youtube.com/playlist?list=PL7XjPl0uOsj8TxfUISqzcl4YrxYBC0vOw

Ver mais

O Rock, Bruce Springsteen e uma lição sobre liderança!
Jeison Arenhart De Bastiani
Outro dia assisti boquiaberto algo que não sei muito bem como descrever, mas posso afirmar que foi incrível e vou contar para você como um músico (que confesso não acompanhar muito) me deu uma ...

Ver mais

100 dias de Bolsonaro
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
100 dias de Bolsonaro Mais dúvidas e incertezas do que avanços concretos “O discurso liberal, que parece ser o principal pilar da agenda econômica, está sendo obscurecido por dois outros ...

Ver mais

Cafezinho 169 – O silêncio das pedras
Cafezinho 169 – O silêncio das pedras
Há silêncios e silêncios. Há o silêncio das pedras. Há ...

Ver mais

Cafezinho 168 – O que nos define
Cafezinho 168 – O que nos define
O que nos define são os adversários que vencemos.

Ver mais

Cafezinho 167 – Monstros da negatividade
Cafezinho 167 – Monstros da negatividade
“O otimista é o pessimista bem informado”, lembra ...

Ver mais

Cafezinho 166 – O nobre
Cafezinho 166 – O nobre
Este Brasil de 2019 é muito diferente daquele de 2015.

Ver mais

É o dente, atendente!

É o dente, atendente!

Luciano Pires -

Um dos programas em minha última visita a Nova Iorque era comprar um IPad na loja da Apple na Quinta Avenida. É claro que “comprar um IPad” é diferente de “comprar um IPad na loja da Apple da Quinta Avenida”. Pode ser que isso nada signifique para quem não é fissurado em tecnologia, mas pra quem é, faz toda a diferença. É mais ou menos como comprar um Acarajé lá na Dinha em Salvador ou uma imagem de Nossa Senhora lá na Basílica de Aparecida, sabe como é? A loja da Apple na Quinta Avenida é um ícone da inovação e visitá-la é hoje um programa obrigatório para os nerds e semi-nerds de plantão.

Recebi uma dica de uns brasileiros que encontrei no hotel:

– Eles só tem o aparelho de madrugada.

Devido ao sucesso do IPad, encontrá-lo no modelo que a gente quer é um desafio. Fiz o que eles recomendaram e fui para a loja por volta de meia noite. Encontrei-a lotada, com centenas de pessoas olhando as ofertas. Achei uma mesa livre com um IPad em exposição e no próprio aparelho acionei o ícone que chamava um consultor. Recebi a mensagem de que eu era o 8º. da fila e que dentro de alguns minutos o fulano de tal me atenderia. Dito e feito. Passado precisamente o tempo previsto, maravilhado vejo chegar o atendente com o jaleco azul característico da Apple e com aquela cara de nerd. E dentes podres.

Sim, você leu direito, os dentes da frente, a fachada, com um buraco no meio e pretos. Eu simplesmente não conseguia tirar os olhos dos dentes do sujeito, nem mesmo para olhar o IPad.

Cara, eu estava na loja da Apple, em Manhattan, na Quinta Avenida, debaixo daquela caixa de vidro famosa! Eu estava no templo mundial da tecnologia, onde tudo que o gênio humano consegue produzir de mais avançado estava ao meu alcance. Eu estava diante da quintessência da evolução tecnológica. Mas o cara que me atendia tinha o dente podre. Ele não era um nerd qualquer vendendo um produto. Naquele momento ele era a Apple em pessoa. Fiquei chocado. 
Mas o que é que o estado dos dentes do atendente tinha a ver com sua competência técnica? O dente do atendente mudaria a qualidade do IPad? Deixaria mais caro ou mais barato? Impactaria de alguma forma na performance do aparelho? Mudaria a sensação de “comprar um IPad na loja da Apple da Quinta Avenida”? Não mesmo.

Mas aqueles dentes causaram uma péssima impressão. Foi então que o alarme do politicamente correto soou:

– Preconceito! Preconceito! Você está manifestando preconceito contra um indivíduo dentalmente prejudicado…

Refleti bastante e concluí: preconceito? Na loja ícone do que há de melhor no mundo? Na expressão maior da qualidade e preocupação com praticidade,  inovação e design? Preconceito uma ova! Minha má impressão com os dentes podres do atendente é con-ceito!

Bem, eles não tinham o aparelho em estoque. Voltei para o hotel naquela madrugada novaiorquina sem minha compra e sem algumas ilusões, destruídas pelo dente do atendente. 

Comprei meu IPad na Best Buy.

Luciano Pires