Artigos Café Brasil
É tudo soda
É tudo soda
Isca intelectual de Luciano Pires lembrando que ...

Ver mais

A selhófrica da pleita
A selhófrica da pleita
Isca intelectual de Luciano Pires tratando do nonsense ...

Ver mais

Freestyle
Freestyle
Isca Intelectual de Luciano Pires dizendo que quando ...

Ver mais

O Cagonauta
O Cagonauta
Isca intelectual de Luciano Pires. Se o seu chefe é um ...

Ver mais

567 – Carta ao jovem desempregado
567 – Carta ao jovem desempregado
Podcast Café Brasil 567 - Carta ao jovem desempregado. ...

Ver mais

Café Brasil Curto 04 – O preço da liberdade
Café Brasil Curto 04 – O preço da liberdade
Isca intelectual de Luciano Pires lembrando que ...

Ver mais

Café Brasil Curto 03 – FISCALMENTE ILUDIDOS
Café Brasil Curto 03 – FISCALMENTE ILUDIDOS
Isca intelectual de Luciano Pires lembrando que não ...

Ver mais

Café Brasil Curto 02 – A FORMATURA
Café Brasil Curto 02 – A FORMATURA
Isca intelectual de Luciano Pires lembrando que quem ...

Ver mais

LíderCast 070 – Alexandre Barroso
LíderCast 070 – Alexandre Barroso
Hoje conversamos com Alexandre Barroso, num programa ...

Ver mais

LíderCast 069 – Panela Produtora
LíderCast 069 – Panela Produtora
Hoje converso com Daniel, Filipe, Janjão e Rhaissa ...

Ver mais

LíderCast 068 – Gilmar Lopes
LíderCast 068 – Gilmar Lopes
Hoje converso com Gilmar Lopes, que de pedreiro se ...

Ver mais

LíderCast 067 – Roberto Caruso
LíderCast 067 – Roberto Caruso
Hoje conversamos com Roberto Caruso, um empreendedor ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

Ainda sobre a competitividade
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Ainda sobre a competitividade Algumas comparações “A competitividade de um país não começa nas indústrias ou nos laboratórios de engenharia. Ela começa na sala de aula.” Lee Iacocca Meu último ...

Ver mais

Faz isso não…
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Temer, ao contrário de Dilma, é um político experiente, com muitos anos de vivência no ramo. Daí o estranhamento acerca dos erros que vem cometendo, de forma infantil, na condução da política ...

Ver mais

Dukkha
Filipe Aprigliano
Iscas do Apriga
Isca intelectual de Filipe Aprigliano sobre a primeira nobre verdade.

Ver mais

O furo no casco
Filipe Aprigliano
Iscas do Apriga
Isca Intelectual de Filipe Aprigliano sobre definir prioridades na eventualidade da tomada do poder por psicopatas.

Ver mais

É o dente, atendente!

É o dente, atendente!

Luciano Pires -

Um dos programas em minha última visita a Nova Iorque era comprar um IPad na loja da Apple na Quinta Avenida. É claro que “comprar um IPad” é diferente de “comprar um IPad na loja da Apple da Quinta Avenida”. Pode ser que isso nada signifique para quem não é fissurado em tecnologia, mas pra quem é, faz toda a diferença. É mais ou menos como comprar um Acarajé lá na Dinha em Salvador ou uma imagem de Nossa Senhora lá na Basílica de Aparecida, sabe como é? A loja da Apple na Quinta Avenida é um ícone da inovação e visitá-la é hoje um programa obrigatório para os nerds e semi-nerds de plantão.

Recebi uma dica de uns brasileiros que encontrei no hotel:

– Eles só tem o aparelho de madrugada.

Devido ao sucesso do IPad, encontrá-lo no modelo que a gente quer é um desafio. Fiz o que eles recomendaram e fui para a loja por volta de meia noite. Encontrei-a lotada, com centenas de pessoas olhando as ofertas. Achei uma mesa livre com um IPad em exposição e no próprio aparelho acionei o ícone que chamava um consultor. Recebi a mensagem de que eu era o 8º. da fila e que dentro de alguns minutos o fulano de tal me atenderia. Dito e feito. Passado precisamente o tempo previsto, maravilhado vejo chegar o atendente com o jaleco azul característico da Apple e com aquela cara de nerd. E dentes podres.

Sim, você leu direito, os dentes da frente, a fachada, com um buraco no meio e pretos. Eu simplesmente não conseguia tirar os olhos dos dentes do sujeito, nem mesmo para olhar o IPad.

Cara, eu estava na loja da Apple, em Manhattan, na Quinta Avenida, debaixo daquela caixa de vidro famosa! Eu estava no templo mundial da tecnologia, onde tudo que o gênio humano consegue produzir de mais avançado estava ao meu alcance. Eu estava diante da quintessência da evolução tecnológica. Mas o cara que me atendia tinha o dente podre. Ele não era um nerd qualquer vendendo um produto. Naquele momento ele era a Apple em pessoa. Fiquei chocado. 
Mas o que é que o estado dos dentes do atendente tinha a ver com sua competência técnica? O dente do atendente mudaria a qualidade do IPad? Deixaria mais caro ou mais barato? Impactaria de alguma forma na performance do aparelho? Mudaria a sensação de “comprar um IPad na loja da Apple da Quinta Avenida”? Não mesmo.

Mas aqueles dentes causaram uma péssima impressão. Foi então que o alarme do politicamente correto soou:

– Preconceito! Preconceito! Você está manifestando preconceito contra um indivíduo dentalmente prejudicado…

Refleti bastante e concluí: preconceito? Na loja ícone do que há de melhor no mundo? Na expressão maior da qualidade e preocupação com praticidade,  inovação e design? Preconceito uma ova! Minha má impressão com os dentes podres do atendente é con-ceito!

Bem, eles não tinham o aparelho em estoque. Voltei para o hotel naquela madrugada novaiorquina sem minha compra e sem algumas ilusões, destruídas pelo dente do atendente. 

Comprei meu IPad na Best Buy.

Luciano Pires