Artigos Café Brasil
O dia seguinte
O dia seguinte
Com o aumento considerável do mercado de palestrantes ...

Ver mais

Fact Check? Procure o viés.
Fact Check? Procure o viés.
Investigar o que é verdade e o que é mentira - com base ...

Ver mais

O impacto das mídias sociais nas eleições
O impacto das mídias sociais nas eleições
Baixe a pesquisa da IdeiaBigdata que mostra o impacto ...

Ver mais

Síntese de indicadores sociais 2016 do IBGE
Síntese de indicadores sociais 2016 do IBGE
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - ...

Ver mais

622 – O Esfíncter Intelectual
622 – O Esfíncter Intelectual
Existe gente que não controla seu esfíncter intelectual ...

Ver mais

Café Brasil 621 – Orgulho de Ser Brasileiro
Café Brasil 621 – Orgulho de Ser Brasileiro
Em junho de 2018 realizamos o II Sarau Café Brasil, ...

Ver mais

Café Brasil 620 – Democracia, tolerância e censura
Café Brasil 620 – Democracia, tolerância e censura
"Se começarmos a cercar com paredes aquilo que alguns ...

Ver mais

619 – LíderCast 9
619 – LíderCast 9
Neste programa apresentamos os convidados da Temporada ...

Ver mais

LíderCast 116 – Roberto Motta
LíderCast 116 – Roberto Motta
Empreendedor, professor, engenheiro, mestre em gestão, ...

Ver mais

LíderCast 115 – Nailor Marques Jr
LíderCast 115 – Nailor Marques Jr
Professor, palestrante, uma das mentes mais divertidas ...

Ver mais

LíderCast 114 -Alexandre Ostrowiecki
LíderCast 114 -Alexandre Ostrowiecki
Empreendedor, com uma história incrível de como o ...

Ver mais

LíderCast 113 – Glaucimar Peticov
LíderCast 113 – Glaucimar Peticov
“Eu não tenho muros, só tenho horizontes” é a frase de ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

O elogio do vira-lata
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
O elogio do vira-lata “Aquele que for somente um economista não tem condições de ser um bom economista, pois todos os nossos problemas tocam em questões de filosofia.” Friedrich von ...

Ver mais

É milagre, Crivella?
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
O Rio de Janeiro continua lindo Gil, e complicado; mais do que isso, espantoso. Não dá pra entender a razão pela qual os fluminenses elegem gente (latu sensu, ófi córsi) como Anthony Garotinho, ...

Ver mais

O despertador intelectual e a origem das ideias
Jota Fagner
Origens do Brasil
Possivelmente você teve uma pessoa que, em determinado momento de sua vida, acendeu a faísca da sua curiosidade sobre determinado assunto ou área do conhecimento. Talvez tenha sido mais de uma ...

Ver mais

Os caminhos para editar um livro
Isqueiro isqueiro
Muitas pessoas investem um tempo considerável colocando suas histórias e lições de forma escrita, para se perpetuarem na forma de livros. Mas, ao concluírem o texto, muitas vezes o guardam em ...

Ver mais

Cafezinho 91 – Os outros
Cafezinho 91 – Os outros
A sensação de culpa existe como um mecanismo que nos ...

Ver mais

Cafezinho 90 – Armadura Emocional
Cafezinho 90 – Armadura Emocional
Você tem que ser capaz de gerenciar suas próprias ...

Ver mais

Cafezinho 89 – Manifesto
Cafezinho 89 – Manifesto
Quero um mundo melhor, igualzinho a você. Talvez ...

Ver mais

Cafezinho 88 – A Teoria da Ilusão Fiscal
Cafezinho 88 – A Teoria da Ilusão Fiscal
Não existem soluções novas. O que existe é ignorância velha.

Ver mais

Desconfio

Desconfio

Luciano Pires -

Ando desconfiado. Desconfio do que leio nos jornais. Desconfio do que vejo na TV. Desconfio do que recebo pela internet. Desconfio das estatísticas dos políticos. Desconfio das estatísticas dos economistas. Desconfio do desconto na loja. Desconfio da promoção da empresa de telefonia. Desconfio do brinde no posto de gasolina. Desconfio do vendedor. Desconfio do padre. Desconfio do policial. Desconfio do eletricista. Desconfio da pessoa que me aborda para perguntar as horas. Desconfio de quem defende o governo. Desconfio de quem ataca o governo. Desconfio de quem não gosta de política. Desconfio do técnico do meu time. Desconfio do filme que ganhou o Oscar. Desconfio do vinho que me servem. Pior: desconfio que estou educando meus filhos a desconfiar dos outros.

Tô ficando louco? Velho? Ranzinza? Ou sou apenas um brasileiro deste início de milênio, igualzinho a você?

Meio século de vida me mostrou que confiar cegamente é perigoso, mas a impressão que tenho é que saí do oito pro oitenta! E descobri que não sou dos mais intolerantes. Meus amigos também desconfiam!

Um estudioso norte-americano chamado Robert Putnan escreveu que “uma sociedade caracterizada pela reciprocidade generalizada é mais eficiente que uma sociedade desconfiada”.

Sociedade desconfiada…

Essa é a melhor definição para o momento atual. Diga sinceramente: em quem ou no que você confia?

Você provavelmente vai perceber que a resposta cairá em sua família ou em algum deus. Dificilmente em alguma instituição pública ou privada. Pois houve um tempo em que confiávamos na Justiça . Na polícia. Nos políticos. No professor. No padre. No jornal.

Estamos perdendo aquilo que Robert Putnan definiu como “capital social”. Nos últimos cinquenta anos assistimos à redução do envolvimento cívico e político, dos laços sociais informais, da tolerância e da confiança. Passamos menos tempo com os amigos, frequentamos menos clubes, nos afastamos da política, dedicamos horas e horas à TV e recebemos pela imprensa uma carga diária de catástrofes que nos transformam em indivíduos medrosos, descrentes e desconfiados.

Inspirar confiança, então, passa a ser uma tarefa quase impossível. Integridade e caráter tornam-se elementos-chave.

E pense bem: quais são as demonstrações de integridade e caráter a que você assistiu nos últimos dias? Últimos meses? Últimos anos?

Tá difícil de lembrar?

Por isso desconfio.

Este texto foi escrito em 2006 e publicado em meu livro Nóis…Qui Invertemo As Coisa. Desconfio que nada mudou.

Luciano Pires