Artigos Café Brasil
Cafezinho Live
Cafezinho Live
Luciano Pires, criador e apresentador dos podcasts Café ...

Ver mais

Me Engana Que Eu Gosto
Me Engana Que Eu Gosto
Me engana que eu gosto: dois meio brasis jamais somarão ...

Ver mais

Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando a hora do Podcast Café Brasil 700!

Ver mais

Aplicativos IOS e Android para o Café Brasil Premium!
Aplicativos IOS e Android para o Café Brasil Premium!
MUDANÇAS IMPORTANTES NO CAFÉ BRASIL PREMIUM A você que ...

Ver mais

710 – Todo mundo junto
710 – Todo mundo junto
Cara... que tempo louco estamos vivendo, não é? E no ...

Ver mais

709 – Sobre perguntas
709 – Sobre perguntas
O Sandro Magaldi e o José Salibi Neto são dois ...

Ver mais

708 – Manifesto do Educador Honesto
708 – Manifesto do Educador Honesto
Afinal de contas, o que é um educador? É uma professora ...

Ver mais

707 – O benefício da dúvida – Revisitado
707 – O benefício da dúvida – Revisitado
O programa de hoje é a revisita a um episódio publicado ...

Ver mais

LíderCast 192 – Eduardo Villela
LíderCast 192 – Eduardo Villela
Homem dos livros, mas de fazer livros. Com extensa ...

Ver mais

LíderCast 191 – Giovani Colacicco
LíderCast 191 – Giovani Colacicco
Professor do Departamento de Ciências Contábeis da ...

Ver mais

LíderCast 190 – Alcides Braga
LíderCast 190 – Alcides Braga
De office boy a dono da Truckvan, uma história ...

Ver mais

LíderCast 189 – Deborah Alves
LíderCast 189 – Deborah Alves
Jovem empreendedora, formada em Ciência da Computação e ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Aprenderemos algo?
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Sim… afinal, não é possível que atravessemos esse inferno “coronário” sem tirar algum ensinamento, alguma aprendizagem, disso tudo. No caso do brasileiro, alguma disciplina e respeito, e já ...

Ver mais

Liga e desliga
Chiquinho Rodrigues
Ela disse pra mim que gostar e desgostar eram coisas simples! Que existia dentro dela um botão de “liga e desliga”. Quando esse botão estava no “liga” era porque ela ...

Ver mais

Vivendo e aprendendo
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Vivendo e aprendendo  Lições da quarentena “Vivendo e aprendendo a jogar Vivendo e aprendendo a jogar Nem sempre ganhando Nem sempre perdendo Mas, aprendendo a jogar.” Guilherme Arantes O mundo ...

Ver mais

Analogias inusuais
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Analogias inusuais  Para desenvolver a criatividade… e para entender as crises econômicas “Para os historiadores cada evento é único. Os economistas, entretanto, sustentam que as forças da ...

Ver mais

Cafezinho 267 – Cafezinho.Live
Cafezinho 267 – Cafezinho.Live
Escolha bem suas conexões para não infectar também a mente.

Ver mais

CAFEZINHO 266 – O QUE NÃO SE VÊ
CAFEZINHO 266 – O QUE NÃO SE VÊ
Neste momento em que para deter uma epidemia os ...

Ver mais

Cafezinho 265 – O Lado Cheio do Copo
Cafezinho 265 – O Lado Cheio do Copo
Vamos combater o novo Coronavirus com Fitness Intelectual.

Ver mais

Cafezinho 264 –  Não adianta mudar o rótulo.
Cafezinho 264 –  Não adianta mudar o rótulo.
Quando você muda o rótulo, pode até mudar o sentido da ação.

Ver mais

Coragens

Coragens

Luciano Pires -

Os deputados Raul Jungman e Fernando Gabeira me deixaram perplexo quando participaram daquela confusão na entrada do Congresso, no dia do julgamento de Renan Calheiros. Tentaram entrar no plenário do Senado e foram impedidos pelos seguranças, entre gritos e empurrões… Nunca imaginei vê-los saindo no tapa. Não combina com eles…
Pois naquele dia, como em tantos outros, assistimos a um confronto entre coragens. De um lado a coragem moral impelindo os deputados para dentro do plenário para fiscalizar uma votação que prometia ser – como foi – vergonhosamente arranjada. De outro lado a coragem física dos seguranças a serviço dos covardes morais impedindo-os de entrar.
No campo das discussões ideológicas, coragem física é arma de quem não tem capacidade para enfrentar desafios intelectuais. Faltam argumentos? Porrada! E em nossa sociedade, infelizmente, a coragem física é mais aceita e incentivada que a coragem moral.
A coragem física tem beleza plástica. Motiva. Faz história, recebe medalhas, aparece na mídia, produz heróis. A coragem física de um bombeiro que arrisca a vida, por exemplo. A coragem do policial que combate o criminoso. A coragem do soldado que enfrenta as balas do inimigo. A coragem do domador diante do leão. Do trapezista lançando-se no espaço. A coragem do atleta que se expõe a contusões em busca da vitória. A coragem de seu filho ou sobrinho, que tira as rodinhas de apoio da bicicleta e sai equilibrando-se pela primeira vez….
Já a coragem moral não é transmitida ao vivo pela televisão. E, se for, raramente é compreendida. Coragem moral é discreta, virtualmente invisível. É muito comum que seja exercida de forma solitária. Não dá pra sentir sua força . A coragem moral raramente dá medalha, pódio ou estatuetas. Não pode ser comprada nem emprestada. E por isso as pessoas não vêem importância nela.
Já a coragem física todo mundo vê. Implica numa certa truculência. Em treinamento incansável. No desenvolvimento de reflexos. No condicionamento para responder aos momentos de pressão. E pode ser comprada. Aqueles leões-de-chácara que quebram braços são comprados pelos covardes morais. E ganham sempre, na porrada, no curto prazo.
O que acontece hoje no Congresso brasileiro é uma luta quase impossível de três ou quatro dezenas de corajosos morais contra centenas de covardes morais, que atuam com portas fechadas, bem distantes de nossos olhos. O irônico é que nos bastidores do embate moral, a coragem física é mero instrumento, o que torna a coragem moral mais importante. No entanto… Como dar valor a uma coragem que ninguém vê? Ou entende? Que não interessa à mídia? Que não se aprende na escola? Que não é referência?
Talvez os corajosos morais devessem comprar uns corajosos físicos e organizar uma militância para impor a moral na porrada.
 
– Mas isso é imoral!
 
Pois é…