Artigos Café Brasil
O dia seguinte
O dia seguinte
Com o aumento considerável do mercado de palestrantes ...

Ver mais

Fact Check? Procure o viés.
Fact Check? Procure o viés.
Investigar o que é verdade e o que é mentira - com base ...

Ver mais

O impacto das mídias sociais nas eleições
O impacto das mídias sociais nas eleições
Baixe a pesquisa da IdeiaBigdata que mostra o impacto ...

Ver mais

Síntese de indicadores sociais 2016 do IBGE
Síntese de indicadores sociais 2016 do IBGE
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - ...

Ver mais

617 – O Clube da Música Autoral
617 – O Clube da Música Autoral
Uma das coisas mais fascinantes de quem se dispõe, como ...

Ver mais

616 – Na média
616 – Na média
Num ambiente construído para que as pessoas fiquem “na ...

Ver mais

615 – Fake News? Procure o viés
615 – Fake News? Procure o viés
Nova Iorque, madrugada de março de 1964. No bairro do ...

Ver mais

614 – Limão ou limonada
614 – Limão ou limonada
No começo dos anos 1970 apareceu um termo que anos mais ...

Ver mais

LíderCast 111 – Tiemi Yamashita
LíderCast 111 – Tiemi Yamashita
LíderCast 111 - Hoje conversamos com Tiemi Yamashita, ...

Ver mais

LíderCast 110 – Rafael Baltresca
LíderCast 110 – Rafael Baltresca
LíderCast 110 - Hoje conversamos com Rafael Baltresca, ...

Ver mais

LíderCast 109 – Romeo Busarello
LíderCast 109 – Romeo Busarello
LíderCast 109 - Hoje conversamos com Romeo Busarello, É ...

Ver mais

Lídercast 108 – Leandro Nunes
Lídercast 108 – Leandro Nunes
LíderCast 108 - Hoje conversamos com Leandro Nunes, um ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

Lições de viagem 11 – Santa Catarina
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Lições de viagem 11 Santa Catarina e seus diferenciais  Percebi que me encontrava num estado diferenciado na primeira vez que estive em Santa Catarina, em 1980, quando fui ministrar aulas em dois ...

Ver mais

Solidão em rede: estamos cada vez mais solitários
Mauro Segura
Transformação
Vivemos a "cultura do estresse", de não perder tempo e usar cada minuto para sermos mais produtivos. Mas isso tem um preço.

Ver mais

1936, 1984, 1918
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
A guerra civil espanhola (1936-1939) foi assustadora, cruel, mas teve seus lances tragicômicos. Um deles era a eterna bagunça entre as muitas facções que formavam as Forças Republicanas, ...

Ver mais

Região de conflito duplamente em foco
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Região de conflito duplamente em foco “Fronteiras? Nunca vi uma. Mas ouvi dizer que existem na mente de algumas pessoas.” Thor Heyerdahl Não é sempre que alguns dos focos mais controvertidos das ...

Ver mais

Cafezinho 81 – A Confederação
Cafezinho 81 – A Confederação
A Confederação mais eficiente do Brasil é a dos bandidos.

Ver mais

Cafezinho 80 – A Copa que era nossa
Cafezinho 80 – A Copa que era nossa
Ao contrário do que acreditam coxinhas e petralhas, o ...

Ver mais

Cafezinho 79 – Desengajados Ativos
Cafezinho 79 – Desengajados Ativos
Engajamento vem do francês engager, que quer dizer “se ...

Ver mais

Cafezinho 78 – Motivação e engajamento
Cafezinho 78 – Motivação e engajamento
Motivação é uma intenção pessoal, engajamento é um ...

Ver mais

Compre o CD do Luan Santana

Compre o CD do Luan Santana

Luciano Pires -

Recebo diariamente dezenas de releases de assessorias de comunicação que buscam promover seus clientes. De quando em quando aparece algo que chama a atenção. Esta semana foi este:

“Na semana da Páscoa, chega às lojas o quinto CD de Luan Santana, que, como sempre, terá toda a renda arrecadada com as vendas doada para instituições de caridade. Desde 2009, quase R$ 2milhões foram destinados a 24 entidades de diferentes cidades do país (…) Outros exemplos de doações são as para o hospital do Câncer de Barretos, beneficiado com R$ 550 mil e a instituição AACC (Associação dos Amigos das Crianças com Câncer) de Campo Grande – terra natal de Luan – que recebeu R$ 217 mil. Com o lançamento do CD Quando Chega a Noite, Luan Santana pretende beneficiar ainda mais instituições brasileiras.”

Em seguida aparece uma tabela com o detalhamento das doações, que eu publiquei em http://bit.ly/H0Cne5. Luan Santana é um garoto de 21 anos, muito longe da aposentadoria. Tornou-se sucesso nacional entre as jovens e adolescentes com um popzinho romântico que eles teimam chamar de “sertanejo”. O garoto juntou uma fortuna com a venda de shows ao longo dos últimos anos e ao realizar essas doações – e divulgar – está dando um grande exemplo. Ah, mas você acha que perto do que ele ganha o valor doado é uma ninharia? Que ele não deveria divulgar? Que ele desconta do Imposto de Renda? Que é oportunismo, jogada de marketing? Pô, ainda bem que é esse tipo de oportunismo! O popzinho romântico desaparecerá com o tempo, mas o legado do Luan está sendo muito maior que isso.

Comento essa ação do Luan Santana a propósito de um reencontro com um velho amigo, alto executivo de uma grande montadora. Conversamos sobre assuntos diversos, especialmente sobre uma pergunta: quando chegar a hora de parar de trabalhar, você vai fazer o quê? Meu amigo dizia, com uma ponta de desilusão, que sempre que falava com conhecidos a respeito de trabalho voluntário, as pessoas reagiam mal. A certa altura ele reagiu indignado quando um de seus interlocutores, muito bem sucedido, disse que “não trabalharia de graça”: – Pô, mas o que é que você vai fazer com mais dinheiro?

Chega uma época da vida em que a gente – ou ao menos quem tem uma vida equilibrada – deveria parar de guardar para usufruir o que foi guardado. Entenda “usufruir” como uma ação generosa, não é usufruir só consigo e com os seus, acumulando bens, fazendo viagens e cirurgias plásticas, mas devolvendo à sociedade um pouco do que ela lhe proporcionou. Generosidade. Altruísmo.

Nos Estados Unidos é normal que médicos abracem projetos humanitários e grandes executivos fiquem à frente de associações, museus, escolas. Lá ninguém considera o voluntariado como “trabalhar de graça”. Faz parte da cultura. Mas no Brasil… Aqui a única cultura possível parece ser a cultura do juntar mais. E mais.

Aquele meu amigo vai ter que batalhar até encontrar outros como ele que queiram, mais que uma vida confortável, um propósito. Deixar um legado.

Olha só: pelas minhas contas, se mantiver o ritmo e se aposentar aos 65 anos de idade, Luan Santana terá doado algo em torno de 30 milhões de reais.

Acho que não vou ouvir, mas vou comprar os CDs dele.

Luciano Pires