Artigos Café Brasil
Brazilian Rhapsody
Brazilian Rhapsody
O pessoal da Chinchila fez uma paródia de Bohemian ...

Ver mais

O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts traz informações ...

Ver mais

Bandidos Na TV
Bandidos Na TV
Assisti Bandidos Na Tv, nova série na NetFlix, que ...

Ver mais

1964 – O Brasil entre armas e livros
1964 – O Brasil entre armas e livros
Um documentário para ser visto como outro ângulo pelo ...

Ver mais

678 – Dominando a Civilidade
678 – Dominando a Civilidade
Vivemos uma epidemia de incivilidade que ...

Ver mais

677 – Teorias da Conspiração
677 – Teorias da Conspiração
Vivemos numa sociedade assolada por grandes ...

Ver mais

676 – Homem na Lua 2
676 – Homem na Lua 2
Cinquenta anos atrás o homem pousou na Lua. Mas parece ...

Ver mais

675 – Homem na lua
675 – Homem na lua
Em 20 de Julho de 1969 uma nave feita pelo homem pousou ...

Ver mais

LíderCast 165 – Ícaro de Carvalho
LíderCast 165 – Ícaro de Carvalho
Um dos mais influentes profissionais de comunicação ...

Ver mais

LíderCast 164 – Artur Motta
LíderCast 164 – Artur Motta
Professor que fez transição de carreira e usa podcasts ...

Ver mais

LíderCast 163 – Amanda Sindman
LíderCast 163 – Amanda Sindman
Profissional de comunicação, jornalista e mulher trans. ...

Ver mais

LíderCast 162 – Aldo Pini
LíderCast 162 – Aldo Pini
Ex-diretor de planejamento da agência África, que ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Simples assim
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Simples assim Excelência em Educação Dia 10 de agosto, compareci a um evento muitíssimo interessante. Estimulado pela chamada do convite eletrônico – Avanços na educação pública: o que podemos ...

Ver mais

Homenagem aos Economistas 2019
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Homenagem aos Economistas 2019 Memoráveis citações “O Brasil é um país onde você passa quinze dias fora e muda tudo, mas passa quinze anos fora e não muda nada.” Cássio Casseb  “Quando alguém tem ...

Ver mais

O que podemos aprender com a tragédia que virá da Argentina?
Carlos Nepomuceno
O que podemos aprender com a tragédia que virá da Argentina? Live completa.

Ver mais

Ni nóis não
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
A história todo mundo conhece, pelo menos no enredo do samba: Criminosos de extenso currículo (estelionatários, ladrões, traficantes) foram contratados para espionar telefones privados de ...

Ver mais

Cafezinho 204 – Agrotóxicos – melhor seria não usar IV
Cafezinho 204 – Agrotóxicos – melhor seria não usar IV
Ainda existe hoje uma cultura, muito estimulada por ...

Ver mais

Cafezinho 203 – Agrotóxicos – melhor seria não usar III
Cafezinho 203 – Agrotóxicos – melhor seria não usar III
Quem é o idiota que quer deliberadamente envenenar seus ...

Ver mais

Cafezinho 202 – Agrotóxicos – melhor seria não usar II
Cafezinho 202 – Agrotóxicos – melhor seria não usar II
Se não bastassem as dificuldades para comprar, ...

Ver mais

Cafezinho 201 – Agrotóxicos – melhor seria não usar
Cafezinho 201 – Agrotóxicos – melhor seria não usar
Agrotóxicos são a bola da vez. Da forma como é ...

Ver mais

Bandidos Na TV

Bandidos Na TV

Luciano Pires -

Assisti Bandidos Na Tv, nova série na NetFlix, que conta a história do apresentador e político de Manaus Wallace Souza, mas que vai muito além disso.

Se eu puder resumir: a série está no nível de Wild Wild Country. Antes que venha a gritaria dos puristas, evidentemente a produção brasileira tem menos recursos, mas tá tudo lá: farta documentação combinada com representações, personagens reais dando depoimentos, imagens cruas de arquivo… e a sensação que nos provoca de “como é que eu nunca soube disso?”.

Os criadores e produtores estão de parabéns. Eu comecei a assistir sem expectativas e não consegui largar…

Bandidos Na TV está baseada na história de Wallace Souza, apresentador de um daqueles programas policiais sangrentos transmitidos na hora do almoço, que foi ao ar pela primeira vez no ano 2000 na TV Rio Negro, de Manaus. O programa tornou-se sucesso absoluto e Wallace logo se transformou numa espécie de defensor da população contra a violência dos bandidos, especialmente traficantes. O sucesso foi tanto que lhe garantiu três eleições para Deputado Estadual, sempre com a maior votação no estado.

E em 2008, tudo mudou quando um ex-policial militar conhecido como Moa, ao ser preso com armas e cocaína, denunciou a existência de uma organização criminosa para o tráfico de drogas que seria chefiada por Wallace e seu filho mais velho, Raphael Souza. E que eles usavam os crimes para aumentar a audiência do programa.

O que se vê a partir daí, e com a mesma intensidade nos sete episódios, é um vaivém insano. Numa hora Wallace é bandido, segundos depois é inocente, depois vira bandido outra vez, e aí inocente de novo… a série apresenta a cada segundo um personagem, um fato, uma prova, um detalhe que muda completamente a história. Confesso que nunca assisti nada igual que não fosse no mundo da ficção.

Há imagens inacreditáveis de crimes, depoimentos e instantes que nos levam a imaginar que um viajante do tempo voltou lá atrás para capturar instantes que seriam fundamentais para o documentário.

O documentário é muito bem feito, com recursos dramáticos como a música, imagens aéreas, olhares distantes, tudo muito bem alinhado. Até mesmo a péssima imagem de câmeras de segurança ou da internet, servem para dar mais dramaticidade aos crimes reais. O documentário nos levar para dento do programa Canal Livre, dá pra sentir a loucura que era aquilo. Ao mesmo tempo, nos transporta para o mundo do crime, do sangue frio dos que executam os adversários por vingança ou estratégia… até nos jogar dentro de umas das maiores chacinas da história deste país, quando uma facção criminosa liquida com outra dentro de um presídio em Manaus, com requintes nunca vistos de violência.

Vá preparado que as imagens são chocantes.

Outro ponto interessante é a forma como a imprensa é retratada. Um dos segmentos mais impactantes da série é quando uma jornalista investigativa que participa da narrativa, descreve o momento em que é confrontada pelo filho mais novo de Wallace e se obriga a refletir sobre o poder da imprensa sobre a vida das pessoas.

O diretor da série, Daniel Bogado, diz que “Na época do caso, a família sentiu que a imprensa focou bastante na força-tarefa, mas nunca deram a chance para que os parentes contassem seu lado da história. Por isso, durante a série, o público é convidado a ouvir e ver os dois lados”. E isso o documentário faz com maestria.

Terminei o último capítulo com lágrimas nos olhos e um gosto amargo na boca, depois de ser transportado por uma montanha russa de emoções.

Se Wallace era bandido ou mocinho? Assista e tire suas conclusões, se você conseguir.

Cara, isso tudo aconteceu aqui no Brasil, foi fartamente documentado, repercutiu pelo mundo todo… como é que eu não sabia dessa história?