Artigos Café Brasil
#DicaNetFlix Trotsky
#DicaNetFlix Trotsky
É uma série de terror. Tem assassinos em série, ...

Ver mais

Visualizando as estruturas do discurso do Portal Café Brasil
Visualizando as estruturas do discurso do Portal Café Brasil
Se você se aproximar do Café Brasil, prepare-se para ...

Ver mais

Café Brasil Premium – Retrospectiva 2018
Café Brasil Premium – Retrospectiva 2018
Ao longo de 2018 o Café Brasil Premium decolou e ...

Ver mais

#Retrospectiva PodSumários
#Retrospectiva PodSumários
Comece 2019 praticando o Fitness Intelectual. A barriga ...

Ver mais

648 – Ethos, Logos, Pathos e o Diálogo Aberto
648 – Ethos, Logos, Pathos e o Diálogo Aberto
Neste cenário onde até “bom dia” leva patada, o que é ...

Ver mais

647 – Father Hunger
647 – Father Hunger
Quanta gente perdida e desorientada, quanta carência, ...

Ver mais

646 – Harry Nilsson
646 – Harry Nilsson
Mais um daqueles especiais musicais que você gosta ...

Ver mais

645 – O Brasil e a demanda por dar certo
645 – O Brasil e a demanda por dar certo
Estamos em período de mudanças ou apenas nos preparando ...

Ver mais

LíderCast 139 – Nívio Delgado
LíderCast 139 – Nívio Delgado
De carinha do Xerox a Diretor Superintendente da maior ...

Ver mais

LíderCast 138 – Ricardo Abiz
LíderCast 138 – Ricardo Abiz
Empreendedor também, um pioneiro em diversas áreas de ...

Ver mais

LíderCast 137 – Pedro Pandolpho
LíderCast 137 – Pedro Pandolpho
Empreendedor, sócio da Pronto Light, outro típico ...

Ver mais

LíderCast 136 – Paulo Farnese
LíderCast 136 – Paulo Farnese
Empreendedor, fundador da agência EAí?, envolvido com ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Da cor do Racismo Espanhol 2: a luta por justiça continua…
Jota Fagner
Origens do Brasil
E a minha amiga, a professora que foi discriminada na Espanha, continua seu relato. Por: Stella da Silva Lima   Uma professora espanhola viaja até o Brasil para visitar a irmã, também ...

Ver mais

O que move o ser humano é o desejo de não se mover um dia
Henrique Szklo
Tudo o que o homem criou e que deu certo desde o tempo em que vivíamos em cima das árvores, ou seja, desde os primórdios de nossa existência, está relacionado ao desejo de conquistar mais ...

Ver mais

Biografias para começar bem o ano
Mauro Segura
Transformação
Período de férias é sempre bom para ler livros. Aqui você encontra dezenas de recomendações de livros de biografias que foram referendados pelos usuários do LinkedIn.

Ver mais

O Trivium – Capítulo 1
Alexandre Gomes
Lembra do que foi dito no primeiro texto sobre as sete Artes Liberais? Pois bem, a Irmã Miriam Joseph expõe da maneira dela, e isso pode ajudar a entender o que foi dito antes. Bom, primeiro as ...

Ver mais

Cafezinho 143 – 13 dias
Cafezinho 143 – 13 dias
É pra descer a lenha mesmo, cobrar o que está errado, ...

Ver mais

Cafezinho 142 – Renan Não
Cafezinho 142 – Renan Não
Eu não sei o que você está fazendo aí, cara, mas eu ...

Ver mais

Cafezinho 141 – Os cães de Pavlov
Cafezinho 141 – Os cães de Pavlov
Como cães de Pavlov, estamos condicionados a babar.

Ver mais

Cafezinho 140 – A Espiral do Silêncio
Cafezinho 140 – A Espiral do Silêncio
Não enxergar o que Temer fez de bom foi uma escolha à ...

Ver mais

As Repúblicas Do Cagaço

As Repúblicas Do Cagaço

Luciano Pires -

 

AS REPÚBLICAS DO CAGAÇO 


Ontem vi uma matéria sobre a implementação de mais de 100 mudanças no projeto que mandou dois chineses ao espaço. Eles disseram que não querem repetir os problemas que os estadunidenses tiveram nas últimas missões do ônibus espacial.


A primeira reação que tive foi de exclamar “que audácia”. Mas depois pensei mais a respeito. Lembrei-me da enrascada em que os EUA se meteram no Iraque, que parece não ter fim. Depois me lembrei da confusão de New Orleans, que também parece não ter fim. E aqueles escândalos corporativos?


Pois concluí que os EUA são apenas mais dos países que estão naufragados numa epidemia de cagaço. Não tenho dúvidas que se estivéssemos na década de sessenta do milênio passado, esses problemas teriam sido resolvidos em questão de horas. Em 1965 os EUA teriam realizado uma mobilização sem precedentes para resolver o problema de New Orleans. Em 1969, com uma tecnologia pré-histórica, eles colocaram o homem na Lua, sem o medo que os vôos do ônibus espacial hoje trazem.


Sabe a razão?


Aquela era uma época de gente que fazia acontecer. De lideranças que assumiam riscos. De gente treinada para tomar decisões. Aquela era uma época em que os planos eram levados a sério e que cada um tinha consciência do impacto e influência de suas ações sobre o próximo. Aquela era uma época de gente compromissada com a ação.


Hoje o que vemos são estruturas complexas, gente superficial e planos. Planos, planos e mais planos. Todo mundo fazendo planos, apresentando planos, dando-lhes nomes pomposos e depois esperando que os planos se transformem em ação. Como mágica.


São raras as lideranças que assumem riscos. Todo mundo quer livrar o seu. Decisão? Só se for num comitê, onde minha assinatura perca-se em meio a outras dezenas. Assim diluo a responsabilidade.


Fazer acontecer? Só depois que os outros fizerem.


Por isso explode a Challenger. Por isso o Katrina faz o estrago que fez. Por isso os Chineses tem aquela audácia. Por isso os japoneses estão mais uma vez dizimando a indústria automobilística dos EUA.


E sabe da maior? Nós, no Brasil, somos uma cópia piorada dos EUA. Importamos para cá seus sistemas administrativos e os implementamos, numa sociedade que nada tem a ver com a estadunidense.


Estamos criando, aqui também, uma república de cagões. De gente que tem medo de tomar decisão. De infindáveis comitês que permanecem à espera das decisões dos comitês estadunidenses. E surgem planos. Planos, planos e mais planos que, com um trato marqueteiro, são anunciados de forma retumbante e… Nada acontece.


Enquanto isso os Chineses, disciplinados, focados no mesmo objetivo, cientes de suas responsabilidades e comprometidos, colocam dois deles em órbita. E prometem mais.


No mundo de hoje, competitivo e apressado, não vence mais quem tem a melhor tecnologia. Ou os melhores planos. Ou mais velocidade.


Vence quem não é cagão.