Artigos Café Brasil
Brazilian Rhapsody
Brazilian Rhapsody
O pessoal da Chinchila fez uma paródia de Bohemian ...

Ver mais

O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts traz informações ...

Ver mais

Bandidos Na TV
Bandidos Na TV
Assisti Bandidos Na Tv, nova série na NetFlix, que ...

Ver mais

1964 – O Brasil entre armas e livros
1964 – O Brasil entre armas e livros
Um documentário para ser visto como outro ângulo pelo ...

Ver mais

679 – Será que acordamos?
679 – Será que acordamos?
Adalberto Piotto apresenta o programa Cenário Econômico ...

Ver mais

678 – Dominando a Civilidade
678 – Dominando a Civilidade
Vivemos uma epidemia de incivilidade que ...

Ver mais

677 – Teorias da Conspiração
677 – Teorias da Conspiração
Vivemos numa sociedade assolada por grandes ...

Ver mais

676 – Homem na Lua 2
676 – Homem na Lua 2
Cinquenta anos atrás o homem pousou na Lua. Mas parece ...

Ver mais

LíderCast 166 – Juliana e Abbey Alabi
LíderCast 166 – Juliana e Abbey Alabi
O Abbey é um imigrante africano, que chegou ao Brasil ...

Ver mais

LíderCast 165 – Ícaro de Carvalho
LíderCast 165 – Ícaro de Carvalho
Um dos mais influentes profissionais de comunicação ...

Ver mais

LíderCast 164 – Artur Motta
LíderCast 164 – Artur Motta
Professor que fez transição de carreira e usa podcasts ...

Ver mais

LíderCast 163 – Amanda Sindman
LíderCast 163 – Amanda Sindman
Profissional de comunicação, jornalista e mulher trans. ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Resumo da Aula 2 do Curso On-line de Filosofia (COF)
Eduardo Ferrari
Resumos e Artigos
A segunda aula do COF, ministrada em 21 de março de 2009, teve a duração de 3h43min e foi resumida em menos de cinco minutos de leitura, com o objetivo de levar ao conhecimento do leitor uma ...

Ver mais

A quem interessa a divisão da sociedade?
Jota Fagner
Origens do Brasil
O atual estado de intolerância ao pensamento diferente, manifesto nas agressões que começam nas redes sociais e terminam em confrontos físicos no meio da rua, é o resultado de um processo de ...

Ver mais

TRIVIUM: CAPÍTULO 3 – MORFOLOGIA CATEGOREMÁTICA (parte 2)
Alexandre Gomes
Depois de listar todas as CATEGORIAS DE PALAVRAS, de acordo com a Gramática Geral irei tratar com mais calma de cada categoria. Seguindo a lista da lição anterior, vamos começar pelo grupo das ...

Ver mais

Simples assim
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Simples assim Excelência em Educação Dia 10 de agosto, compareci a um evento muitíssimo interessante. Estimulado pela chamada do convite eletrônico – Avanços na educação pública: o que podemos ...

Ver mais

Cafezinho 205 – Agrotóxicos – melhor seria não usar V
Cafezinho 205 – Agrotóxicos – melhor seria não usar V
O problema do agrotóxico no Brasil não é dos ...

Ver mais

Cafezinho 204 – Agrotóxicos – melhor seria não usar IV
Cafezinho 204 – Agrotóxicos – melhor seria não usar IV
Ainda existe hoje uma cultura, muito estimulada por ...

Ver mais

Cafezinho 203 – Agrotóxicos – melhor seria não usar III
Cafezinho 203 – Agrotóxicos – melhor seria não usar III
Quem é o idiota que quer deliberadamente envenenar seus ...

Ver mais

Cafezinho 202 – Agrotóxicos – melhor seria não usar II
Cafezinho 202 – Agrotóxicos – melhor seria não usar II
Se não bastassem as dificuldades para comprar, ...

Ver mais

Aí…

Aí…

Luciano Pires -

Aí um idiota joga tinta na estátua de Carlos Drummond de Andrade, o que causou repercussão nacional. Aí o pobre Drummond ficou lá, sujo. Aí um cidadão chamado Herbert Parente, dono de uma loja de materiais de construção, em vez de esperar a Prefeitura, foi limpar por conta própria a estátua. Aí ele virou herói nacional. Aí apareceram informações na imprensa de que a Prefeitura do Rio já gastara 25 mil reais com manutenção da estátua, etc. Aí essa informação foi para as redes sociais e levantou questões sobre a incompetência do poder público de responder rapidamente aos problemas que surgem no dia a dia. Aí uma pessoa perguntou: “Mas por que tudo que envolve o serviço público é tão mais caro?”.

Aí meu irmão, que conhece profundamente o assunto, responde em sua página do Facebook:

“Porque teria que abrir um processo interno, teria que sair atrás de apresentar três orçamentos, as empresas ou pessoas responsáveis por executar o serviço teriam que estar em dia com a Receita, INSS, FGTS, não poderiam ter dívidas com o município. Aí o departamento jurídico teria que ver se o edital estava correto, se não volta para correção. Aí teria que ser publicado no diário oficial do município, com prazo para entrega das propostas. Se alguém se sentisse injustiçado, pediria a suspensão do processo. Aí o departamento jurídico iria defender o município dizendo que estava tudo certo. Ai teríamos que esperar a publicação do vencedor no Diário Oficial. Publicado, seria redigido o contrato em três vias e enviado via correio para que quem ganhou assinasse e enviasse de retorno. Tendo em vista o prazo decorrido, o vencedor pediria realinhamento de preços, pois o produto a ser utilizado aumentou de preço. Aí quem abriu o processo vai enviar para o setor jurídico para ver se pode dar o realinhamento de preços. Aí o setor jurídico encaminha para o departamento de compras para fazer uma nova pesquisa de mercado e ver se realmente o preço aumentou. Aí, tendo em vista os meses que se passaram desde a solicitação, realmente o preço aumentou. Aí o setor jurídico refaz o contrato e manda ser publicado no Diário Oficial e dá um novo prazo para a empresa ou pessoa executar o serviço. Sim eu sei a sua pergunta, mas por que não enviaram um funcionário para fazer o serviço. Não pode porque no quadro não tem funcionário especializado em limpeza. Se pedir para o Zé Mané, o sindicato entra com um processo por desvio de função. Aí o setor jurídico terá que defender a prefeitura,mas a justiça do trabalho dará ganho de causa ao funcionário que foi obrigado a fazer algo que não constava de suas obrigações. Este aproveita a deixa e entra com uma queixa-crime contra seu superior, que o mandou fazer o serviço, alegando assédio moral. Será que agora vocês entendem porque tudo no serviço público acaba saindo mais caro?”

E olha que ele nem falou em corrupção, incompetência e má fé da autoridade (in)competente.

Aí, num país onde as autoridades falham em agir, a atitude dos cidadãos que chamam a si a responsabilidade é compreensível… Ops!

Quem foi que disse isso mesmo?

Luciano Pires