Artigos Café Brasil
1964 – O Brasil entre armas e livros
1964 – O Brasil entre armas e livros
Um documentário para ser visto como outro ângulo pelo ...

Ver mais

Os Podcasts Café Brasil Musicais
Os Podcasts Café Brasil Musicais
Música é uma de nossas grandes paixões, por isso de ...

Ver mais

#DicaNetFlix Trotsky
#DicaNetFlix Trotsky
É uma série de terror. Tem assassinos em série, ...

Ver mais

Visualizando as estruturas do discurso do Portal Café Brasil
Visualizando as estruturas do discurso do Portal Café Brasil
Se você se aproximar do Café Brasil, prepare-se para ...

Ver mais

661 – A teoria do valor subjetivo
661 – A teoria do valor subjetivo
O mercado é o resultado da interação entre milhões de ...

Ver mais

660 – Na esquina da sua casa
660 – Na esquina da sua casa
Não espere que o Estado se preocupe com o indivíduo. O ...

Ver mais

659 – Empreendedorismo no Palco
659 – Empreendedorismo no Palco
Muitos anos atrás, acho que uns 20, fui convidado para ...

Ver mais

658 – Chá com a gente
658 – Chá com a gente
Este programa reproduz a edição especial do Podcast Chá ...

Ver mais

LíderCast 149 – Ronaldo Tenório
LíderCast 149 – Ronaldo Tenório
Empreendedor, que vem lá do nordeste para mudar a vida ...

Ver mais

LíderCast 148 – Bruno Busquet
LíderCast 148 – Bruno Busquet
CEO da Tupiniq,In Inside Out Agency e president do ...

Ver mais

LíderCast 147 – Sherlock Gomes
LíderCast 147 – Sherlock Gomes
Músico, um guitarrista e baixista excepcional cuja ...

Ver mais

LíderCast 146 – Cândido Pessoa
LíderCast 146 – Cândido Pessoa
Um intelectual, professor no Paradigma centro de ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Que falta faz Roberto Campos!
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Que falta faz Roberto Campos!  Homenagem em três livros “O bem que o Estado pode fazer é limitado; o mal, infinito. O que ele nos pode dar é sempre menos do que nos pode tirar.” Roberto Campos ...

Ver mais

O copo, a água e o STF
Carlos Nepomuceno
RESUMO DA LIVE: LIVE COMPLETA: https://web.facebook.com/carlos.nepomuceno/videos/10157256876268631 RESUMO DAS LIVES ANTERIORES: https://www.youtube.com/playlist?list=PL7XjPl0uOsj8TxfUISqzcl4YrxYBC0vOw

Ver mais

O Rock, Bruce Springsteen e uma lição sobre liderança!
Jeison Arenhart De Bastiani
Outro dia assisti boquiaberto algo que não sei muito bem como descrever, mas posso afirmar que foi incrível e vou contar para você como um músico (que confesso não acompanhar muito) me deu uma ...

Ver mais

100 dias de Bolsonaro
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
100 dias de Bolsonaro Mais dúvidas e incertezas do que avanços concretos “O discurso liberal, que parece ser o principal pilar da agenda econômica, está sendo obscurecido por dois outros ...

Ver mais

Cafezinho 169 – O silêncio das pedras
Cafezinho 169 – O silêncio das pedras
Há silêncios e silêncios. Há o silêncio das pedras. Há ...

Ver mais

Cafezinho 168 – O que nos define
Cafezinho 168 – O que nos define
O que nos define são os adversários que vencemos.

Ver mais

Cafezinho 167 – Monstros da negatividade
Cafezinho 167 – Monstros da negatividade
“O otimista é o pessimista bem informado”, lembra ...

Ver mais

Cafezinho 166 – O nobre
Cafezinho 166 – O nobre
Este Brasil de 2019 é muito diferente daquele de 2015.

Ver mais

Abundância

Abundância

Luciano Pires -

ABUNDÂNCIA

 Tempos atrás escrevi um artigo chamado “Bundalelê” em que falava da importância da bunda na cultura brasileira, inspirado no presidente Lula, que nos mandou mexer o traseiro para reduzir os juros. Pois li recentemente uma notícia segundo a qual o Instituto de Medicina Preventiva de Copenhagem descobriu que as mulheres com quadris mais largos estão menos propensas a sofrer ataques cardíacos. Os pesquisadores dizem que a gordura dos quadris contém um antiinflamatório natural, chamado adiponectina, que evita o entupimento das artérias. Os dinamarqueses examinaram quase 3 mil mulheres e homens de 35 a 65 anos, entre 1987 e 1988. As mulheres com quadris mais largos apresentaram 87% menos casos fatais. Elas também apresentaram 86% menos probabilidades de sofrer enfarte e 46% menos de vir a sofrer de doenças cardiovasculares.


“Gordura nos quadris é diferente de gordura no abdômen. Quem não tem o suficiente dessa gordura, corre o risco de sofrer enfarte” disse um dos pesquisadores.


Uia! Era o pretexto que faltava! Bunda é saúde!


Então aquela bunduda que trabalha na sua seção possivelmente vai viver mais que a gostosinha que tem aquela bundinha!


Proponho que iniciemos imediatamente uma campanha nacional pela bunda grande. Já somos o país dos bundões, não somos? Pois vamos fazer juz à fama. Seremos o país dos bundudos. Bundudos mas saudáveis.


Assim não teremos mais problemas com as malditas poltronas dos aviões. Os banheiros públicos serão mais generosos. E nas praias, teremos um show inesquecível. Sem contar que as bundas avantajadas serão o perfeito contraponto aos seios siliconados. Finalmente, o equilíbrio!


E quando um bunda-magra vier com piadinha sobre seu bundão, chame-o de cardíaco!


A indústria têxtil crescerá com o aumento das calças, calcinhas e calções. Mais tecido, mais caras. Gugu, Faustão e similares escalarão ainda mais bundas para seus programas, com a desculpa de apoio à saúde pública. Surgirá uma nova especialidade médica, o bundologista. E as próteses de bunda venderão como nunca, pois todos estarão interessados em parecer saudáveis. Os planos de saúde passarão a avaliar os clientes pelo tamanho da bunda. Quanto maior a bunda mais desconto no plano. Nas entrevistas de emprego, os candidatos de bunda grande entrarão de costas. Mas a longo prazo, teremos um problema. Os bundudos terão mais tempo de vida. E aumentarão o rombo da previdência. E a política econômica do arrocho vai permanecer. Juros altos, aperto, falta de investimentos… O dinheiro todo canalizado para o sistema financeiro. Quem tem dinheiro terá cada vez mais, quem não tem continuará sem… E continuaremos mergulhados em crises… Tudo por causa dos bundões.


Comentei essa preocupação com meu filho e ele foi mortífero:


– Ué. Então não vai mudar nada!