Artigos Café Brasil
Bandidos Na TV
Bandidos Na TV
Assisti Bandidos Na Tv, nova série na NetFlix, que ...

Ver mais

1964 – O Brasil entre armas e livros
1964 – O Brasil entre armas e livros
Um documentário para ser visto como outro ângulo pelo ...

Ver mais

Os Podcasts Café Brasil Musicais
Os Podcasts Café Brasil Musicais
Música é uma de nossas grandes paixões, por isso de ...

Ver mais

#DicaNetFlix Trotsky
#DicaNetFlix Trotsky
É uma série de terror. Tem assassinos em série, ...

Ver mais

670 – A nova Previdência
670 – A nova Previdência
No dia 12 de Junho fomos à Brasília e, no Ministério da ...

Ver mais

669 – Fora da Caixa 2
669 – Fora da Caixa 2
Você não precisa inventar a lâmpada para ser original. ...

Ver mais

668 – Fora da caixa
668 – Fora da caixa
Não é fácil hoje em dia ter uma ideia original, ...

Ver mais

667 – Ajuda, por favor
667 – Ajuda, por favor
Toda mudança implica em incomodação. Se não incomoda, ...

Ver mais

LíderCast 157 – Marcel Van Hattem
LíderCast 157 – Marcel Van Hattem
Marcel Van Hattem é um jovem Deputado Federal pelo ...

Ver mais

LíderCast 156 – Karina Oliani e Carlos Morey
LíderCast 156 – Karina Oliani e Carlos Morey
Aproveitando que o Everest está sendo discutido na ...

Ver mais

LíderCast Temporada 12
LíderCast Temporada 12
Vem aí a Temporada 12 do LíderCast, que será lançada na ...

Ver mais

LíderCast 155 – Emilio Dantas Costa
LíderCast 155 – Emilio Dantas Costa
Servidor público de carreira, que a partir das ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Por que você afirmar que é de direita ajuda a esquerda?
Carlos Nepomuceno
RESUMO DA LIVE: LIVE COMPLETA.

Ver mais

TRIVIUM: CAPITULO 2 – AMBIGUIDADE DA LINGUAGEM (parte 10)
Alexandre Gomes
Já que uma PALAVRA é um SÍMBOLO, um SIGNO ARBITRÁRIO ao qual é imposto um significado por convenção, é natural que esteja sujeita (a palavra) à AMBIGUIDADE. E isso pode surgir de alguns pontos: ...

Ver mais

O salário do professor brasileiro é um dos mais baixos do mundo
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
Matéria de ontem no jornal O Globo nos lembra um fato que é amplamente reconhecido: os professores brasileiros estão entre os que recebem os menores salários no mundo inteiro. Em relação aos ...

Ver mais

As cigarras, as formigas e o tal do viés ideológico
Carlos Nepomuceno
RESUMO DA LIVE: LIVE COMPLETA.

Ver mais

Cafezinho 188 – O coeficiente de trouxidão
Cafezinho 188 – O coeficiente de trouxidão
É seu coeficiente de trouxidão, com a suspensão ...

Ver mais

Cafezinho 187 – Quem merece seu tempo de vida
Cafezinho 187 – Quem merece seu tempo de vida
Meu tempo de vida está sendo enriquecido ou só desperdiçado?

Ver mais

Cafezinho 186 – A disciplina intelectual
Cafezinho 186 – A disciplina intelectual
Na definição dos dicionários, disciplina é o conjunto ...

Ver mais

Cafezinho 185 – O princípio Eisenhower
Cafezinho 185 – O princípio Eisenhower
Dê uma olhada nas pautas em discussão nas mídias. Veja ...

Ver mais

A Tribo

A Tribo

Luciano Pires -

O texto de hoje é um baita merchandising. Mas necessário…

Quando o homem pré-histórico desceu das árvores, reuniu-se em grupos, o que era mais seguro do que aventurar-se sozinho em meio às feras que naquela época comiam a gente. E os primeiros grupos logo evoluíram, transformando-se em tribos que freqüentamos até hoje.

Estar numa tribo dá a sensação de pertencimento, de proteção, de apoio. Dá o prazer de dividir com outras pessoas gostos e opiniões. Dá oportunidade para aprendizado. Por isso a maioria das pessoas precisa viver em tribos, conectadas. Com o surgimento da internet esse conceito de “conexão” assumiu proporções nunca antes imaginadas.

Mas uma tribo não é só a conexão entre seus membros. Para ser uma tribo esses membros devem estar conectados a um líder, que não é necessariamente um chefe dando ordens, mas alguém que influencia as escolhas. Por exemplo, se você é um fã incondicional do Gugu Liberato, todo domingo está firme assistindo o programa dele, telefonando para participar, sendo membro da comunidade do Gugu no Orkut e comprando os produtos que ele anuncia, você faz parte da tribo do Gugu. Está conectado aos outros membros da tribo e ao líder: Gugu. O Gugu nem sabe que você existe, mas exerce uma influência sobre você e o grupo. É ele quem apresenta o programa, escolhe as atrações e conduz o conteúdo dominical que você tanto aprecia. Ele influencia no mínimo a escolha que você faz sobre que destino dar a seu tempo livre: assistir o programão de domingo!

Então: tribos são grupos de pessoas conectadas entre si e conectadas a um líder. Mas tem mais: a tribo também deve estar conectada a uma idéia comum. Um propósito. A tribo da turma de corrida no parque, por exemplo, tem um propósito comum: qualidade de vida através do bem estar físico.

Então ficamos assim: tribos são grupos de indivíduos conectados entre si, conectados a um líder e compartilhando um propósito comum. O que determina o valor de uma tribo é a qualidade das conexões e dos relacionamentos entre seus membros. Quanto mais participativos, mais colaborativos, mais interessados em compartilhar conhecimentos são os membros, mais ricas serão as oportunidades de aprendizado e mais capacidade de fazer acontecer a tribo terá.

E o papel do líder é facilitar essas conexões, nutrir esses relacionamentos, facilitar a comunicação entre os membros da tribo. Se for bem sucedido, a tribo crescerá e conquistará o que todos buscam: progresso.

Bem, você que lê meus artigos semanais, mesmo sem perceber, faz parte de uma tribo com um propósito comum: combater o emburrecimento que toma conta do Brasil. Mas para ser efetiva, nossa tribo precisa ampliar suas conexões. Por isso faço um convite: visite o www.portalcafebrasil.com.br e cadastre-se em nossa comunidade. Vamos turbinar nossas conexões e relacionamentos. É assim que evoluímos.

Se você acha que o trabalho que estamos fazendo vale a pena, arregace as mangas. O esforço é mínimo e a recompensa é grande. Mais que isso: você terá a oportunidade de passar de leitor passivo a participante ativo. Não é isso que interessa?

Luciano Pires