Artigos Café Brasil
Palestra O Meu Everest
Palestra O Meu Everest
Meu amigo Irineu Toledo criou um projeto chamado ...

Ver mais

Brazilian Rhapsody
Brazilian Rhapsody
O pessoal da Chinchila fez uma paródia de Bohemian ...

Ver mais

O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts traz informações ...

Ver mais

Bandidos Na TV
Bandidos Na TV
Assisti Bandidos Na Tv, nova série na NetFlix, que ...

Ver mais

692 – Jabustiça
692 – Jabustiça
Justiça... onde é que a gente encontra a justiça? Nos ...

Ver mais

691 – Os agilistas
691 – Os agilistas
Conversei com o Marcelo Szuster no LíderCast 175, um ...

Ver mais

690 – Vale quanto?
690 – Vale quanto?
Cara, você aceita pagar pelo ingresso de um show a ...

Ver mais

689 – A Missão
689 – A Missão
De quando em quando publicamos no Café Brasil a íntegra ...

Ver mais

LíderCast 179 – Varlei Xavier
LíderCast 179 – Varlei Xavier
Professor, que levou a figura do palhaço para a sala de ...

Ver mais

LíderCast 178 – Tristan Aronovich
LíderCast 178 – Tristan Aronovich
Ator, músico, escritor, diretor e produtor de cinema, ...

Ver mais

LíderCast 177 – Rodrigo Ricco
LíderCast 177 – Rodrigo Ricco
CEO da Octadesk, empresa focada na gestão de ...

Ver mais

LíderCast 176 – Willians Fiori
LíderCast 176 – Willians Fiori
Professor, podcaster e profissional de marketing e ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 3 – Função da Gramática (parte 7)
Alexandre Gomes
A função fundamental da Gramática é ESTABELECER LEIS para RELACIONAR SÍMBOLOS de modo a expressar um PENSAMENTO. Uma frase expressa um pensamento de várias formas: numa declaração, numa pergunta, ...

Ver mais

O chamado da tribo
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
O chamado da tribo Grandes pensadores para o nosso tempo “O liberalismo é inseparável do sistema democrático como regime civil de poderes independentes, liberdades públicas, pluralismo político, ...

Ver mais

A chave de fenda
Chiquinho Rodrigues
Toninho Macedo era um daqueles músicos de fim de semana. Amava música e tocava seu cavaquinho “de brincadeira” (como ele dizia) aos sábados e domingos em uma banda de pagode ali do bairro onde ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 3 – Morfologia Sincategoremática (parte 6)
Alexandre Gomes
A MORFOLOGIA SINCATEGOREMÁTICA se refere a PALAVRAS que só tem significado quando associadas a outras PALAVRAS.   Bom, se tais palavras se referente a outras palavras, então as funções delas ...

Ver mais

Cafezinho 231 – A frouxidão nossa de cada dia
Cafezinho 231 – A frouxidão nossa de cada dia
Nossa desgraça será causada pela frouxidão.

Ver mais

Cafezinho 230 – Onde começam as grandes causas
Cafezinho 230 – Onde começam as grandes causas
Você tem a força. Mas antes de colocá-la nas grandes ...

Ver mais

Cafezinho 229 – Manicômio Legal
Cafezinho 229 – Manicômio Legal
O manicômio legal no qual estamos presos.

Ver mais

Cafezinho 228 – O medo permanente
Cafezinho 228 – O medo permanente
Enquanto destruíam nosso sistema de justiça criminal ...

Ver mais

A matriz Carver

A matriz Carver

Luciano Pires -

As manifestações que acontecem pelo Brasil pedindo da melhoria da saúde ao fim do funk alto no busão, explicitam centenas de objetos da insatisfação popular e deixam claro que colocar ordem e resolver as demandas parece ser tarefa impossível.

Para quem conhece planejamento estratégico, parece evidente que a primeira ação a ser tomada é a priorização dos problemas. Não dá para resolver tudo de uma vez, então comecemos pelos mais urgentes e importantes. E para isso vou buscar inspiração nos militares, dando uma sugestão para a nossa Presidente.

Dona Dilma, o Exército dos Estados Unidos tem o que eles chamam de CARVER Matrix, um acrônimo feito a partir das primeiras letras de Criticality, Accessibility, Return (ou Recuperability), Vulnerability, Effect e Recognizability. Em português teríamos o mesmo CARVER, com Criticidade, Acessibilidade, Retorno, Vulnerabilidade, Efeito e Reconhecimento.

Eles analisam os alvos sob o ponto de vista de cada um dos fatores CARVER, dando a eles uma nota de 1 (mais baixo) a 5 (mais alto), dessa forma calculando uma matriz de prioridades. Quanto mais alta for a pontuação CARVER do alvo, mais importante ele se torna. Vamos ver como funciona, sempre considerando que o objetivo final é o bem estar da população:

Criticidade: quão crítico é o problema (alvo) em relação à capacidade de proporcionar o bem estar da população? Projetos que têm baixa criticidade, como plebiscitos, por exemplo, podem ser legais ou fáceis de fazer, mas no final representam muito pouco na capacidade de atingir o objetivo principal.

Acessibilidade: qual o grau de facilidade para atingir o alvo? É um objetivo muito fácil de acessar ou vai precisar de recursos que não temos?

Retorno: qual o impacto na capacidade do inimigo de se recuperar após a destruição do alvo? Qual o retorno que teremos do investimento de recursos aplicado no ataque ao alvo? Se o inimigo se recupera rapidamente, talvez seja perda de tempo atacar.

Vulnerabilidade: qual a vulnerabilidade do alvo? Quanto recurso é necessário para atingi-lo? É caro ou barato destruir aquele alvo?

Efeito: qual a consequência da destruição do alvo? Se atingirmos nosso objetivo, qual a consequência em nossas vidas e na vida dos outros?

Reconhecimento: o alvo pode ser visto com facilidade ou está bem camuflado? É fácil reconhecer os passos necessários para atingi-lo? É algo familiar ou vamos ter que começar do zero?

Dona Dilma, se a senhora tiver tempo, monte uma Matriz Carver e lance nela alguns dos principais motes das manifestações, calculando a pontuação. Faça o exercício lembrando que as notas para cada atributo devem levar em consideração seus objetivos, sua missão, seu propósito: o bem estar da população. No final, a senhora concluirá quais são os alvos mais importantes e que devem ser atacados já.

Mas, por favor, faça isso sozinha. Não peça ajuda ao Mercadante, ou a senhora não vai entender nada. Não peça ajuda ao João Santana ou a senhora só fará promessas. Não peça ajuda ao Lula, ou a senhora só atenderá as prioridades pessoais dele. E, por favor, não peça ajuda ao Guido Mantega. Ele vai errar a conta.

Luciano Pires