Artigos Café Brasil
Como decidi em quem votarei para Presidente
Como decidi em quem votarei para Presidente
Não sei se estou certo, não fui pela emoção, não estou ...

Ver mais

Democracia, Tolerância e Censura
Democracia, Tolerância e Censura
O que distingue uma democracia de uma ditadura é a ...

Ver mais

O dia seguinte
O dia seguinte
Com o aumento considerável do mercado de palestrantes ...

Ver mais

Fact Check? Procure o viés.
Fact Check? Procure o viés.
Investigar o que é verdade e o que é mentira - com base ...

Ver mais

635 – De onde surgiu Bolsonaro?
635 – De onde surgiu Bolsonaro?
O pau tá quebrando, a eleição ainda indefinida e nunca ...

Ver mais

634 – Me chama de corrupto, porra!
634 – Me chama de corrupto, porra!
Cara, que doideira é essa onda Bolsonaro que, se você ...

Ver mais

633 – Ballascast
633 – Ballascast
O Marcio Ballas, que é palhaço profissional, me ...

Ver mais

632 – A era da inveja
632 – A era da inveja
Uma pesquisa de 2016 sobre comportamento humano mostrou ...

Ver mais

LíderCast 128 – Leide Jacob
LíderCast 128 – Leide Jacob
Empreendedora cultural e agora cineasta, que ...

Ver mais

LíderCast 127 – Lito Rodriguez
LíderCast 127 – Lito Rodriguez
Empreendedor, criador da DryWash, outro daqueles ...

Ver mais

LíderCast 126 – Alexis Fonteyne
LíderCast 126 – Alexis Fonteyne
Empresário criativo e agora candidato a Deputado ...

Ver mais

LíderCast 125 – João Amoêdo
LíderCast 125 – João Amoêdo
Decidimos antecipar o LíderCast com o João Amoêdo ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Marxistas brasileiros vivem espécie de alucinação coletiva recorrente
Carlos Nepomuceno
O jornal Folha de São Paulo publica um artigo feita por uma petista confessa: Ver aqui: https://www.facebook.com/carlos.nepomuceno/posts/10156853246303631 …sem nenhum fato, baseado em ...

Ver mais

Sempre, sempre Godwin
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
O advogado Mike Godwin criou em 1990 a seguinte “lei” das analogias nazistas: “À medida que uma discussão online se alonga, a probabilidade de surgir uma comparação envolvendo Adolf Hitler ou os ...

Ver mais

É mais fácil seguir o grupo
Jota Fagner
Origens do Brasil
Existe uma crença muito difundida de que a história humana avança em etapas gradativas e que culminará numa revolução transformadora. O tipo de revolução muda conforme o viés ideológico. A ...

Ver mais

Bolsonaro e Transformação Digital
Carlos Nepomuceno
Vivemos o início de Revolução Civilizacional na qual ao se plantar um "pé de cooperativa de táxi" por mais que se tome litros de Design Thinking não nasce nunca um Uber.

Ver mais

Cafezinho 116 – Os demônios brochadores
Cafezinho 116 – Os demônios brochadores
O que vem por aí? Uma mudança ou nova brochada?

Ver mais

Cafezinho 115 – Um voto não vale uma amizade
Cafezinho 115 – Um voto não vale uma amizade
Não gaste sua energia e seu tempo precioso de vida ...

Ver mais

Cafezinho 114 – E se?
Cafezinho 114 – E se?
Mudanças só acontecem quando a crise que sofremos for ...

Ver mais

Cafezinho 113 – Merdades e Ventiras
Cafezinho 113 – Merdades e Ventiras
Conte até dez antes de compartilhar uma merdade

Ver mais

A Fórmula da Satisfação

A Fórmula da Satisfação

Luciano Pires -

Em minhas palestras apresento a FÓRMULA DA SATISFAÇÃO, que é uma forma divertida de falar sobre a relação entre expectativa e desempenho. Se você quiser conhecer a fórmula em detalhe, acesse

Mas essa “fórmula”, de fórmula só tem a pinta. Na verdade é um roteiro que não garante a satisfação, mas dá uma perspectiva de como devemos agir para gerenciar as expectativas, coisa que fazemos muito mal.

Vamos à fórmula: Sa = De – Ex, onde “Sa” é satisfação, “De” é desempenho e “Ex” é expectativa. Satisfação é igual a desempenho menos expectativa. Quando o desempenho é maior que a expectativa, a satisfação é positiva. Quando o desempenho é menor que a expectativa, a satisfação é negativa. Tão óbvio que dói.

E dou o exemplo: fui num boteco e pedi a caipiroska que gosto, com vodka Stolichnaya. O garçom gentilmente disse: “não temos”. Pedi então uma das vodkas populares, mas emendei: “quero com lima da pérsia”. E o garçom, mais uma vez: “não temos”. Então vai com limão mesmo.

Esperei minha caipiroska de vodka popular com limão. Cinco minutos depois o garçom chega com uma garrafa de vodka Stolichnaya e um copo com lima da pérsia. Fui surpreendido pelo desempenho do garçom, muito acima das minhas expectativas! Mas espera um pouco… Se eles tinham tudo o que eu havia pedido, por que o garçom disse que não tinha?

Para jogar minhas expectativas para baixo, ué!

O garçom gerenciou minhas expectativas, tornando-as muito menores que sua capacidade de desempenho. Se ele tivesse simplesmente trazido o que eu havia pedido, não teria feito nada mais que a obrigação. Mas ao prometer menos e entregar mais, tornou-se o herói da noite.

Gerenciamento de expectativas é o nome do jogo.

Agora vamos lá. Nos últimos anos criou-se uma expectativa de que o Brasil estava blindado contra as crises internacionais; assumimos compromissos com Copa do Mundo e Olimpíadas, que seriam as melhores da história; criamos estatisticamente uma classe média em ascensão; inauguramos pedras fundamentais a torto e direito; o pré-sal surgiu como a chave do paraíso; prometemos creches, aeroportos, portos, estradas e mais uma infinidade de investimentos; incentivamos as pessoas a consumir; “pacificamos” áreas sob domínio de traficantes em inesquecíveis shows televisivos; criamos um bilionário brasileiro que anunciou que seria o maior do mundo; elaboramos planos mirabolantes que transformariam o Brasil numa potência mundial. Conosco ninguém pode! E a turma acreditou, aqui e no exterior.

Mas mesmo que muitas coisas tenham melhorado, a expectativa criada foi muito maior que o desempenho. As promessas não foram cumpridas, os benefícios não se fizeram sentir… Frustração. Satisfação negativa. E os prometedores começaram a amargar quedas de popularidade como nunca antes neste país.
É tão óbvio…

Satisfação é igual a desempenho menos expectativa. E o marketing, Vossa Excelência, só cria expectativas.

Luciano Pires