Artigos Café Brasil
A “Netflix de Conteúdo”
A “Netflix de Conteúdo”
Surge o Café Brasil Premium, uma espécie de "Netflix do ...

Ver mais

OrgulhoDeSerCorrupto
OrgulhoDeSerCorrupto
Isca intelectual de Luciano Pires. Neste Brasil ...

Ver mais

O moço do Uber
O moço do Uber
Isca intelectual de Luciano Pires relatando uma ...

Ver mais

A terceirização e os brontossauros
A terceirização e os brontossauros
A terceirização e os brontossauros. Isca intelectual de ...

Ver mais

558 – O Café Brasil Premium
558 – O Café Brasil Premium
Podcast Café Brasil 558 - O Café Brasil Premium. No ...

Ver mais

557 – Três princípios para falar de Justiça
557 – Três princípios para falar de Justiça
Podcast Café Brasil 557 - Três princípios para falar de ...

Ver mais

556 – Certos abraços – Revisitado
556 – Certos abraços – Revisitado
Podcast Café Brasil 556 - Certos abraços - Revisitado. ...

Ver mais

555 – Uma proposta para reforma da Previdência
555 – Uma proposta para reforma da Previdência
Podcast Café Brasil 555 - Uma proposta para transformar ...

Ver mais

LíderCast 065 – Antonio Carlos Sartini
LíderCast 065 – Antonio Carlos Sartini
Hoje recebo Antonio Carlos de Moraes Sartini, Bacharel ...

Ver mais

LíderCast 064 – Luiz Henrique Romagnoli
LíderCast 064 – Luiz Henrique Romagnoli
Hoje recebo o Roma, Luiz Henrique Romagnoli, que faz ...

Ver mais

LíderCast 063 – Diogenes Lucca
LíderCast 063 – Diogenes Lucca
Hoje converso com Diogenes Luca, fundador e ex-comando ...

Ver mais

LíderCast 062 – Felipe Pires e Katiusca Carvalho
LíderCast 062 – Felipe Pires e Katiusca Carvalho
Hoje recebemos Felipe Pires e Katiusca Carvalho. O ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

Champagne a 21 mil dólares: como funciona a melhor balada de Hollywood
Raiam Santos
Se você tá chegando agora nesse humilde site, bem vindo! Meu nome é Raiam Santos, vivo de escrever livros, não levo minha vida muito a sério e gosto de fazer uns “experimentos ...

Ver mais

Uma nova vida em dois anos
Tom Coelho
Sete Vidas
“Semeia um pensamento, colhe um ato; semeia um ato, colhe um hábito; semeia um hábito, colhe um caráter; semeia um caráter, colhe um destino.” (Marion Lawense)   A vida me tem sido um ...

Ver mais

Quando sucesso e dinheiro não resolvem teu problema
Raiam Santos
Esse aqui é um post que foge um pouco da pegada recente aqui do MundoRaiam.com. Hoje não tem Fiverr, não tem audiolivros, não tem viagem pra Ásia e nem experimento social. Acho que nunca escrevi ...

Ver mais

Duas listas diferentes
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Já assistiu A Lista de Schindler? Não? Assista, é excelente. Já viu? Veja de novo. Uma das cenas mais tocantes é a da elaboração da lista de pessoas que o protagonista pretende “comprar” do ...

Ver mais

A Cartilha

A Cartilha

Luciano Pires -

 A CARTILHA

por Luciano Pires

Não canso de me surpreender com a criatividade que nossos conterrâneos revelam nos momentos mais inesperados. Agora foi a tal Cartilha do Politicamente Correto, editada para evitar que usemos termos, digamos, ofensivos a diversas categorias de pessoas. Ela quer derrubar preconceitos.


Pela cartilha, não poderemos mais chamar um mau motorista de barbeiro, pois é ofensivo aos profissionais do corte de cabelo. Dizer que “a coisa está preta”, nem pensar. Homossexuais só poderão ser “entendidos”.



“Comunista” é termo banido, pois remete às vítimas do regime militar.



“Negão”, “neguinha” e outras formas de apontar a diferença de cor de pele, estarão banidos. E por aí vai.



Lula ficou indignado. Não poderá mais chamar seus colegas de “peões”.



Pois eu acho a idéia da Cartilha excelente. E acho reconfortante saber que temos gente preocupada em recolocar nos trilhos nosso idioma tão maltratado e mal utilizado. Em vez de criticar , deveríamos incentivar a iniciativa. Mas desde que seja feita uma pequena mudança.



Em vez de termos “politicamente corretos” a cartilha vai tratar de “moralmente corretos”.



Vamos recolocar as coisas em seu devido lugar. Ninguém mais vai poder dizer “violência, impunidade, vereador, deputado, assessor parlamentar, fraudador do INSS, imposto, corrupção, comissão, traição, nepotismo, marqueteiro, voto….” e outros termos, impunemente.



Esses termos só poderão ser usados no contexto moralmente correto, quando indicarem uma função moralmente correta.



“Vereador”, “deputado” e “senador”, por exemplo, só poderão ser usados para designar os políticos que representam e trabalham em favor de suas comunidades. Os aproveitadores, hipócritas e coronéis não podem usar.



“Comissão” só pode ser usado para designar quantias pagas como retribuição a serviços prestados com honestidade e mérito.



“Impunidade” só servirá como atributo negativo, jamais como direito adquirido por quem tem poder ou é amigo de quem tem poder.



“Imposto” só pode designar taxas cobradas oferecer serviços essenciais.



Já pensou uma cartilha dessas? Devolvendo aos brasileiros a capacidade de indignar-se? De perceber a diferença entre o certo e o errado, o moral e o imoral? Deixando claros os limites entre direitos e deveres? Entre público e privado?



Ah, mas numa cartilha assim, eles não pensam. Nas cabeças confusas que hoje definem os rumos de nosso Brasil, política vem sempre em primeiro.



Moral é apenas um detalhe.